RUA BONFIM SOBRINHO, 50 (Fátima) 60040500 Fortaleza, Ceará CE | ver mapa

Especialidades e Profissionais

Equipe Médica

Opiniões para Clínica Phoenix

5

Baseado em 1 opinião

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a em Clínica Phoenix?

Opinar

O melhor: "Excelente profissional!"

Marília C. marcou consulta com Sâmia Fernandes em Clínica Phoenix

Serviços

  • Psicologia
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 27/04/2017

Respostas dos especialistas

2 Especialistas participando

3 Respostas

2 Especialistas de acordo

3 Pacientes agradecidos

Especialistas de Clínica Phoenix estão respondendo perguntas que os usuários enviam a Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Como você já passou por uma avaliação médica que comprova que não há nenhuma alteração física em seus exames, esse mal estar pode estar ligado a uma doença psicossomática. Esse tipo de doença ocorre quando uma patologia se manifesta no corpo de um paciente por conta do seu emocional estar possivelmente abalado. Isso não significa que a dor é "imaginada" e que não existe de fato, pelo contrário, a dor é real, mas as suas causas não estão ligadas a problemas biológicos, e sim psicológicos. Por isso é comum a dificuldade com o diagnóstico da doença e com o tratamento. O indicado é que se faça um acompanhamento psicológico associado ao tratamento médico.

Aline Hermida Gonçalves Siebra
  • 1
  • 2
  • 3

Aline Hermida Gonçalves Siebra Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

É necessário uma avaliação para que se afirme o possível diagnóstico de depressão. Ser demitido(a) constitui-se como uma perda e, por ser uma uma perda, implica em um processo de luto e na redução do universo pessoal, tornando plausível o sentimento de tristeza, o qual pode ser mais acentuado em algumas pessoas do que em outras. Isso depende de fatores como autoestima, capacidade de enfrentar e de se adaptar a situações difíceis e adversas, etc. Faz-se necessário agora que haja um acompanhamento com psicólogo e/ou psiquiatra. A terapia o ajudará a se fortalecer, desenvolvendo sua autoestima; e a potencializar seus mecanismos de enfrentamento e de adaptação, facilitando, então, a percepção de novas possibilidades diante da vida. É importante ainda que haja apoio de familiares e amigos.

Marília Castro Alves
  • 2
  • 0
  • 0

Marília Castro Alves

Psicólogo

{0}{1}