Consultare - Centro de Especialidades Médicas

Marcação de consultas

1

Alguma especialidade, exame ou procedimento necessário?

2

Deseja ver um especialista em particular?

3

Que dia e hora estão bem para você?

Ampliar

Rua São Luís, 65 (Centro) 06093040 Osasco, São Paulo SP | ver mapa

Atende: Pacientes particulares (sem convênios médicos)

Horário: Segunda a Sábado

CNPJ: 22800377000168

A Consultare é formada por equipe médica e multiprofissional proveniente das melhores universidades públicas brasileiras.

Nossa visão é fornecer atendimento de modo ético, por um valor justo para os pacientes e sempre utilizar um tempo de consulta adequado e suficiente para o melhor cuidado.

Especialidades e Profissionais

Equipe Médica

Experiência em

Opiniões para Consultare - Centro de Especialidades Médicas

5

Baseado em 1 opinião

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a em Consultare - Centro de Especialidades Médicas?

Opinar

O melhor: "da agilidade e atençao"

Motivo da visita: Otite Média

Kelly C. marcou consulta com Dra. Leticia Ubaldina Miranda em Consultare - Centro de Especialidades Médicas

Marcou consulta na Doctoralia

Serviços

  • Cardiologia
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 13/08/2016
  • Clínica Médica
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 13/08/2016
  • Ginecologia e Obstetrícia
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 13/08/2016
  • Neurofisiologia Clínica
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 13/08/2016
  • Neurologia
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 15/01/2017
  • Nutrição
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 13/08/2016
  • Ortopedia e Traumatologia
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 13/08/2016
  • Otorrinolaringologia
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 13/08/2016
  • Pediatria
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 13/08/2016
  • Psicologia
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 13/08/2016
  • Psiquiatria
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 15/08/2016

Respostas dos especialistas

1 Especialistas participando

14 Respostas

7 Especialistas de acordo

23 Pacientes agradecidos

Especialistas de Consultare - Centro de Especialidades Médicas estão respondendo perguntas que os usuários enviam a Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

O tratamento do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade - TDAH é realizado através de acompanhamento com equipe multiprofissional e quando necessário, associação com terapia medicamentosa - atualmente as drogas mais utilizadas são o Metilfenidato (Ritalina / Concerta) e a Lisdexanfetamina (Venvance).

Aos 4 anos, a presença de um comportamento mais agitado, inquieto e a dificuldade em se concentrar p/ algumas atividades, pode ser algo comum da idade, devendo haver muita cautela na suspeita diagnostica.

O uso de uma medicação p/ uma idade inferior a preconizada na embalagem, pode acontecer se realmente houver necessidade; devendo-se observar a presença de eventual efeito colateral e acompanhar de perto o paciente. Na realidade, muitas pesquisas com novas drogas são realizadas com adultos e a liberação "oficial" da medicação, termina acontecendo depois de um certo tempo pela industria farmaceutica.

Julianna Lacerda
  • 14
  • 7
  • 23

Julianna Lacerda

Neurologista

Webs


{0}{1}