Av. Brig. Faria Lima, 5544 (Vila São Pedro) 15090-000 São José do Rio Preto, São Paulo SP | mapa

Especialidades e Profissionais

Equipe Médica

Opiniões para Hospital de Base de São José do Rio Preto

Recomendável

Baseada em 214 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a em Hospital de Base de São José do Rio Preto?

Opinar

O melhor: "da capacidade dele e a pessoa amiga que ele é"

Motivo da visita: pediatra

Paciente que marcou consulta com Airton Camacho Moscardini em Hospital de Base de São José do Rio Preto

O melhor: "medico excelente, fiz uma cirurgia com ele, fui muito bem atendida por ele fora o profissional que ele é, tiro o chapéu para este medico nota 10000000"

Paciente que marcou consulta com Marcio Gatti em Hospital de Base de São José do Rio Preto

O melhor: "O dr. André é extremamente humano e competente!"

Paciente que marcou consulta com Andre Luiz de Castro Righetto em Hospital de Base de São José do Rio Preto

O melhor: "De tudo do atendimento do profissional."

Poderia melhorar: "ter mais consulta no dia"

Motivo da visita: rotina

Paciente que marcou consulta com Paulo Poiati Junior em Hospital de Base de São José do Rio Preto

Ver as 214 opiniões sobre Hospital de Base de São José do Rio Preto

Respostas dos especialistas

1 Especialistas participando

1 Respostas

0 Especialistas de acordo

1 Pacientes agradecidos

Especialistas de Hospital de Base de São José do Rio Preto estão respondendo perguntas que os usuários enviam a Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

O uso do Neuleptil (periciazina) pediátrico náo é indicado para crianças menores de 05 anos (de acordo com a monografia do medicamento, revisada em 2012) ou menores de 02 anos (segundo a bula brasileira do medicamento). A razão disso é a falta de estudos com crianças nessas faixas etárias, portanto ainda não foi possível estabelecer a segurança nesses casos.
Entretanto, até o momento, não há evidência de que, respeitada a posologia indicada, haja risco específico diferente do uso em idades um pouco mais avançadas.
Dessa forma, o mais correto é conversar com o médico que prescreveu o medicamento, para esclarecer todas as dúvidas sobre os riscos e benefícios que o remédio pode trazer.

{0}{1}