R. Conselheiro Brotero, 1486 (Higienópolis) 01232-010 São Paulo, São Paulo SP | ver mapa

Especialidades e Profissionais

Equipe Médica

Opiniões para Hospital Samaritano de São Paulo

4,9

Baseado em 12 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a em Hospital Samaritano de São Paulo?

Opinar

O melhor: "Da atenção e cuidados dispensados. Muito bom, recomendo."

Motivo da visita: inflamação no joelho

Paciente que marcou consulta com Pedro Nogueira Giglio em Hospital Samaritano de São Paulo

O melhor: "Avaliação precisa e minuciosa mediante métodos e exames específicos e excelente prevenção dos riscos cirurgicos bem como acompanhamento pós operatório. Profissional de primeira linha."

Poderia melhorar: "Alguns exames como a ultra sonografia endo anal, nao disponíveis no nosso sistema poderiam agilizar o diagnóstico."

Motivo da visita: Fistula perianal

Paciente que marcou consulta com Dr. Umberto Morelli em Hospital Samaritano de São Paulo

O melhor: "O Dr. Umberto é um médico prestativo, esclarecedor, com vasta experiência neste tipo de procedimento e acima de tudo um profissional com um currículo espetacular. Nos transmite muita confiança. Só tenho a agradecer pela recuperação tranquila da cirurgia e pela qualidade de vida que ele me proporcionou."

Poderia melhorar: "Médico excelente, nada a melhorar."

Motivo da visita: Hemorroidectomia

Paciente que marcou consulta com Dr. Umberto Morelli em Hospital Samaritano de São Paulo

O melhor: "Amei! De parabens"

Motivo da visita: diverticulite

Paciente que marcou consulta com Daniella Costa de Menezes e Goncalves em Hospital Samaritano de São Paulo

Ver as 12 opiniões sobre Hospital Samaritano de São Paulo

Serviços

  • Cancerologia
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 29/10/2016
  • Cirurgia Geral
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 29/10/2016
  • Coloproctologia
  • Primeira consulta Coloproctologia
  • Consulta domiciliar Coloproctologia

Respostas dos especialistas

9 Especialistas participando

1125 Respostas

276 Especialistas de acordo

1436 Pacientes agradecidos

Especialistas de Hospital Samaritano de São Paulo estão respondendo perguntas que os usuários enviam a Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

É possível que a gravidez ocorra naturalmente quando ao menos uma das tubas uterinas for normal, a ovulação estiver ocorrendo regularmente, o útero for normal e a qualidade do sêmen do parceiro for adequada. Isto é, a retirada de uma das tubas uterinas por si só não impede que a gravidez ocorra naturalmente, desde que não haja nenhum outro fator que atrapalhe para engravidar. Em relação a tuba uterina que não será retirada, durante a cirurgia ela normalmente é avaliada, para estimar de forma mais precisa as chances da gravidez ocorrer naturalmente.

Dr. Paulo Homem de Mello Bianchi
  • 36
  • 61
  • 72

Dr. Paulo Homem de Mello Bianchi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Quem tem pedra na vesícula deve evitar comida gordurosa. Isso porque o fígado produz bile mas que é armazenada na vesícula. A presença de gordura na alimentação estimula um hormônio que chama colecistoquinina que irá fazer a contração da vesícula. Assim, se houver cálculos na vesícula, um deles pode ficar preso em uma região específica e provocar muita dor na parte superior do abdome que irradia para as costas com muito enjôo principalmente que piora após a alimentação. Nessa situação de crises frequentes, sugiro que busque um bom cirurgião do aparelho digestivo para fazer a cirurgia de colecistectomia videolaparoscópica. A cirurgia é geralmente rápida, geralmente meus pacientes são operados de manhã e vão embora de tardezinha. Em 7 dias já pode retornar ao trabalho. Por outro lado a retirada da vesícula por via convencional (cirurgia aberta) tem recuperação mais demorada, com mais dor e deve-se deixar de pegar peso por 6 semanas. O paciente fica 30 dias sem trabalhar. Melhoras!

Dra. Clarissa Alster Vicente
  • 369
  • 53
  • 328

Dra. Clarissa Alster Vicente Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Caso sua duas tubas estejam obstruídas a inseminação não irá funcionar. Você precisará ser submetida a fertilização in vitro

Dr. Renato Gil Nisenbaum
  • 540
  • 105
  • 924

Dr. Renato Gil Nisenbaum

Ginecologista

Ver as respostas de especialistas de Hospital Samaritano de São Paulo.

{0}{1}