Especialidades e Profissionais

Equipe Médica

Opiniões para Hospital São Vicente de Paulo

5

Baseado em 137 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a em Hospital São Vicente de Paulo?

Opinar

O melhor: "Dra. Monica Soldan, competente, tranquila, transmite confiança. Faz um exame complicado parecer simples. Recomendo."

Motivo da visita: Colonoscopia do Cólon

Paciente que marcou consulta com Monica Soldan em Hospital São Vicente de Paulo

O melhor: "Clareza do médico"

Motivo da visita: Cálculos na vesícula biliar

Vânia M. marcou consulta com Dr. Lucas Demétrio em Hospital São Vicente de Paulo

Marcou consulta na Doctoralia

O melhor: "Ótimo atendimento e pontualidade."

Motivo da visita: Cálculo Biliar

CELIO . marcou consulta com Dr. Douglas Bastos em Hospital São Vicente de Paulo

Marcou consulta na Doctoralia

O melhor: "Médico atencioso e instalações excelentes."

Poderia melhorar: "Rapidez no momento do atendimento de consultas marcadas."

Motivo da visita: Hérnia Umbilical

Douglas C. marcou consulta com Dr. Douglas Bastos em Hospital São Vicente de Paulo

Marcou consulta na Doctoralia

Ver as 137 opiniões sobre Hospital São Vicente de Paulo

Serviços

  • Cancerologia
  • Primeira consulta Cancerologia
  • Consulta domiciliar Cancerologia
  • Colectomia Videolaparoscopica
  • Cirurgia do Aparelho Digestivo
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 13/12/2016
  • Primeira consulta Cirurgia do Aparelho Digestivo Detalhe A partir de R$ 240
  • Cirurgia Geral
  • Primeira consulta Cirurgia Geral
  • Colecistectomia Videolaparoscopica
  • Colectomia Videolaparoscopica
  • Oftalmologia
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 27/10/2015

Respostas dos especialistas

5 Especialistas participando

150 Respostas

36 Especialistas de acordo

79 Pacientes agradecidos

Especialistas de Hospital São Vicente de Paulo estão respondendo perguntas que os usuários enviam a Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Ola bom dia.

Primeira gostaria de ressaltar que o ideal é ser avaliado por um cirurgião.
A maior parte das lesões císticas do fígado se devem a cistos simples.
Este são totalmente benignos, raramente geram complicações ou sintomas.
Complicações mais comum são: devido ao seu volume pode causar efeito compressivo pode até acarretar sintomas como dor e desconforto abdominal ,outra complicação também descrita ,que é rara, e geralmente assintomática e não causa nenhuma repercussão é o sangramento para dentro do cisto e por ultimo, que geralmente cursa de forma assintomática, na maioria dos casos, é a ruptura do cisto.
Cabe destacar isso é baseado na epidemiologia. Existem lesões císticas de comportamento maligno ou devem ser tratadas como tal, que são os cistoadenomas ou os cistoadenocarcinomas.

Dr. Lucas Demétrio
  • 39
  • 20
  • 47

Dr. Lucas Demétrio Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

O uso da cinta não é fundamental, mas além de maior confiança para realizar os movimentos, traz maior firmeza à parede abdominal, contribuindo para menor incidência de hérnia incisional. Procure usar quando ficar em pé e ao caminhar. Em repouso ou ao deitar para dormir não há necessidade de usar a cinta. Boa recuperação!

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Douglas Bastos
  • 86
  • 12
  • 21

Dr. Douglas Bastos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

O condrossarcoma G1 tem uma alta taxa de cura, dependendo da serie de casos tem >80% de pacientes livres de doença com 10 anos de evolução. a recidiva local vai depender principalmente da margem obtida com a cirurgia, se for livre a taxa recidiva e baixa. a chance de metástase em 10 % dos casos, o follow up ideal e por 5 a 10 anos e toda lesão maligna preferencialmente tem que ser operada.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
Rodrigo Cardoso
  • 18
  • 3
  • 7

Rodrigo Cardoso

Ortopedista - Traumatologista

Ver as respostas de especialistas de Hospital São Vicente de Paulo.

{0}{1}