Instituto de Angiologia de Goiânia

Especialidades e Profissionais

Equipe Médica

Opiniões para Instituto de Angiologia de Goiânia

Avaliação geral

Baseada em 18 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a em Instituto de Angiologia de Goiânia?

Opinar

O melhor: "Fui indicada por uma amiga que tinha veias em volta dos olhos. O doutor Charles me atendeu e em duas sessões de laser e conseguiu um resultado que achei excelente. Recomendo mesmo! Ellen Maria"

Motivo da visita: varizes na face

Paciente que marcou consulta com Dr. Charles Esteves Pereira em Instituto de Angiologia de Goiânia

O melhor: "A firmeza do médico me deixou muito confiante. Além da atenção, e poder fazer os exames no mesmo local, como no caso do Doppler."

Poderia melhorar: "Atendimento via telefone."

Motivo da visita: Dores nas pernas

Paciente que marcou consulta com Jose Carlos da Silva em Instituto de Angiologia de Goiânia

O melhor: "Médico muito profissional e competente."

Motivo da visita: Problemas neuropsicológicos

Paciente que marcou consulta com Dr. Marcos Antonio Carneiro em Instituto de Angiologia de Goiânia

"Médico super atencioso, trata os pacientes como ser humano."

Paciente que marcou consulta com Dr. Claudiney Candido Costa em Instituto de Angiologia de Goiânia

Ver as 18 opiniões sobre Instituto de Angiologia de Goiânia

Respostas dos especialistas

1 Especialistas participando

4 Respostas

1 Especialistas de acordo

0 Pacientes agradecidos

Especialistas de Instituto de Angiologia de Goiânia estão respondendo perguntas que os usuários enviam a Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Uma jovem de 44 anos sem antecedentes de TVP é considerada de baixo risco para tromboembolismo. A rigor seria necessário apenas orientar deambulação precoce e compressão elástica. Entretanto, o procedimento "safenectomia" que está caindo em desuso devido às novas técnicas, quase sempre é acompanhado de outros procedimentos tais como escleroterapia intraoperatória e microcirurgia, que prolongam o tempo operatório. Eu sempre recomendo uma dose de Enoxaparina logo após o término do procedimento com autorização do anestesista. Somente uma dose. Depois, oriento deambulação e meias elásticas.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Charles Esteves Pereira
  • 4
  • 1
  • 0

Dr. Charles Esteves Pereira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

{0}{1}