Aneurisma - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Aneurisma

Informação sobre Aneurisma

O que é?

Aneurisma é uma dilatação permanente de um vaso sanguíneo. Isso ocorre quando o vaso sanguíneo perde sua elasticidade. O grande perigo é o rompimento. A gravidade do quadro de aneurisma vai depender do local de sua localização. Os aneurismas mais comuns ocorrem na aorta (maior artéria do corpo), na base do cérebro ou atrás do joelho. Quando esses vasos rompem causam hemorragia interna com risco de morte ao paciente. Também podem gerar quadros bastante sérios como trombose (oclusão) e embolização (desprendimento de coágulos).

Qual é a causa?

A idade é o fator preponderante para a formação do aneurisma. Eles atingem aproximadamente 2% das pessoas com mais de 50 anos e 5% de pacientes com idade igual ou superior a 70 anos. Algumas pessoas já nascem com o aneurisma, mas são casos raros. Hipertensos e fumantes têm maior propensão à doença.

Quais os sintomas?

A maior parte dos aneurismas não apresenta sintomas até que se rompam. No entanto, quando há a manifestação de sintomas, os mais comuns são: dor de cabeça, vômito, convulsões, desmaios e alterações na vista.

Como fazer o diagnóstico

Apesar de serem assintomáticos em sua grande maioria, os aneurismas podem ser encontrados em exames clínicos. Mas isso depende de sua localização. Podem ser percebidos pelo médico quanto estão muito perto da pele (na artéria carótida, por exemplo) ou mesmo um pouco mais profundos em pacientes magros. Entretanto, apenas apalpar o local não oferece a certeza de diagnóstico. Há a necessidade de recorrer a exames de imagem como: raios-X, ultrassonografia, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Qual o tratamento?

Quando percebido no começo, o aneurisma pode ser tratado de forma convencional. O médico precisa fazer um acompanhamento periódico para perceber o ritmo do aumento do tamanho do aneurisma. A mudança de hábitos alimentares e comportamentais do paciente pode ajudar. Porém, os aneurismas raramente regridem ou param de crescer. O tratamento cirúrgico é a outra opção para quando o aneurisma já atingiu um tamanho capaz de oferecer risco de morte.

Possui uma dúvida concreta sobre Aneurisma? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Aneurisma

Aneurismas arteriais são dilatações de uma determinada artéria. Consideramos aneurisma quando a dilatação do vaso é 1,5 vezes maior que o diâmetro normal da artéria. A grande maioria dos pacientes é assintomática e tem o aneurisma descoberto de forma incidental em um exame realizado para outra finalidade. Em alguns casos, o paciente pode sentir uma massa pulsátil nos casos do aneurisma da aorta abdominal em fase avançada. Uma vez tendo indicação cirúrgica, o tratamento é feito através da cirurgia aberta ou através da cirurgia endovascular.
Dra. Nayara Cioffi Batagini
Dra. Nayara Cioffi Batagini Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgiã vascular

|

São Paulo

Um aneurisma é uma dilatação de uma artéria maior que 50% do seu diâmetro normal. Qualquer artéria pode ser acometida. O tratamento vai depender de qual artéria é comprometida e do tamanho do aneurisma, uma vez que a principal complicação é a ruptura do mesmo. As possibilidades de tratamento podem ser: acompanhamento clinico, tratamento cirúrgico convencional ou endovascular. É importante a avaliação de um especialista.
Dr. Fernando Trés Silveira
Dr. Fernando Trés Silveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

|

Serra

Aneurismas são dilatações anormais das artérias, quando está atinge o dobro de seu tamanho normal. Atualmente o tratamento cirúrgico para correção dos aneurismas é feito por cateterismo com pequenas incisões na região da virilha do paciente, proporcionando uma recuperação mais rápida e com menos complicações. Aneurismas são, em geral, doenças silenciosas e quando se manifestam com ruptura podem ser letais.
Dr. Bruno Nanni Alexandrino
Dr. Bruno Nanni Alexandrino Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

|

Curitiba

Ver mais

Tem perguntas sobre Aneurisma?

Nossos especialistas responderam 37 perguntas sobre Aneurisma.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Por que a partir de um certo tamanho do aneurisma de aorta abdominal, o risco de sua ruptura é maior do que o risco imposto pela cirurgia.

  • Obrigado 5
  • 1 especialista está de acordo
  • 14
  • 7
  • 20
Dr. Sergio Belczak Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

São Paulo

Marcar consulta

A cirurgia de aneurisma deve ter um risco menor do que de não fazer nada. Ou seja, se não operar, o risco de romper deve ser maior do que o risco da cirurgia de operar. O problema é que isso é muito teórico. Varia muito de paciente a paciente e principalmente com as comorbidades (ou seja, doenças associadas). A cirurgia endovascular trouxe uma alternativa menos invasiva, mas não é isenta de complicações. Existem casos onde a cirurgia aberta ainda é melhor. Resumindo, é preciso avaliar os exames e o paciente para estimar os riscos. À disposição.

  • 182
  • 94
  • 162
Prof. Alexandre Campos Moraes Amato Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

São Paulo

Marcar consulta

Um aneurisma de aorta, que cresceu 0,6 centímetros de um ano para o outro, teve um crescimento importante . Se tiver um período de 6 meses ou menor, entre os exames , pode inclusive ter indicação de tratamento cirúrgico, seja endovascular ou cirurgia convencional . O Senhor precisa passar em consulta com um cirurgião vascular e endovascular que irá orientá-lo .

  • 13
  • 15
  • 39
Dr. Robert Guimarães Nascimento Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

São Paulo

Precisa saber a idade da paciente, se for idosa é melhor controlar bem a pressão arterial, não deixar a pressão ficar alta senão pode romper o aneurisma e provocar um AVC hemorrágico.

  • 163
  • 4
  • 63
José Umbelino de Morais

Médico clínico geral

Uberlândia

Ver as 37 perguntas sobre Aneurisma