Compulsão alimentar - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Compulsão alimentar

Os especialistas falam sobre a Compulsão alimentar

Necessita de uma avaliação nutricional bem detalhada e um plano dietoterápico adequado a rotina de cada um.
Roberta Conejo
Roberta Conejo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Nutricionista

|

Brasilia

A compulsão envolve dois elementos essenciais, o primeiro é comer uma grande quantidade de alimento, em um curto espaço e tempo, e segundo é uma sensação de perda de controle no momento em que está se alimentando, além desses, existem outros episódios, como culpa, comer escondido. Se a pessoa apresenta estes comportamentos mais de uma vez por semana, nos últimos três meses é necessário que haja uma avaliação, para que a partir do diagnóstico, haja um plano de tratamento individualizado, que envolvem três abordagens: acompanhamento psicológico, psiquiátrico e nutricional. Normalmente a compulsão alimentar está associada a níveis elevados de sofrimento, obesidade e prejuízos diversos na vida.
Michely Freitas
Michely Freitas Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

|

Rio de Janeiro

Os processos que envolvem esse transtorno estão muitas vezes relacionados a sentimentos de raiva, angústia, ansiedade durante ou depois da alimentação compulsiva, o estresse pode tanto causar quanto ser causado pela compulsão alimentar, gerando dessa forma, um ciclo, em que a pessoa come para ficar menos estressada, acaba ficando mais estressada por ter comido demais e volta a comer para diminuir o estresse. Comer é um habito, e hábitos podem ser mudados e mudar hábitos com ajuda de um profissional capacitado pode sim, fazer toda a diferença.
Lucidalva Oliva
Lucidalva Oliva Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Salvador

Para o tratamento de compulsão alimentar as sessões são realizadas para diagnosticar quais são as emoções, situações e comportamentos voltados a compulsão alimentar, fazendo com que o paciente reflita sobre a sua alimentação e lide com seus problemas reais e não o abuso da comida. A prática da hipnose também é realizada para auxiliar no tratamento.
Jéssica Moura Piovan
Jéssica Moura Piovan Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

São Paulo

Na compulsão alimentar, a pessoa perde o controle do seu comportamento alimentar, ingerindo quantidades exageradas de alimentos, em intervalos curtos de tempo, que geram arrependimento posterior (ou culpa). Emoções desagradáveis, estresse, tédio, autoimagem negativa, dietas restritivas, dentre tantas outras situações, podem desencadear episódios de compulsão alimentar. A proposta de atendimento psicológico para o cliente com Transtorno de Compulsão Alimentar Periódica é o treinamento de habilidades psicossociais como: atenção plena (mindful eating), eficácia interpessoal, regulação emocional e tolerância ao estresse. O aprimoramento dessas habilidades favorece o emagrecimento sustentável.
Poliana de Castro Sousa
Poliana de Castro Sousa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Brasilia

Ver mais

Tem perguntas sobre Compulsão alimentar?

Nossos especialistas responderam 11 perguntas sobre Compulsão alimentar.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Recomendo um tratamento de abordagem psicanalítica, que possibilitará uma investigação profunda das causas desse comportamento recorrente. As compulsões podem estar relacionadas às memórias infantis e dificuldades em lidar com frustrações e exigências do mundo adulto levando à busca de satisfação imediata.

  • 3
  • 5
  • 5
Mônica Nogari Damaceno

Psicanalista, Psicóloga

O tratamento para compulsão alimentar, deve envolver também o tratamento com Nutricionista para desenvolvimento de atividades de educação nutricional e equilíbrio nutricional em conjunto com a terapia psicológica/psiquiátrica.

  • 51
  • 57
  • 62
Dra. Juliana Vidal Vieira Guerra

Nutricionista

Niterói

Olá! Existem boas evidências científicas sobre a terapia interpessoal e a terapia cognitivo-comportamental no tratamento da compulsão alimentar. Sem efeitos colaterais de medicações assim! Um abraço

  • 8
  • 14
  • 4
Dr. Gustavo Coutinho de Faria Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Belo Horizonte

Marcar consulta

Você menciona três sintomas importantes : ansiedade, ataques de pânico e compulsão alimentar, os quais precisam ser avaliados para que possamos entender melhor o que vem sofrendo. Sugiro que, inicialmente você procure um (a) psicólogo (a) para maiores esclarecimentos sobre suas queixas. Um abraço!

  • 7
  • 15
  • 5
Geanne Christinne Santos

Psicóloga

Rio de Janeiro

Ver as 11 perguntas sobre Compulsão alimentar