Nao consigo emagrecer, quero comer a todo tempo, estou angustiada por...

Olá. Sugiro que busque ajuda de um psicólogo. A terapia poderá auxilia-la a descobrir os motivos da sua ansiedade e como controlá-la. Muito provavelmente a comida está ocupando o lugar de algo que deseja mas não consegue obter. O caminho é adquirir confiança em você mesma, valorizar seus talentos e ter calma suficiente para produzir os resultados que deseja. Faça isso e seja feliz.

Olá, que terapia você deve fazer é algo muito particular, pois você deve de antemão sentir a afinidade ao psicólogo. Pois tem-se várias vertentes de terapias e abordagens. No entanto o psicólogo estará apto para te acolher e entender junto a você o motivo de tanta angustia, auxiliará a controlar a compulsão alimentar e por consequência ter um sono de qualidade.

1. Observe suas angustias e pense sobre elas 2. O que te deixa talvez, ansiosa? 3. Sentimento de falta, tem sido corriqueiro nos seus dias?
Pense sobre, e cuide-se.

Chamamos de gula ao ímpeto sôfrego para comer e/ou beber, em geral como expressão de ganho (poder) ou prazer, geralmente associado à um impulso irrefreável para uma ação contrária à vontade, com a finalidade de lograr alívio. O entendimento de que nem tudo que dá poder ou prazer nos irá realizar como pessoa é um passo muito importante para que possamos considerar a importância de promovermos a emergência de novas aptidões e realização de novas potencialidades. O homem nasce incompleto e para ultrapassar-se continuamente, há que canalizar, aplicar e investir sua energia (libido) criativa diante dos fenômenos e experiências da existência. Sugiro uma terapia que ajude-a a investigar essas novas aptidões e potencialidades, que irá com certeza ajudá-la no desenvolvimento da desejada sobriedade alimentar.

Você precisa de ajuda para voltar à sua essência, voltar a sentir autoconfiança e resgatar seu amor próprio. Quanto mais pensar em restringir a alimentação, mais terá compulsão. É preciso parar de fazer dieta, aprender a ouvir o seu corpo e se alimentar adequadamente. Gradualmente o corpo vai voltando a um peso saudável.

Qualquer caminho terapêutico pode te ajudar desde que você sinta empatia e confie no profissional que irá atendê-la! O caminho que eu sugiro é o que eu conheço: psicanálise.

Olá! Vc precisa passar por um processo psicoterapêutico onde vc entenda o significado do alimento, onde vc identifique suas crenças em relação a comida e outras áreas de sua vida. Terapia cognitiva é uma abordagem que poderá ajudá-la num período menor. Um Grande Abraço.

Eu indicaria a terapia cognitiva comportamental... assim vc poderá fazer uma reestrutura em relação a sua ansiedade e essa coisa de comer sem ter vontade... tem os q avaliar o q esta desencadeando esse processo... pode se tb ir em busca de um profissional em q possa sugerir exames de sangue hormonais... entre outro para ter uma avaliação orgânica... mas a terapia essencial... um grande abraço me deixo a disposição.

Ola! Penso que a Terapia Cognitivo Comportamental poderia te ajudar nesse momento de bastante ansiedade. Ela te ajudaria a diminuir o estresse e a encontrar as possiveis causas que te levam a esse estado. Estou a disposiçao. Grande abraço.

Olá!
Acho que a psicoterapia pode te ajudar, sim! Não acredito que você precise procurar uma determinada linha para te ajudar. Um bom psicoterapeuta que trabalhe com transtorno alimentar pode te auxiliar nesse trabalho. A obesidade pode ser considerada uma "doença" e você pode encontrar as causas num trabalho psicoterápico. Eu trabalho com psicanálise e vejo bons resultados. Mas a escolha deve ser sua!
Abraço

Não tem um tipo de terapia mais adequado a se fazer, mas sim aquela que você se sente mais à vontade e com um profissional que te transmita confiança. É importante que um profissional avalie o seu caso, para que justos busquem o melhor tratamento e se existe a necessidade de um outro tratamento a ser feito em paralelo.

Siga em frente!

Olá. Seria interessante você procurar um bom psicanalista a fim de compreender o que te leva a comer sem ter fome. Quando antes você se sentiu assim na vida? Como foram suas relações com a comida durante a vida? Tudo isso deve ser investigado cautelosamente para te ajudar. Espero ter te ajudado um pouco. Não hesite em procurar ajuda.

Olá! Dependendo da avaliação o tratamento será direcionado tanto para fatores físicos como emocionais. Muitas vezes a maneira como a pessoa lida com a comida pode estar associado ao stress. Sugiro q busques a avaliação de um profissional, para que juntos combinem o tratamento adequado para o seu caso. Um abraço

Olá hoje temos na Nutrição muitos tratamentos para diminuir a vontade de comer comendo adequadamente nos horários certos e o tipo de alimentos adequados, lançamos mão do tratamento mindifulness, plano alimentar personalizado suplementação clinica e de fitoterápicos, e claro uma acompanhamento psicológico tambem é necessário!

Duas coisas devem ser levadas em consideração em casos de comportamentos alimentares:
1 - Os sintomas podem estar associados a uma compulsão alimentar, e então o psiquiatra deverá ser consultado para uma terapia medicamentosa.
2 - Poderá existir uma lacuna existencial que provoca os sintomas, e então o psicólogo deverá ser procurado para um trabalho de psicoterapia.
Tanto no primeiro caso quanto no segundo a psicoterapia tem a função, entre tantas qualidades, de conduzir ao equilíbrio, de auxiliar toda pessoa a não mais ser a vítima das circunstâncias que não consegue controlar.

Olá! Além da terapia, fundamental no processo, te recomendaria procurar uma nutricionista com experiência na área de transtornos alimentares. Como a colega nutricionista colocou muito bem, é importante olhar pra dentro e ouvir o que o seu corpo diz. E hoje a Nutrição entende que o comportamento alimentar é fundamental para o sucesso do tratamento (sem querer invadir, mas sim convergir com o trabalho do psicólogo).

Muito prazer! Percebo e acolho sua pergunta com muito amor.
Sugiro escolher alguns profissionais (psicólogos) e ir, acredite, a terapia que funciona é aquela que há empatia, que você confie e principalmente que você de fato, queira. Não existe melhor ou pior, todas tem seu valor e é por isso, que estamos aqui.
Além disso, que busque um endocrinologista, pois ele solicitará alguns exames que também poderão apontar se seu organismo está funcionando corretamente e colaborará com sua saúde, bem estar e equilíbrio.
Deixo o convite para vir me conhecer.
Abraço fraterno.

Ver as 11 perguntas sobre Compulsão alimentar

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia:

Tem perguntas sobre Compulsão alimentar?

Nossos especialistas responderam 11 perguntas sobre Compulsão alimentar.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.