Disfunções sexuais psicogênicas - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Disfunções sexuais psicogênicas

Os especialistas falam sobre a Disfunções sexuais psicogênicas

Disfunção Sexual é a incapacidade do indivíduo para participar de um ato sexual com satisfação e pode ocorrer por problemas orgânicos e/ou emocionais, trazendo sofrimento para a pessoa. Para ser uma disfunção essa dificuldade deve ser recorrente e os sintomas persistirem por 6 meses, além de vivenciada como algo indesejável e incontrolável. É importante lembrar que as disfunções sexuais podem atingir homens e mulheres e se não tratadas, muitas vezes, provocam problemas no relacionamento afetivo e na autoestima da pessoa.
Michelle Sampaio
Michelle Sampaio Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga, Sexóloga

|

São Paulo

As principais Disfunções Sexuai são: Disfunção Erétil, Ejaculação Rápida ou Precoce, Anorgasmia, Inapetência sexual, Vaginismo, Dispareunia, compulsão sexual, além de diversos tipos de inadequações sexuais com as quais me deparo, diariamente em meu consultório. Utilizando a bordagem comportamental, ao longo dos anos, conseguimos alcançar inúmeros resultados positivos no tratamento dessas Disfunções Sexuais.
Dr. Jr. Gaia
Dr. Jr. Gaia Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo, Sexólogo

|

Fortaleza

A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera as disfunções sexuais como a incapacidade de participar da relação sexual com satisfação. As disfunções se manifestam por algum desconforto ou dificuldade com relação à expressão do desejo, excitação ou orgasmo. A perda de excitação sexual é uma queixa comum a ambos os sexos, porém as mulheres tendem a queixar-se mais sobre a falta de prazer ou interesse e os homens sobre a falta de ereção ou descontrole da ejaculação. As disfunções sexuais podem ser influenciadas por diversos fatores, como a relação com o(a) parceiro(a), baixa autoestima, depressão, uso de antidepressivos, hormônios, neurotransmissores, entre outros.
Rosemery Otaka Yukimitsu
Rosemery Otaka Yukimitsu Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga, Sexóloga

|

São Bernardo do Campo

Todas as disfunções sexuais, femininas ou masculinas, tem um componente psicológico que precisa ser investigado e resignificado pelo paciente, por isso o processo terapêutico é fundamental para a melhora do quadro. Através de questionários e testes é possível acessar conteúdos emocionais que estão limitando e até mesmo impedindo o paciente de ter uma vida sexual satisfatória e prazerosa.
Dra. Giane Nucci
Dra. Giane Nucci Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga, Sexóloga

|

São Paulo

Ver mais

Tem perguntas sobre Disfunções sexuais psicogênicas?

Nossos especialistas responderam 16 perguntas sobre Disfunções sexuais psicogênicas.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá, Muitos fatores podem influenciar na inibição do desejo sexual. O ideal é procurar um profissional da psicologia, especializado em sexualidade. Junto com o terapeuta, você poderá identificar quais são as suas dificuldades, questões da relação, e quais fatores podem estar influenciando a sua questão sexual. Também é necessário consultar um médico ginecologista, para descartar qualquer problema físico. Através da terapia, é possível reaver esse desejo.

  • 11
  • 11
  • 8
Andressa Calderon de Oliveira

Psicóloga, Sexóloga

São Paulo

Esse tipo de situação é muito mais comum do que se imagina e inúmeros fatores podem estar envolvidos. Seria interessante procurar um psicólogo ou um terapeuta sexual para esse tipo de questão. O casal deve se questionar de que forma isso afeta a relação e porque isso seria um problema. Cada pessoa possui características muito particulares que a tornam única e cada situação evoca uma diferente percepção. Como seu marido encara essa questão? Alguns remédios podem provocar esse quadro como antidepressivos e remédios para pressão arterial elevada. Consulte também um urologista ou um clínico e procure saber se existe uma causa orgânica.

  • 116
  • 110
  • 62
Gisela Nonnenberg Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Rio de Janeiro

As questões sexuais devem ser analisadas sobre três aspectos 1) orgânico - consultar um urologista, preferencialmente com especialização em sexologia clínica, o qual está capacitado para avaliar a anatomofisiologia da resposta sexual humana; 2) medicamentoso - algumas substâncias, lícitas ou não, podem interferir diretamente na resposta eretiva; 3) descartado os dois aspectos anteriores, ou seja, um médico confirmando que não há indícios de causas orgânicas e medicamentosas, está na hora de buscar um Sexólogo Clínico, o qual é médico ou psicólogo especialista em tratar as disfunções sexuais.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 20
  • 4
  • 5
Cláudia Lemos Meireles Alexandre Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga, Sexóloga

Salvador

Marcar consulta

A perda do desejo sexual pode estar relacionado a muitos fatores. Esta é uma questão mais frequente do que se possa imaginar, que afeta tanto mulheres quanto homens. Sugira a ela que busque ajuda de um/a psicólogo/a, uma terapia ou análise é altamente recomendável para questões como esta. Att, Dra. Mariana.

  • 24
  • 36
  • 18
Mariana Sandoval Gordilho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Salvador

Marcar consulta

Ver as 16 perguntas sobre Disfunções sexuais psicogênicas