Doença De Crohn - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Doença De Crohn

Informação sobre Doença De Crohn

O que é a doença de Crohn?

Este nome é uma forma de inflamação intestinal crônica que se manifesta por dor abdominal, diarréia e perda de peso. Produz períodos alternados de atividade e remissão ea inflamação tende a ser localizada. Ela geralmente afeta as últimas áreas do intestino delgado (íleo) e / ou intestino grosso (cólon e reto), mas pode se estender a qualquer parte do trato digestivo, incluindo a boca. As partes afetadas do intestino delgado aparecem avermelhadas e inchadas, mesmo com úlceras. Você pode ver um estreitamento do tubo digestivo por cicatrizes, que podem levar a obstrucção na Doença de Crohn; não tem cura e tratamos apenas os sintomas, tentando períodos de remissão o maior tempo possível.

Qual é a causa da doença de Crohn?

A causa é desconhecida, mas sabe-se que mais frequentemente afecta as famílias de pacientes com esta doença. A doença geralmente se manifesta entre 20 e 30.

Quais são os sintomas?

Os sintomas dependem da gravidade e localização da doença. Em muitos casos, sintomas leves são ignorados por um longo tempo antes de um diagnóstico é feito.

  • Períodos de diarréia com sangue e dor no baixo ventre
  • Perda de apetite (anorexia)
  • Perda de peso
  • Abscessos (bolsas de pus) e fístulas (pequenos tubos que ligam o intestino para outros órgãos ou pele)
  • Envolvimento geral

Como você pode evitá-lo?

Não existem medidas preventivas para a doença. Você só pode tentar prolongar os períodos de remissão.

Como é diagnosticado?

Doença deve ser suspeitada em pacientes com diarreia, dor abdominal e perda de peso por mais de três ou quatro semanas. A combinação de exames de sangue, fezes, colonoscopia e estudos de radiografia de contraste para confirmar ou refutar o diagnóstico. A biópsia da mucosa intestinal durante os estudos endoscópico é útil para o diagnóstico definitivo.

O que fazer em casa?

Procurar por estes sinais que indicam piora e se você tiver, consulte o seu médico:

  • Sangue nas fezes
  • Mudanças ou aparecimento de dor
  • Febre não podem ser atribuídos a outras causas

Atividade

Descanso exigidos durante os ataques agudos, em períodos de remissão, o paciente pode retomar suas atividades normais

Dieta

Geralmente não são impostas restrições, excepto quando tenha havido uma redução no comprimento do intestino (curto), como resultado da cirurgia (devido a complicações). Mas, como em outras doenças intestinais, uma dieta baixa em gorduras pode ajudar a controlar a diarréia.

Quais são as complicações?

  • Sangramento e anemia ferropriva (perda de ferro)
  • Íleo (motilidade intestinal reduzida) ou obstrução (bloqueio parcial ou total do trânsito intestinal)
  • Perfuração intestinal e / ou formação de fístula (comunicação com outra parte do intestino delgado, pele ou outras vísceras)
  • Inflamação do fígado (colangite), articulações (artrite), olhos (uveíte) ou da pele
  • Problemas com a digestão dos alimentos, quer devido à cicatrização do intestino ou porque o seu comprimento é reduzido como resultado da exposição repetida (intestino curto).

Previsão

Os sintomas mencionados acima, embora por vezes graves, permitem levar a maioria dos pacientes uma vida normal.

Como a doença é?

O tratamento depende da gravidade e extensão da doença e o efeito dos mesmos em cada paciente. Na maioria dos casos, a medicação reduz a inflamação, permanece sintomas controlados e reduz a possibilidade de um novo surto.

A ressecção cirúrgica das áreas inflamadas pode ser necessárias em casos complicados (perfuração, fístulas, abscessos, obstrução), mas a doença pode reaparecer em outro lugar.

Ataques severos podem requerer hospitalização

Que medicamentos são utilizados?

  • Anti-inflamatórios: usado para casos com sintomas moderados de inflamação. Não está claro que estas drogas podem prevenir novos surtos.
  • Comprimidos de corticosteróides, anti-inflamatórios hormônios que são utilizados em casos de exacerbação (aumento dos sintomas).
  • Anticorpos: proteínas produzidas por organismos vivos para bloquear outras substâncias, anti-TNF alfa (substância produzida por células inflamatórias) para pacientes com fístulas.
  • Medicamentos enema: para a ação local no reto. Corticosteróides em uma solução introduzido através do ânus (enema) é usado para tratar sintomas leves a moderados no reto e cólon.
  • Imunossupressores são drogas que bloqueiam a divisão celular. Para os casos graves que não respondem a esteróides.
  • Antibióticos para o tratamento de infecções associadas.
  • Vitaminas: quando se mostra a falta dela.
  • Medicamentos para a diarréia: para os casos graves.

Grupos de apoio:

Associação de Crohn e Retocolite Ulcerativa: http://www.accu.es

Possui uma dúvida concreta sobre Doença De Crohn? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Doença De Crohn

A Doença de Crohn é uma doença que pode causar lesões em qualquer porção do trato gastrointestinal desde a boca até o ânus, passando pelo esôfago, intestino fino e grosso. O sintoma mais comum é a diarreia crônica mas muitas vezes pode vir acompanhada com dores articulares, dores nos olhos, febre, dor abdominal, presença de estreitamentos da luz intestinal (estenoses) que dificultam a passagem do bolo alimentar ou fístulas que são orifícios que comunicam a pele do paciente com a alça intestinal. Por ser uma doença auto-imune a sem cura seu tratamento deve ser por toda a vida com uso de medicações para controlar a doença e tratamento das suas complicações.
Fabio Luiz Maximiano
Fabio Luiz Maximiano Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Gastroenterologista, Médico clínico geral

|

São Paulo

Tem perguntas sobre Doença De Crohn?

Nossos especialistas responderam 142 perguntas sobre Doença De Crohn.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá. Realmente é mais benefício manter as medicações Azatioprina e Infliximabe, do que o risco da doença entrar em atividade. Contudo, é importante avaliar a suspensão do Infliximabe a partir de 30 semanas de gestação, caso você esteja com a doença em remissão. Ele é composto por anticorpos que atravessam a barreira placentária com mais facilidade no 3º trimestre da gestação. Caso seja necessário, corticoterapia poderá ser associada à Azatioprina para o controle da atividade até o parto. São decisões complexas que devem ser tomadas em conjunto por você, seu Gastroenterologista e seu Obstetra.

  • 70
  • 54
  • 96
Dr. José Eugênio Rios Ricci Jr. Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endoscopista, Gastroenterologista

Juiz de Fora

O transplante de medula não esta indicado para pacientes com Doença de Crohn. É necessário sim, um correto manejo da doença, muitas vezes com drogas mais potentes como a terapia biológica para um correto controle da doença.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 283
  • 136
  • 274
Fabio Luiz Maximiano Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Gastroenterologista, Médico clínico geral

São Paulo

Marcar consulta

Olá, na verdade, não existe contra indicação do uso de leite ou derivados em que tem doença inflamatória intestinal (doença de crohn ou retocolite ulcerativa). Deve se evitar o uso de leite e derivados em quem tem intolerância a lactose ou alergia a proteína do leite, pois a sintomatologia pode piorar ou confundir com sintomas devido a doença inflamatória intestinal (DII); mas o leite não ira piorar a inflamação ou desencadear crises de DII. Alguns trabalhos tentaram demonstrar uma maior incidência de intolerância a lactose em pacientes com doença inflamatória, mas isso não quer dizer que quem tem DII não possa usar leite. Atualmente existem várias enzimas de lactase nacionais que podem ser utilizadas em que tem intolerância a lactose, antes da infesta de leite ou derivados. Converse com o seu médico, tenho certeza que ele ira lhe esclarecer.

  • 35
  • 17
  • 14
Dr. Alexandre Medeiros do Carmo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral, Coloproctologista

Fortaleza

Marcar consulta

Olá, a doença de Crohn é uma doença inflamatória intestinal que pode acometer da boca ao ânus. A doença pode ocasionar, em qualquer local do trato digestório, inflamação (em intensidades diferentes, desde enantema até ulcerações profundas), estenoses e fístulas. Quando a doença acomete o trato digestório alto, ela apresenta se, geralmente, de forma mais agressiva, por isso, já se utiliza terapia biológica, muitas vezes combinada com imunossupressor. Espero ter ajudado.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 35
  • 17
  • 14
Dr. Alexandre Medeiros do Carmo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral, Coloproctologista

Fortaleza

Marcar consulta

Ver as 142 perguntas sobre Doença De Crohn