Doenças Da Córnea - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Doenças Da Córnea

Informação sobre Doenças Da Córnea

O que é?

A córnea é uma estrutura transparente que fica na frente da íris (membrana que dá cor aos olhos). Ela é responsável pelo envio de luz para o interior do olho, o que permite uma visão bem mais clara dos objetos. Qualquer lesão na córnea pode causar sérios prejuízos na visão conduzindo também à cegueira em alguns casos. Todavia, a grande maioria das doenças tem tratamento e, quando isso não é possível, o transplante de córnea é uma opção viável. As principais doenças da córnea são:

Queratite (Ceratite) pontuada superficial

Causada por infecção viral ou bacteriana, secura dos olhos, exposição aos raios ultravioletas (luz solar ou lâmpadas), uso prolongado de lentes de contato ou reação ao uso de colírio. Ela gera dor nos olhos, que ficam lacrimejantes, sensíveis à luz e injetados de sangue. Com o uso de medicamentos a doença é tratável e a recuperação é plena. No caso de viroses, mesmo sem tratamento, a região volta ao normal em até três semanas.

Úlcera da córnea

Aparece quando há uma perfuração na córnea normalmente causada por uma infecção. Às vezes surge por causa de uma ferida na região. Provoca dor moderada, sensibilidade à luz e maior secreção de lágrimas. Pode haver o acúmulo de pus atrás da córnea. Precisa ser tratada com rapidez e com medicamentos. Eventualmente pode ser necessário realizar uma cirurgia.

Infecção por herpes simples

Essa infecção pode aparecer com frequência e normalmente desaparece naturalmente. Quando o quadro se agrava, se pode receitar antivirais ou mesmo fazer uma raspagem da córnea para acelerar o processo de cura.

Infecção por herpes zoster

Essa infecção provoca dor, vermelhidão e edema nas pálpebras. A córnea pode inchar e inclusive gerar um glaucoma (aumento da pressão intraocular). Medicamentos podem combater os sintomas e o agravamento do quadro, mas não há garantia de que possam evitar novas ocorrências.

Queratite (ceratite) ulcerativa periférica

Ulceração da córnea que comumente aparece em pessoas que sofrem de artrite reumatoide e outras doenças do tecido conectivo. Provavelmente causada por uma reação autoimune. A doença deteriora a visão, aumenta a sensibilidade à luz e dá à pessoa a sensação de que há algum objeto no olho. Não há cura.

Queratomalacia

Causada pela falta de vitamina A, de proteínas e por dieta com baixa caloria. A córnea seca e se torna opaca. Pode ser resolvida com medicamentos e mudança da dieta.

Queratocone (Ceratocone)

Alteração gradual da córnea, que fica com formato de cone. Pode até afetar os dois olhos e provoca constantes alterações no grau dos óculos. Em casos extremos, pode levar ao transplante de córnea.

Queratopatia bolhosa

Acontece com mais frequência em pessoas idosas. Surge após cirurgias como a de catarata. Pode ser tratada com medicamentos e uso de lentes de contato.

Possui uma dúvida concreta sobre Doenças Da Córnea? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Doenças Da Córnea

As infecções por herpes são muito comuns em toda população. A maioria dos casos acontece na pele, na boca ou em regiões genitais, mas esse vírus pode atacar também os olhos. Mesmo indivíduos jovens e sadios podem ser acometidos pelo herpes nos olhos. A infecção costuma acometer as córneas com mais frequência, ocasionando ulcerações dolorosas, vermelhidão, sensibilidade a luz e turvação visual. Mas pode acometer também as partes mais internas dos olhos e a pele ao redor dos olhos. O tratamento não remete a cura, assim como nos casos de herpes na pele. São usados antivirais, em comprimidos ou pomadas, e o controle do caso é feito periodicamente.
Dr. Jose Henrique Casemiro
Dr. Jose Henrique Casemiro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

|

Cascavel

Tem perguntas sobre Doenças Da Córnea?

Nossos especialistas responderam 32 perguntas sobre Doenças Da Córnea.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Basicamente sim. Às vezes escolhemos uma ou outra nomenclatura dependendo da extensão da lesão, mas todos querem dizer que há uma lesão epitelial superficial na córnea.

  • 120
  • 56
  • 56
Dra. Aline Andreza Henderson de Castro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Ananindeua

Há 2 causas mais frequentes: erosão recorrente após traumatismo corneano e uma distrofia corneana (determinada geneticamente) denominada distrofia da membrana basal. Em ambas as doenças, as células superficiais corneanas perdem aderência ao seu leito basal e as feridas "abrem". A prevenção da crise é realizada geralmente com géis lubrificantes, pomadas hiperosmóticas. Para o tratamento da erosão normalmente lançamos mão do uso de uma lente de contato, a qual promove alívio rápido dos sintomas. O tratamento definitivo mais aceito é a ceratectomia fotorrefrativa (cirurgia a laser)

  • 23
  • 4
  • 6
Lucas Shiokawa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Curitiba

Marcar consulta

São duas coisas distintas. A Retinose Pigmentar impõe um acompanhamento regular com seu oftalmologista para verificar a evolução e o quanto prejudica sua acuidade visual. Já a cirurgia refrativa, que visa eliminar o uso de lentes corretivas, é realizada na Córnea. É importante ressaltar que essa cirurgia não devolve a perda visual ocasionada pela Retinose. Deste modo, após a cirurgia refrativa, você terá a acuidade visual que possui com o uso do óculos, porém sem a necessidade do mesmo.

  • 13
  • 1
  • 10
Dr. André Gustavo Conforti Bastos

Oftalmologista

São Paulo

Olá. Ceratocone não tem cura... Podemos estabilizá-lo através do crosslinking do colágeno corneano. Mas cura ainda não se tem. Nem o transplante é garantia de deixar a córnea regular... É bastante frequente inclusive precisar de lentes de contato após o transplante para melhorar a visão (por isso hoje em dia, é nossa última escolha na linha de tratamento). O tratamento do ceratocone vai girar basicamente em torno da melhoria da qualidade e da quantidade de visão... Na grande maioria dos casos obtida com uso de lentes de contato especiais. Procure um especialista em córnea para uma avaliação adequada e ver qual a melhor alternativa de tratamento para você. Fico à disposição.

  • 120
  • 56
  • 56
Dra. Aline Andreza Henderson de Castro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Ananindeua

Ver as 32 perguntas sobre Doenças Da Córnea