Doenças Do Colo Do Útero - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Doenças Do Colo Do Útero

Informação sobre Doenças Do Colo Do Útero

O que é?

O útero é parte do aparelho reprodutor feminino. No Brasil, o câncer desenvolvido nessa região é o mais comum entre as mulheres. Ele corresponde a 24% de todos os cânceres. As principais patologias que atingem o colo do útero são:

Câncer do colo do útero

Embora o câncer do útero seja o responsável pela grande maioria dos cânceres em mulheres no Brasil, seu índice de cura é muito próximo a 100% quando o diagnóstico é feito precocemente. Durante o exame ginecológico anual, os médicos devem fazer a coleta de material para o Papanicolau. Esse exame consiste na raspagem do colo do útero para análise em laboratório patológico. As células retiradas indicarão se há o desenvolvimento de algum tumor. Quando o tumor é detectado, há três opções de tratamento: quimioterapia, radioterapia ou cirurgia. Os dois primeiros oferecem a possibilidade de a mulher continuar fértil.

Cercivite

É uma irritação no colo do útero. Sua origem pode ser congênita, hormonal (no período de gravidez ou pelo uso de anticoncepcionais) ou bacteriana (infecções). As infecções podem ser causadas pelas bactérias que já fazem parte da flora do corpo da mulher ou transmitidas através do ato sexual. Eventualmente as cercivites podem ser desenvolvidas pela sensibilidade do colo do útero a produtos químicos como o látex dos preservativos, espermicidas e tampões. Após o parto a mulher pode desenvolver cercivite crônica. Normalmente, a cercivite não apresenta sintomas. Em algumas mulheres, no entanto, causa corrimento vaginal, dor intensa na região e sangramento durante a relação sexual. O diagnóstico pode ser feito através do exame ginecológico e o tratamento, no caso de indícios de infecção, deve utilizar medicamentos antibióticos. As cercivites podem causar o aparecimento de lesões (feridas, erosão ou ectrópio) que precisam ser tratadas com a cauterização do colo do útero.

Feridas no colo do útero

Embora sejam popularmente como feridas ou lesões, naturalmente não é uma ferida comum. Trata-se de um trecho do colo do útero que se vira e deixa o tecido do canal cervical exposto. As feridas do útero podem sangrar, especialmente após o relacionamento sexual. A condição normalmente é consequência de alterações hormonais em mulheres no período fértil e motivada, na grande maioria das vezes, pela utilização de medicamentos anticoncepcionais. O tratamento deve ser feito a partir da suspensão do uso de contraceptivos hormonais. Antibióticos em forma de creme devem ser aplicados na vagina. Depois de sanado o problema da infecção, a cauterização do colo do útero pode acabar com as feridas.

Possui uma dúvida concreta sobre Doenças Do Colo Do Útero? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Doenças Do Colo Do Útero

As doenças do colo são diagnosticadas com o exame ginecológico, que deve ser feito por profissional médico. Evite a coleta de preventivo por profissional que não seja Medico Especialista pois a falta de experiência pode gerar um exame de baixa qualidade e, principalmente, deixar passar doenças que ainda estejam em estagio inicial. Minha recomendação: Exame Ginecológico deve ser realizado por Ginecologista. Descrevo os exames na descrição de " Displasia do colo uterino".
Dra. Zeliene Souza
Dra. Zeliene Souza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Manaus

Tem perguntas sobre Doenças Do Colo Do Útero?

Nossos especialistas responderam 106 perguntas sobre Doenças Do Colo Do Útero.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

O proximo passo é procurar um profissional para realizar uma Colposcopia,se identificado lesão será feito uma biopsia. Dependendo do resultado dessa biopsia,da extensão da lesão,da sua idade e de outros fatores,será definido o tratamento. A Histerectomia (retirada do útero) NAO é o tratamento em casos de HSIL ( NIC 2 e NIC 3),principalmente em paciente jovens e sem filhos. Procure um especialista.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 67
  • 12
  • 170
Dra. Janaina Harfush Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Rio de Janeiro

Esse corrimento que você está se referindo provavelmente é a secreção fisiológica, normal de todas as mulheres jovens. Algumas produzem mais e outras, menos, mas é o natural do nosso organismo, e a quantidade, cor e textura se modificam com o ciclo menstrual. O anticoncepcional hormonal tende a controlar mais essa produção, e mante-la "estável" o mês todo. Tratar como candidíase é gastar medicação e dinheiro, sem necessidade.

  • 56
  • 25
  • 47
Dra. Aline Mouta Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Rio de Janeiro

Pode sim . O diafragma é um método de barreira que tem que ser usado junto com o espermicida . Grande abraço

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 215
  • 14
  • 199
Dra. Mirela Magalhães de Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Rio de Janeiro

Aguarde seu preventivo , só ele pode sugerir presença de HPV . Mas peça à sua médica para explicar melhor pra vc este termo. A pílula pode fazer com que ela apareça ... Um grande abraço.

  • 215
  • 14
  • 199
Dra. Mirela Magalhães de Oliveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Rio de Janeiro

Ver as 106 perguntas sobre Doenças Do Colo Do Útero