Endometriose - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Endometriose

Informação sobre Endometriose

O que é?

A endometriose é uma doença caracterizada pela presença do endométrio fora do útero. O endométrio é a camada interna do útero que é sempre renovada nos períodos de menstruação. A doença atinge apenas mulheres em sua fase reprodutiva e pode causar problemas nos ovários, na parte anterior e posterior do útero e também em seus ligamentos, nas trompas, no tecido entre a vagina e o reto, na bexiga, na superfície do reto e na parede da pelve. A doença aparece com bastante frequência. Estima-se que atinja 15% das mulheres entre 15 e 45 anos de idade. Em mulheres com problemas de fertilidade esse índice chega a 70%.

Qual é a causa?

No momento da menstruação, parte do sangue que deve ser eliminado passa pelas trompas e acaba se alojando dentro da barriga. Essas células possuem capacidade de crescimento e multiplicação. Por isso, devem ser eliminadas pelo organismo. Quando o sistema imunológico não é capaz de eliminar essas células, surge a endometriose.

Quais os sintomas?

A endometriose pode causar dores durante as relações sexuais, aumentar as cólicas no período menstrual, gerar dores na barriga da perna e nas costas.

Como fazer o diagnóstico?

A entrevista com a paciente é o primeiro passo para criar a suspeita de endometriose. Relato de cólicas muito fortes no período menstrual e de dor que se irradia para a coxa e para o ânus e até na hora de evacuar ou urinar pode ligar o sinal de alerta. O exame físico com toque ginecológico e retal deve ser feito. Para confirmação, pode ser realizado exame de sangue (Ca-125), a ultrassonografia vaginal e até a ressonância magnética da pelve.

Qual o tratamento?

O principal objetivo do tratamento da endometriose é reduzir os sintomas. Por se tratar de uma doença considerada benigna, a cirurgia deve ser evitada. O tratamento deve ser prescrito de acordo com os objetivos da paciente. A suspensão da menstruação através de hormônios pode ser uma opção para quem não deseja ter filhos. Para quem deseja engravidar, geralmente a cirurgia é a melhor solução.

Possui uma dúvida concreta sobre Endometriose? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Endometriose

Endometriose, doença da mulher moderna, acomete mulheres na idade reprodutiva, geralmente cursa com dor pélvica intensa e cólicas acentuadas durante o período menstrual, dor na relação sexual e dificuldade para engravidar dentre outros sintomas. Em determinados casos, pode ser necessário o tratamento cirúrgico para retirada dos focos da doença para melhora da qualidade de vida e aumento das taxas de sucesso de gravidez. Tratamento cirúrgico deverá ser realizado por equipe com experiência na doença e capacitada em cirurgias laparoscópicas avançadas, uma vez tratar-se de procedimento complexo e delicado.
Marcos Aurélio Martins Travessa
Marcos Aurélio Martins Travessa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião geral, Ginecologista

|

Salvador

Endometriose é a presença de tecido endometrial( camada interna do útero) fora do útero em diversas localizações( ovários, ligamentos uterinos, reto, ureter, bexiga, dentre outras localizações). A paciente pode ter dor pélvica, cisto no ovário, infertilidade. O diagnóstico de certeza é feito por video-laparoscopia,embora os estudos de imagem possam sugerir o diagnóstico. O tratamento pode ser médico, cirúrgico, ou ambos.
Elmar Pequeno Filho
Elmar Pequeno Filho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Fortaleza

A cada dia temos mais certeza que cólica menstrual não é normal. Quando temos experiência com endometriose, valorizamos qualquer dor pélvica durante a menstruação ou não, dor na relação sexual, dor que vem piorando com o decorrer dos anos, dor na região perianal, dor que irradia para coxa. Nesses casos temos que investigar a endometriose, que tem diversas classificações, como: superficial e profunda. Infelizmente, devido ao atraso no diagnóstico, a cada dia vemos mais pacientes com endometriose profunda, com péssima qualidade de vida e sofrendo há anos. Essas pacientes necessitarão de cirurgia com especialista em endometriose profunda, para melhorar os sintomas e tratar a doença.
Dra. Michelly Azevedo Da Motta
Dra. Michelly Azevedo Da Motta Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

É uma doença inflamatória que se caracteriza pela presença do endométrio (tecido de dentro do útero) fora do útero, principalmente na cavidade abdominal e pelve. Acredita -se que 10% da população feminina em idade reprodutiva possa ter endometriose. O principal sintoma é a cólica muito forte durante as menstruações que piora com o passar dos anos, apesar do uso de analgésicos. A paciente pode ter infertilidade, dor na relação sexual, sintomas urinários e intestinais. O Tratamento depende do local de acometimento da endometriose e dos sintomas da paciente. Em alguns casos pode ser usado medicação para controlar a doença, mas os melhores resultados geralmente são após o tratamento cirúrgico.
Dra. Adriana de Mattos Viveiros da Costa Amorim
Dra. Adriana de Mattos Viveiros da Costa Amorim Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Rio de Janeiro

Endometriose é uma doença que vem cada vez mais acometendo mulheres no período mais produtivo da vida e afetando o que elas tem de mais sagrado que é o dom da maternidade e sua qualidade de vida. A Endometriose causa infertilidade, dor pélvica crónica incapacitante e dor sexual. Por essa complexidade, é necessário uma equipe multidisciplinar, coordenada pelo ginecologista com conhecimento profundo da doença, para que se possa abordar todos os aspectos envolvidos pela doença.
Dr. Corival Castro
Dr. Corival Castro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Goiânia

Ver mais

Tem perguntas sobre Endometriose?

Nossos especialistas responderam 198 perguntas sobre Endometriose.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá! Para endometriose grau 4 recomendo tratar com um profissional especializado em endometriose, pois a cirurgia costuma ser de alta complexidade, e precisa ser feita por via laparoscópica ou robótica. Para casos como o seu é fundamental que a primeira cirurgia seja a melhor e mais completa possível, para garantir melhor resultado, maior tempo livre da doença, menor risco de recidiva e melhora mais significativa dos seus sintomas. Os riscos da cirurgia dependem de onde estiver as lesões de endometriose e da experiência da equipe cirúrgica. Procure um especialista para fazer uma avaliação e tirar todas suas dúvidas. Um abraço e boa sorte!

  • 25
  • 24
  • 249
Dr. Sidney Tomyo Nishida Arazawa

Ginecologista

São Paulo

Provavelmente vc deve estar se referindo ao endometrioma ovariano, que é a presença de um cisto de endometriose no ovário. Endometriomas, em geral, não desaparecem sozinhos com tratamentos hormonais. Habitualmente sua remoção é mesmo por cirurgia. Mas isso não quer dizer que vc precise fazer a cirurgia antes de engravidar. Vc pode ir tentando sua tão sonhada gravidez ao mesmo tempo que planeja o tratamento da endometriose. Faça o acompanhamento regular com seu ginecologista!

  • Obrigado 9
  • 1 especialista está de acordo
  • 148
  • 34
  • 311
Dr. Ruy de Oliveira Machado Jr Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Olá. Geralmente o endometrioma de parede é acompanhado de dor pélvica na cicatriz. O endometrioma geralmente é mais profundo sendo mais palpável ao exame físico do que visto. A ausência de dor não descarta endometrioma. Se for superficial, discuta com o seu médico a retirada desse nódulo para anatomo-patológico.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 287
  • 133
  • 126
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

A menstruação deveria ter ocorrido após a interrupção do uso do Allurax. Vc terá que investigar o que está acontecendo. Procure um ginecologista pois vc necessitará fazer alguns exames de sangue e de ultrassonografia.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
  • 196
  • 80
  • 831
Dra. Marisabel Boere de Moraes Reis Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Salvador

Marcar consulta

Ver as 198 perguntas sobre Endometriose