Transtornos Fóbicos - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Transtornos Fóbicos

Os especialistas falam sobre a Transtornos Fóbicos

A característica principal é a presença de uma ansiedade intensa desencadeada por situações determinadas que não represente algum perigo real. Essas situações ou objetos são evitados ou suportados com extremo sofrimento. A intensidade da ansiedade também pode variar de um simples desconforto a uma sensação de pavor absurdo. A sensação é tão intensa e verdadeira que não pode ser aliviada pelo reconhecimento de que outras pessoas não a consideram ameaçadora ou perigosa. A ansiedade antecipatória pode ocorrer em todos os Transtornos Fóbico-Ansiosos, gerando um quadro ansioso antes mesmo que a pessoa se depare com a situação disparadora do medo e geralmente estas situações são evitadas.
Dra. Betânia Tassis
Dra. Betânia Tassis Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

|

Rio de Janeiro

A fobia é caracterizada por um medo, um estado de ansiedade muito acentuado. A hipnose por excelência é uma das melhores formas para tratamento, sendo usada, estatisticamente entre 8 a 12 sessões, com bons resultados. Porem o número de sessões varia de caso para caso. O objetivo da hipnoterapia é “remover” o medo subconsciente. No tratamento, o paciente descobre as causas da fobia e o hipnoterapeuta faz uma ressignificação do medo, mudando a compreensão e o aspecto de negativo para positivo. Através de sugestões se muda muda a percepção consciente do paciente, à partir da ressignificação do inconsciente e dá um novo significado para aquela situação vivenciada.
Victor Lawrence Bernardes Santana
Victor Lawrence Bernardes Santana Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

|

Uberlândia

Medo irreal e desproporcional de objetos, animais, coisas e lugares, podendo levar a estagnação e incapacitação de atividades. Comumente, estes objetos são representações de experiências traumáticas ou mal assimiladas na infância e nos primeiros anos de formação da mente e das emoções (psique humana). É preciso desvendar esses motivos simbólicos e dar novo destino aos sentimentos e interpretações. A fobia se dilui com o manejo clínico a seu tempo.
Eliezer Zulianeli Andrade
Eliezer Zulianeli Andrade Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista

|

Natal

Ver mais

Tem perguntas sobre Transtornos Fóbicos?

Nossos especialistas responderam 6 perguntas sobre Transtornos Fóbicos.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Olá! O diagnóstico para os seus sintomas só poderá ser feito por um profissional. Seja fobia social, ou outro transtorno, o profissional irá desenvolver com você o melhor tratamento. Não deixe de procurar ajuda, quanto antes começar o seu tratamento, melhor.

  • 7
  • 10
  • 7
Renata Gomes Netto

Psicóloga

Paracatu

Se vc está com medo de ficar doente, acha que está doente, percorre diversos médicos, realiza diversos exame e nada é diagnosticado, o problema pode estar na somatização , quando a boca cala o corpo fala! Explicando melhor, o indivíduo transfere para o corpo em forma de doença mesmo que inconsciente suas dificuldades de lidar com o mundo externo seja por um trauma, medo, frustração, culpa, insegurança'. Os sintomas podem aparecer da forma mais variada possível, como dores no corpo, problemas digestivos, dificuldades com sono, alimentação, dor no peito, nó na garganta, dores de cabeça entre outros. È uma busca interminável, peregrinação em diversas especialidades médicas, diversos exames e a resposta é a mesma. Nada aparece de errado nos exames. O indivíduo não conformado com os resultados e certo de que esta gravemente doente, busca orientação psicológica. A psicoterapia pode ajudar a se desligar do sofrimento desnecessário e dar um novo significado de si mesmo.

  • 2
  • 5
  • 5
Tatiana Montiel

Psicóloga, Terapeuta alternativa

Rio de Janeiro

Procure por um psicólogo, pois há tratamento para o seu problema. A psicoterapia irá auxiliá-la na resolução de questões que você não está conseguindo resolver sozinha, portanto busque ajuda de um profissional capacitado. Boa sorte!

  • 15
  • 9
  • 3
Thaís M.F.Reis Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

São Paulo

O grupo de transtornos fóbicos é o mais comum na população geral. Você e mais milhões de pessoas sofre com isso. No caso do medo de avião, existem uma série de possibilidades de planos terapêuticos, como por exemplo: medicações, psicoterapia psicodinâmica, terapia cognitivo comportamental, hipnose, biofeedback etc. Procure um médico psiquiatra ou um psicólogo para realizar a primeira avaliação. Respeitosamente,

  • 208
  • 565
  • 2136
Dr. Fábio José Pereira da Silva Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 6 perguntas sobre Transtornos Fóbicos