Para que serve Ascaridil

Contra-indicação
Hipersensibilidade ao levamisol. Não há outras contra-indicações absolutas ao uso do ASCARIDIL*.


Indicações de Ascaridil
Terapêutica especifica da ascaridíase.


Princípios ativos Ascaridil

Composição
Cada comprimido de 150 mg contém: Cloridrato de levamisol 150 mg. Excipientes: Amido, lactose, polivinilpirrolidona, estearato de magnésio. Cada comprimido de 80 mg contém: Cloridrato de levamisol 80 mg. Excipientes: Lactose, sacarina sódica, ciclamato de sódio, celulose microcristalina, amido, corante vermelho ponceau 4R, estearato de magnésio, talco.


Considerações Ascaridil

Informações ao Paciente
Cuidados de conservação: Conservar em temperatura ambiente (temperatura entre 15ºC e 30ºC). Proteger da luz e umidade. Prazo de validade: Verifique na embalagem externa se o medicamento obedece ao prazo de validade. Não utilize o medicamento se o prazo de validade estiver vencido. Contra-indicação: Não tome ASCARIDIL* se você tiver sensibilidade exacerbada (alergia) ao medicamento. Gravidez e amamentação: No caso de gravidez, ou se você estiver pretendendo ficar grávida, consulte seu médico. Ele decidirá se você pode tomar ASCARIDIL*. Não tome ASCARIDIL* se você está amamentando. Siga corretamente as recomendações do seu médico. Efeitos sobre a capacidade de dirigir e operar máquinas: Geralmente não há problemas sobre a capacidade de dirigir e operar máquinas, a menos que você sinta tonturas. Cuidados na administração: Tome o medicamento preferencialmente ao deitar-se. Não há necessidade de ingerir laxantes. Não é necessário seguir qualquer dieta alimentar. Após a administração de ASCARIDIL*, a eliminação dos vermes se faz dentro de 24 a 48 horas. Efeitos colaterais: ASCARIDIL* é em geral muito bem-tolerado. Contudo podem ocorrer dor de cabeça, tontura, palpitações, náuseas, diarréia, vômito, cólicas, insônia e febre, que costumam desaparecer espontaneamente. Seu médico deve ser informado da ocorrência destes sintomas quando se mostrarem muito incômodos. Se você notar perda de memória, confusão ou redução da consciência, geralmente dentro de algumas semanas após o tratamento, contacte seu médico imediatamente. Você deve informar a seu médico a ocorrência de quaisquer outros efeitos colaterais. Interação com o álcool: Você não deve ingerir álcool se está tomando ASCARIDIL*, pois podem ocorrer efeitos indesejáveis (por exemplo, náuseas e vômito). Precauções: Você não deve tomar ASCARIDIL* em quantidades maiores que as recomendadas pelo seu médico. Superdose: Contacte seu médico imediatamente caso tenha ingerido acidentalmente quantidades maiores de ASCARIDIL*. Os possíveis sinais são: sensação de sonolência, confusão, tontura, dor de cabeça, espasmos musculares e distúrbios de digestão, tais como diarréia, náuseas e vômito. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças. Não tome remédio sem o conhecimento de seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.


Informações Técnicas
A ascaridíase, infestação causada pelo Ascaris lumbricoides, por sua alta incidência, ocupa posição de destaque entre as verminoses intestinais que acometem a população brasileira podendo determinar incapacidade física, tanto em adultos como em crianças. A infestação maciça desta verminose e a eventual migração de vermes para as vias biliares e pancreáticas podem causar complicações graves do tipo obstrutivo. Estas situações, além de comprometerem seriamente o estado de saúde dos pacientes, podem submetê-los a risco de vida. Trata-se, portanto, de verminose que deve merecer a maior atenção e medidas especiais profiláticas e terapêuticas que possibilitem sua completa erradicação, seja no campo pediátrico, seja na clínica de adultos. ASCARIDIL*, medicação específica para cura de ascaridíase, constitui notável progresso na terapêutica das verminoses. A par de sua eficácia, virtualmente em torno de 100%, a dose única de apenas 1 comprimido para adultos ou 1 comprimido para crianças determina a eliminação total dos vermes dentro de 24-48 horas, sem causar efeitos colaterais dignos de nota. Com exceção de discretos sintomas gastrintestinais em pacientes hipersensíveis, ASCARIDIL* é isento de qualquer efeito indesejável sobre tecidos nobres, tais como hepático, renal ou hematopoético. Pesquisas clínicas, realizadas em vários centros médicos de diversas regiões do país vieram demonstrar que, ao lado de sua especificidade, eficácia, ausência de efeitos secundários e praticidade, ASCARlDlL* apresenta inegável superioridade sobre as drogas existentes para o tratamento da ascaridíase.


Interações Medicamentosas
Usar com cuidado em associação a medicamentos que afetam a hematopoese. Reações tipo dissulfiram foram descritas com o uso de álcool.


Laboratório
Cilag Farmacêutica Ltda.
Remédios da mesma Classe Terapêutica Alben, Amplium, Averpan, Bendrax, Bentiamin


Modo de Usar
Dose única: Lactentes até 1 ano: 40 mg (1/2 comprimido para crianças). Crianças de 1 a 7 anos: 80 mg (1 comprimido para crianças). Crianças acima de 7 anos e adultos: 150 mg (1 comprimido para adultos). Não há necessidade do uso concomitante de laxativos nem de qualquer restrição alimentar, podendo ser tomado a qualquer hora. Entretanto para maior conveniência do paciente, recomenda-se sua administração preferencialmente ao deitar.


Precauções
Gestação: Não deve ser administrado a gestantes, a menos que os benefícios potenciais justifiquem os riscos. Lactação: Devido aos riscos de efeitos colaterais nas crianças, a interrupção da amamentação ou do ASCARIDIL* deve ser decidida pelo médico, levando-se em conta a importância do medicamento para a mãe.


Superdosagem
Os seguintes efeitos tóxicos foram observados com doses superiores a 600 mg de levamisol: náuseas, letargia, cãibras, diarréia, cefaléia, vômito, vertigem, confusão. Uma possível atividade anticolinesterásica deve ser compensada com atropina. Pressão arterial e respiração devem ser controladas; não se deve administrar sedativos. As parasitoses intestinais são amplamente difundidas em todas as classes sociais, acometendo tanto adultos como crianças. Consulte regularmente seu médico. Siga corretamente o modo de usar; não desaparecendo os sintomas procure orientação médica.


Efeitos adversos Ascaridil

Advertências
Administração de levamisol deve ser feita com cuidado em associação a produtos lipofílicos como: tetracloreto de carbono, tetracloroetileno, clorofórmio ou éter. O uso do levamisol como imunomodulador pode provocar reações alérgicas, incluindo leucopenia. A dose recomendada não deve ser ultrapassada.


Efeitos Colaterais de Ascaridil
Em doses muito elevadas, efeitos tais como cefaléia, insônia, vertigem, convulsões, palpitações e transtornos gastrintestinais (náuseas; diarréias, vômitos e cólicas) podem ocorrer, porém desaparecem espontaneamente. Em casos de microfilariose concomitante, pode ocorrer febre. Casos raros de encefalopatia do tipo incidência tardia têm ocorrido. Foram reversíveis em sua maioria e um tratamento imediato com corticosteróides pode trazer algum beneficio. A relação com ASCARIDIL* ainda não foi definitivamente estabelecida.


Apresentações de Ascaridil

Ascaridil Apresentações
Comprimidos de 150 mg (adultos):Embalagem com 100 comprimidos. Comprimidos de 80 mg (crianças): Embalagem com 100 comprimidos. * Marca de Indústria e Comércio. Serviço de atendimento ao consumidor 0800-118514. CILAG FARMACÊUTICA Ltda.


Tem perguntas sobre Ascaridil?

  • Pergunte gratuitamente a milhares de especialistas registrados em Doctoralia.
  • Os profissionais especialistas em Ascaridil receberão sua pergunta e responderão.

A sua pergunta se publicará de forma anônima.

Últimas mensagens no fórum Ascaridil

Gostaria de compartir com outros usuários alguma experiência relacionada com Ascaridil? Visite fórum de Ascaridil ou inicie um novo tema
Especialistas relacionados: Gastroenterologistas