Bisolvon

Tudo sobre Bisolvon

Para que serve Bisolvon

Indicações de Bisolvon
Como terapêutica secretolítica e expectorante nas afecções broncopulmonares agudas e crônicas, associadas a secreção mucosa anormal e a transtornos do transporte mucoso.


Contra-Indicações de Bisolvon
Hipersensibilidade conhecida à bromexina e a outros componentes da fórmula.


    Princípios ativos Bisolvon

    Composição
    Xarope expectorante: Cada 10 ml (1 copo-medida) contém: Cloridrato de bromexina, 8 mg. Excipientes: Acido tartárico, ácido benzóico, carboximetilcelulose sódica, glicerina, sorbitol a 70%, aroma de frutas 52504 T, álcool etílico, água desionizada. Solução expectorante: Cada ml (15 gotas) contém: Cloridrato de bromexina, 2 mg. Excipientes: Acido tartárico, metilparabeno, água desionizada.


    Considerações Bisolvon

    Como Usar (Posologia)
    Xarope expectorante: Adultos e crianças acima de 12 anos: 1 copo-medida (10 ml), 3 vezes ao dia. Crianças de 6 a 12 anos: 1/2 copo-medida (5 ml), 3 vezes ao dia. Crianças de 2 a 6 anos: 1/4 copo-medida (2,5 ml), 3 vezes ao dia. Crianças menores de 2 anos: 1/8 copo-medida (1,25 ml), 3 vezes ao dia. Solução expectorante: O novo frasco de BISOLVON vem acompanhado de um moderno tipo de gotejador, de fácil manuseio: basta colocar o frasco em posição vertical deixar escorrer a quantidade desejada de gotas. Adultos e crianças acima de 12 anos: 4 ml (60 gotas), 3 vezes ao dia. Crianças de 6 a 12 anos: 2 ml (30 gotas), 3 vezes ao dia. Crianças de 2 a 6 anos: 20 gotas, 3 vezes ao dia. Crianças menores de 2 anos: 10 gotas, 3 vezes ao dia. 1.Romper o lacre da tampa. 2.Virar o frasco. 3. Deixar o frasco na posição vertical. Para começar o gotejamento, bater levemente com o dedo no fundo do frasco.


    Gravidez e Lactação
    Estudos pré-clínicos e a ampla experiência clínica disponível não evidenciaram efeitos prejudiciais durante a gravidez. Mesmo assim, devem ser observadas as precauções habituais a respeito do uso de fármacos durante a gravidez, sobretudo durante o primeiro trimestre. Bromexina ou seus metabólitos passam para o leite materno, pelo que deve ser evitado o uso do produto em mulheres que estejam amamentando.


    Inalação
    Adultos: 4 ml (60 gotas), 2 vezes ao dia. Crianças acima de 12 anos: 2 ml (30 gotas) , 2 vezes ao dia. Crianças de 6 a 12 anos: 1 ml (15 gotas), 2 vezes ao dia. Crianças de 2 a 6 anos: 10 gotas, 2 vezes ao dia. Crianças menores de 2 anos: 5 gotas, 2 vezes ao dia. É aconselhável aquecer a solução inalatória à temperatura corporal antes de se iniciar a inalação. Aos pacientes com asma brônquica recomenda-se iniciar a inalação após a administração da medicação broncoespasmolítica habitual. As gotas podem ser diluídas em uma solução salina fisiológica, numa proporção de 1:1. Para evitar uma precipitação, a solução deve ser inalada imediatamente após a mistura. A aplicação combinada de inalação com uso oral do produto intensifica o efeito e é particularmente útil para os casos em que se deseja obter um efeito rápido. Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.


    Informações ao Paciente
    Conservar o medicamento em lugar fresco e seco, ao abrigo da luz. O prazo de validade do xarope expectorante e da solução expectorante é de 48 meses. Não tome medicamentos com o prazo de validade vencido. BISOLVON é um expectorante que facilita a remoção das secreções mucosas dos brônquios, aliviando consideravelmente a função respiratória. Com uso oral, o efeito inicia-se dentro de 5 horas. Com inalação, o efeito instala-se mais rapidamente, dentro de 15 a 20 minutos. Não usar o produto durante os primeiros três meses de gravidez. Mulheres que estejam amamentando devem evitar o uso do produto. Não se conhece incompatibilidade com outros medicamentos. Como efeitos colaterais, podem ocorrer manifestações gastrintestinais e reações alérgicas. Se ocorrerem reações desagradáveis graves, procure orientação médica. Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.


    Informações Técnicas
    BISOLVON é um secretolítico broncopulmonar com características terapêuticas originais. Por um lado, promove ação secretomotora com aumento da quantidade de expectoração. Por outro lado, pela sua ação secretolítica, produz a fluidificação das secreções mucosas espessas contidas na árvore traqueobrônquica, por redução da viscosidade do muco, facilitando com isto a expectoração e aliviando a tosse. A ação terapêutica plena é alcançada ao cabo de alguns dias de administração, pelo que se aconselha não interromper a terapêutica precocemente. Nos casos crônicos é necessário instituir um tratamento prolongado.


    Interações Medicamentosas
    Desconhecem-se interações prejudiciais. A administração de bromexina juntamente com antibióticos (amoxicilina, cefuroxima, eritromicina, doxiciclina) produz concentrações antibióticas mais elevadas no tecido pulmonar.


    Laboratório
    Boehringer Ingelheim
    Remédios da mesma Classe Terapêutica Aero-clenil, Ambroten, Astramorph, Berotec, Bronco-ped


    Observação
    Convém lembrar aos pacientes que durante o tratamento há de se esperar um aumento da secreção brônquica. Não existem restrições ou precauções especiais para o uso do produto em pacientes com idade acima de 65 anos.


    Superdosagem
    Desconhecem-se casos de superdosagem e reações adversas graves. Entretanto, se ocorrerem, recomenda-se um tratamento sintomático. Para sua segurança, mantenha esta embalagem até o uso total do medicamento. BOEHRINGER INGELHEIM do Brasil Química e Farmacêutica Ltda.


    Efeitos adversos Bisolvon

    Efeitos Colaterais de Bisolvon
    BISOLVON é geralmente bem-tolerado. Como efeitos colaterais, foram relatadas manifestações gastrintestinais leves. Em raros casos podem ocorrer reações alérgicas, sobretudo erupções cutâneas.


    Apresentações de Bisolvon

    Bisolvon Formas Farmacêuticas e Apresentações
    Xarope expectorante: Frasco com 120 ml. Solução expectorante: Frasco com 50 ml.


    Tem perguntas sobre Bisolvon?

    • Pergunte gratuitamente a milhares de especialistas registrados em Doctoralia.
    • Os profissionais especialistas em Bisolvon receberão sua pergunta e responderão.

    A sua pergunta se publicará de forma anônima.

    • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
    • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
    • Seja breve e conciso.
    • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
    • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

    Nossos especialistas responderam 4 perguntas sobre Bisolvon. Estas são as mais populares:

    Posso fazer inalação com bisolvon estando usando berotec?

    Resposta de Prof. Luiz Querino de Araujo Caldas: Desconheco o uso inalatorio do cloridrato de brome...

    Para usar bisolvon para inalação,devo colocar com quantos ml de soro(criança de 5 anos) .?

    Resposta de Prof. Luiz Querino de Araujo Caldas: Use conforme instrucoes de bula

    Ver as 4 perguntas sobre Bisolvon

    Últimas mensagens no fórum Bisolvon

    Gostaria de compartir com outros usuários alguma experiência relacionada com Bisolvon? Visite fórum de Bisolvon ou inicie um novo tema

    Especialistas relacionados: Alergistas, Pneumologistas