Perguntas sobre Fluoxetina

Perguntas sobre Fluoxetina

65Perguntas

154Respostas

37Especialistas de acordo

422Pacientes agradecidos

A Fluoxetina pode causar, em raros casos, embaçamento visual. Assim como outros antidepressivos inibidores da recaptação da serotonina, a Fluoxetina pode alterar a pressão intra-ocular em pessoas predispostas, principalmente se apresentarem glaucoma de ângulo fechado. Sugiro conversar com seu psiquiatra e passar em avaliação oftalmológica.

  • 3
  • 3
  • 7
Maíra Della Monica Machado Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

São José dos Campos

Ver as 4 respostas

Existem opções de medicamentos, como a desvenlafaxina, agomelatina ou bupropiona, por exemplo, que podem trazer benefícios equivalentes ou até mesmo superiores à fluoxetina, sem efeitos colaterais sobre a libido. Alguns tratam apenas quadros depressivos, outros também quadros de ansiedade. É muito importante que você se sinta à vontade para discutir essa questão com o seu médico. Atualmente o conceito de escolha informada se refere ao cuidado do profissional ao compartilhar informações sobre os prós e contras de diversas opções de tratamento de forma que os pacientes possam participar ativamente do processos de decisão. Isso deve ser feito de maneira habilidosa para não sobrecarregar o paciente com informações e o médico precisa deixar muito claro qual é o seu ponto de vista. Respeitam-se os princípio de autonomia do paciente em contraposição a posturas paternalistas e autoritárias, que cada vez mais se mostram ultrapassadas e anacrônicas.

  • Obrigado 8
  • 1 especialista está de acordo
  • 164
  • 295
  • 578
Dr. Fábio Fonseca Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Campinas

Ver as 4 respostas

Consulte seu médico assistente. É um medicamento relativamente seguro, mas somente ele poderá liberá-la ao uso. Att.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
  • 921
  • 1465
  • 1572
Dr. Hugo Leonardo Rodrigues Soares

Psiquiatra

Ver as 4 respostas

Caro paciente, Não de forma tóxica. O tratamenro da síndrome do pânico e mesmo da depressão psicótica passa por um antidepressivo (fluoxetina) , estabilizador do humor/antipsicotico (olanzapina) e um ansilolítico , em geral , usado somente na crise aguda (lorazepan). Rotineramente utilizados em conjunto, no mundo todo, considero seu uso seguro e eficaz. Cada pessoa apresenta um sistema diferente, com milhoes de variaveis, portanto sujeito a ter efeitos colaterais frequentes, porém de intensidade muito leve, que não justifica a interrupção do tratamento. OBS- A bula, no Brasil, é de exclusiva responsabilidade da indústria farmacêutica, e muitas não corresponde a realidade. Ela é sim, uma declaração de ausência de culpa na presença de efeitos adversos. Sugiro sempre consultar o FDA.org, onde lá , eles realizam testes independentes com voluntários pagos para se constatar a real incidência de efeitos colaterais.

  • 29
  • 16
  • 68
Dr. Eric Grossi Morato Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurocirurgião, Neurologista

Belo Horizonte

Marcar consulta

Ver as 4 respostas

Olá, medicações podem potencializar efeitos ou inibi los, nesse caso podem aumentar efeitos dos dois medicamentos e devem ser avaliados caso a caso , sendo que na maioria das vezes se escolhe um e sua associação se dá como alternativa

  • 255
  • 67
  • 173
Jose Juarez De Oliveira Junior Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Barueri

Marcar consulta

Ver as 4 respostas

Estudos recentes tem demonstrado que alguns antidepressivos podem dar o drive necessário para o suicídio nas pessoas que tenham a ideação com muita apatia. São efeitos possíveis, especialmente em adulto jovem ou em ideações/tentativas prévias, ocorrendo nas primeiras semanas após o início do tratamento e tendem a melhorar conforme o remédio tenha sua ação. Também é possível uma piora inicial dos sintomas ansiosos ou agravamento do quadro depressivo no início do tratamento. Não é frequente a ideação suicida causada pela medicação, mas é possível. Acredito que o medo de ter tais pensamentos sejam muito maiores do que realmente vir a tê-los, mas isso precisa ser compartilhado com o seu médico.

  • 39
  • 35
  • 59
Dr. Luís Guilherme De Oliveira Labinas Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

São José dos Campos

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Olá...existem opções de fluoxetina em gotas, 01 mg/gota . como exemplo posso sitar o daforin. O sabor não é uma maravilha mas se você tem problemas para ingerir as cápsulas, pode ser que tolere bem às opções em gotas...solicite ao seu médico a substituição...abçs

  • Obrigado 3
  • 1 especialista está de acordo
  • 3
  • 1
  • 9
Dr. Marcello Rocha Miranda de Andrade Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Rio de Janeiro

Ver as 3 respostas

Sim, é comum no início do tratamento. Você está em fase de adaptação com a Fluoxetina, tenha paciência! Sintomas residuais, por exemplo a dor no peito, podem acontecer nesta fase, tente fazer atividade física, vai ajudar bastante!

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
  • 1717
  • 320
  • 1775
Marcelo Marui Biondo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

De fato é comum no começo do tratamento com os inibidores seletivos da recaptação de serotonina, classe de medicamentos da qual a fluoxetina faz parte, ocorrerem efeitos colaterais que são percebidos como uma piora do quadro. Normalmente esses efeitos são transitórios e não costumam durar tanto tempo. Além disso, sem uma avaliação clínica e um exame físico não é possível simplesmente atribuí-los a ansiedade. Sugiro procurar seu médico para uma nova avaliação.

  • 12
  • 24
  • 140
Dr. Marcos Clint Leal Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Fortaleza

Ver as 3 respostas

Prezada Paciente, Embora a serotonina possa reduzir o apetite nos primeiros meses de tratamento, é possível que haja ganho de peso. Discuta essa questão com o Especialista que a acompanha. Um abraço da Dra. Andrea Della Fávera.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 133
  • 115
  • 596
Dra. Andrea Della Favera Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra, Terapeuta alternativa

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia:

Tem perguntas sobre Fluoxetina?

Nossos especialistas responderam 65 perguntas sobre Fluoxetina.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.