Perguntas sobre Fluoxetina

Tem perguntas sobre Fluoxetina?

  • Pergunte gratuitamente a milhares de especialistas registrados em Doctoralia.
  • Os profissionais especialistas em Fluoxetina receberão sua pergunta e responderão.

A sua pergunta se publicará de forma anônima.

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Perguntas sobre Fluoxetina

4Perguntas

9Respostas

4Especialistas de acordo

5Pacientes agradecidos

Consulte seu médico assistente.

É um medicamento relativamente seguro, mas somente ele poderá liberá-la ao uso.

Att.

Ver as 3 respostas

Concordo com o colega, e acrescento que existem diversos laboratórios que comercializam o cloridrato de fluoxetina. A maioria de fato comercializa em forma de cápsula, mas existe a possibilidade do uso em gotas (já citada pelo colega), e a fórmula em comprimidos (que geralmente são muito menores que as cápsulas). Um exemplo seria o medicamento Verotina.

Respeitosamente,

Dr. Fábio José Pereira da Silva
  • 121
  • 126
  • 367

Dr. Fábio José Pereira da Silva

Psiquiatra

São Paulo

Ver as 2 respostas

Os inibidores seletivos de recaptação de Serotonina (Fluoxetina, Sertralina, Citalopram, Escitalopram, Fluvoxamina, Paroxetina, Fluvoxamina) são usados no tratamento de diversos transtornos psiquiátricos, indo desde os transtornos de Humor (Como a depressão), passando pelos transtornos de ansiedade (Transtorno do Pânico, Transtorno de Ansiedade Generalizada, Transtorno do Estresse Pós Traumático, Transtornos Fóbicos), Transtorno Obsessivo Compulsivo, Transtornos Alimentares (Bulimia Nervosa e Anorexia), além de alguns outros transtornos. No entanto existem características farmacológicas, de perfil de ação e perfil de efeitos adversos que vão fazer o seu médico escolher um remédio em relação à outro. Um abraço! Luiz Dieckmann

Dr. Luiz Henrique Junqueira Dieckmann
  • 173
  • 646
  • 1114

Dr. Luiz Henrique Junqueira Dieckmann

Psiquiatra

São Paulo

Ver as 2 respostas

Converse com o médico que prescreveu a Fluoxetina, em quase todas situações o uso dela deve ser contínuo, dependendo do diagnóstico da sua doença. Lembrar que todas as medicações podem sim reagir com o álcool devido a metabolização hepática.
Atenciosamente.
Dra. Karina

Ver as 2 respostas

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia: