Perguntas sobre Rivotril

Tem perguntas sobre Rivotril?

  • Pergunte gratuitamente a milhares de especialistas registrados em Doctoralia.
  • Os profissionais especialistas em Rivotril receberão sua pergunta e responderão.

A sua pergunta se publicará de forma anônima.

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Perguntas sobre Rivotril

76Perguntas

132Respostas

51Especialistas de acordo

212Pacientes agradecidos

Pode afetar sim.

Att.

Ver as 4 respostas

O popularmente chamado distúrbio neurovegetativo é um tipo de Transtorno de Somatização, em que sintomas físicos tem como origem alterações emocionais. O diagnóstico é feito após afastar possíveis causas orgânicas compatíveis com os sintomas. O uso de benzodiazepínicos como o Rivotril (cujo princípio ativo é o clonazepam) tem papel sintomático, aliviando momentaneamente o sofrimento.
Na maior parte dos distúrbios neurovegetativos o tratamento de escolha é a psicoterapia, tendo as medicações um papel secundário. Por isso recomendo que busque um profissional capacitado em psicoterapia.
Além disso, se pretende engravidar, é recomendado evitar o uso de Rivotril no início e no fim da gestação.

Respeitosamente,

Dr. Fábio José Pereira da Silva
  • 175
  • 244
  • 629

Dr. Fábio José Pereira da Silva

Psiquiatra

São Paulo

Ver as 3 respostas

O desmame deve ser supervisionado deve ser reduzida a dose gradualmente com anuência de seu médico assistente.
Att

Ver as 3 respostas

Procure seu médico e discuta as possibilidades de tratamentos medicamentosos e não medicamentosos durante a gestação.

Respeitosamente,

Dr. Fábio José Pereira da Silva
  • 175
  • 244
  • 629

Dr. Fábio José Pereira da Silva

Psiquiatra

São Paulo

Ver as 3 respostas

O tempo é variável de dias até semanas.
A duração dos sintomas de abstinência irá depender de características pessoas ligadas aos mecanismos farmacológicos de tolerância/dependência ao fármaco.

Respeitosamente,

Dr. Fábio José Pereira da Silva
  • 175
  • 244
  • 629

Dr. Fábio José Pereira da Silva

Psiquiatra

São Paulo

Ver as 3 respostas

Concordo com os colegas.
Acrescentaria aos que não conhecem a medicação, que o clonazepam é o princípio ativo presente no medicamento Rivotril, princípio ativo que pertence a classe farmacológica dos benzodiazepínicos.

Respeitosamente,

Dr. Fábio José Pereira da Silva
  • 175
  • 244
  • 629

Dr. Fábio José Pereira da Silva

Psiquiatra

São Paulo

Ver as 3 respostas

Cada gota segundo a bula oficial do medicamento possuem 0,1 mg.

Existem 3 tipos de clonazepam comercializados na forma de comprimidos.

0,25 mg sublingual, 0,5 mg e 2 mg

Comprimido de 0,5= 5 gts

Comprimido de 2 mg=20 gts

0,25 a absorção é subilingual

Att

Ver as 3 respostas

Principalmente os inibidores seletivos da recaptação de serotonina. Att.

Ver as 3 respostas

No início do tratamento com fluoxetina e os outros medicamentos da mesma classe grande parte dos pacientes apresentam efeitos colaterais desagradáveis. Em pacientes com diagnóstico de transtornos de ansiedade o efeito colateral é um paradoxo, pois normalmente , no início, aumentam as sensações ruins ao invés de apresentar melhora. Entretanto com a continuidade do tratamento o efeito desagradável desaparece e o efeito terapêutico vem à tona, cerca de 14 a 21 dias.
O rivotril é um medicamento que só é paliativo no caso dos transtornos de ansiedade, ou seja, trata somente os sintomas, sem tratar a doença. Se o seu médico precreveu ambos, no início do tratamento é comum os pacientes necessitarem de um ansiolítico, como o rivotril, para tolerar assim os efeitos colaterais dos antidepressivos.Informe ao seu médico se os efeitos colaterais iniciais da fluoxetina forem intoleráveis, entretanto não interrompa o tratamento sem o conhecimento dele. Att.

Dra. Camila Passos de Souza
  • 36
  • 40
  • 25

Dra. Camila Passos de Souza

Psiquiatra

Curitiba

Ver as 2 respostas

O Rivotril, cujo princípio ativo é o clonazepam, é um medicamento da classe dos benzodiazepínicos (BZD). Devido suas características farmacológicas pode ocasionar síndrome de dependência.
Depois que a dependência está instalada, poderá ocorrer síndrome de abstinência na retirada do medicamento.
A abstinência varia em duração e gravidade:
a) Quanto menor a meia vida do BZD, mais rápido será o aparecimento dos sintomas de abstinência.
b) Quanto mais potente o BZD, maior o risco de desenvolver abstinência.
c) Quanto maior a dose utilizada, maior o risco de abstinência.
d) Quanto maior o tempo de uso do BZD, maior o risco de abstinência.
e) Gravidade da dependência.

Geralmente a abstinência aos BZDs segue, em termos temporais, a seguinte ordem:
1- Início: 2-3 dias.
2- Pico dos sintomas: no 7º dia.
3- Redução à remissão: 2ª a 4ª semanas.

Raramente os sintomas passam de 4 semanas.Caso ocorra, como parece ser o seu caso, consulte novamente o seu médico.

Respeitosamente,

Dr. Fábio José Pereira da Silva
  • 175
  • 244
  • 629

Dr. Fábio José Pereira da Silva

Psiquiatra

São Paulo

Ver as 2 respostas

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia: