Respostas de Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos - Belo Horizonte

211 Respostas

52 Especialistas de acordo

258 Pacientes agradecidos

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

O uso do anticoagulante seja ele a heparina ou anticoagulantes de baixo peso como o clexane, não é garantia de sucesso na gestação de uma trombofílica. Mas temos conhecimento de vários casos bem sucedidos com o uso de um anticoagulante na gestação. O risco de prematuridade parece não aumentar com o uso do medicamento. No seu caso, os benefícios superam os riscos do uso do medicamento.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

A principio a histerectomia não estaria indicada. No caso do pólipo retirado apresentar alguma atipia no exame anatomopatologico ou o endométrio apresentar hiperplasia atípíca, aí sim estaria indicada a histerectomia. Caso contrário, a histeroscopia cirúrgica seria a melhor opção de tratamento.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

As formas mais comuns de histerectomia atualmente são pela via abdominal, pela via vaginal e pela via laparoscopica. Tudo irá depender da experiência do cirurgião com cada uma das vias e do quadro clínico da paciente. O tamanho do útero, o tipo de patologia benigna ou maligna e a presença ou não de prolapso uterino, são essencias na escolha da via. Como tudo em medicina deverá ser analisado de forma personalizada.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

Usualmente sessenta dias você já póderá iniciar o ciclismo.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

As principais complicações acontecem até 15 dias após a cirurgia. A deambulação precoce e os cuidados com a cicatriz cirúrgica evitam algumas complicações. No seu caso verificar se não está anêmica e tratar uma possivel anemia, também poderá ajudar na sua recuperação.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

Não. O procedimento é realizado com anestesia.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

A sexualidade não muda após a histerectomia. Muito pelo contrário, algumas mulheres relatam que ficaram mais relaxadas e tiveram orgasmos mais intensos depois da cirurgia, devido a ausência do risco de gravidez.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

Não. É uma lesão tipicamente benigna.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

Um tumor maligno da mama, mesmo com o tratamento, jamais irá mudar sua classificação para benigno.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

O melhor período é entre 22 e 23 semanas. Como 25 semanas ainda é possivel, mas algumas avaliações podem perder qualidade.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

A mancha branca pode ser uma alteração colposcopica que necessitará de uma biópsia para o diagnóstico. A lesão poderá ser desde uma metaplasia escamosa jovem a uma leucoplasia ou epitélio acetobranco que deverá ser biopsiada. Neste caso, o resultado do anatámopatológico que irá definir se a lesão é benigna, pré-maligna ou maligna.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

Tudo vai depender da idade gestacional e do critério utilizado para o diagnóstico. Existem diferentes níveis de
oligohidrâmnio, mas se confirmada pode estar associado a uma restrição de crescimento do feto e insuficiência da placenta, muito comum em casos de hipertensão na gravidez. Quando aparece muito precoce na gestação pode esta associado com alguma anomalia congênita do sistema urinário do feto. O fatp vai exigir um controle mais frequente do seu obstetra e ultrassonografista.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

60 dias.

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

O granuloma é uma reação exacerbada do organismo a um corpo estranho. Na histerectomia pode ser formado devido a uma reação acentuada do organismo na cicatrização. Pode ser motivada pelo fio de sutura utilizado no fechamento da cúpula vaginal. Excluindo-se algum processo infeccioso, a cauterização do granuloma, normalmente, tem boa evolução com remissão dos sintomas.

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

A retirada do útero em mulheres que tinham menstruação não indicaria de imediato a reposição hormonal. Entretanto a falência dos ovários pode ser antecipada pela Histerectomia . A alteração na dosagem de hormônios no sangue e o aparecimento de sintomas que indicam falta de estrogênios podem indicar o uso da reposição hormonal, caso não haja contra-indicação clínica para a sua utilização.

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

A ovulaçao é um processo que depende do ovário da hipófise e do hipotálamo. Não depende do útero. Você continuará tendo ovulações até a falência dos ovários que acontece entre os 45 e 55 anos. Obviamente não terá sangrento menstrual já que o útero foi retirado.

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

É um efeito colateral do medicamento muito comum. Não corre o risco de engravidar. Se persistir consulte o seu ginecologista quanto as alternativas de tratamento para minimizar este efeito colateral tão indesejado.

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

Com o exame da peça cirúrgica retirada o patologista avalia as margens, ou seja ele verifica se o tumor saiu todo com margem de segurança. Os controles posteriores citológico e colposcópico complementam os critérios de cura.

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

De 45 a 60 dias. Faça antes um revisão como o cirurgião ginecológico.

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

É um medicamento que contém estrogenio e progesterona, muito utilizado no tratamento das disfunções hormonais femininas. Entre elas a Hemorragia Uterina Disfuncional.

Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Ginecologista, Radiologista

Belo Horizonte

Voltar para Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos

Respostas de Dr. Claudio Albuquerque de Vasconcelos - Belo Horizonte- página 2