Dra. Ana Gisela Arruda Santos

Dra. Ana Gisela Arruda Santos

Endocrinologista, Médica clínica geral

Experiência em: Diabetologia, Obesidade, Patologias da Tiróide, Endocrinologia Pediátrica, Atenção Primária à Saúde

Número de Identificação Profissional: 4451-MT

Consultório

1

Opiniões para Dra. Ana Gisela Arruda Santos

5

Baseado em 5 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dra. Ana Gisela Arruda Santos?

Opinar

O melhor: "EXCELENCIA NO ATENDIMENTO"

Motivo da visita: ACNE

Paciente que marcou consulta com Dra. Ana Gisela Arruda Santos em HOSPITAL JARDIM CUIABÁ, Av. das Flores, Ala consultórios, 2º andar, sala 22

O melhor: "Referência na área que atua, profissional competente, educada, humana, atenciosa. Recomendo;"

Poderia melhorar: "Sem nada para melhorar, muito bom em tudo."

Motivo da visita: tratamento diabetes

Sandra A. marcou consulta com Dra. Ana Gisela Arruda Santos em HOSPITAL JARDIM CUIABÁ, Av. das Flores, Ala consultórios, 2º andar, sala 22

O melhor: "Dra Ana Gisela é ótima, perfeita, após anos consegui achar alguém que me atendesse e me ajudasse a emagrecer e não engordar mais"

Poderia melhorar: "o único problema e que não atende pela Unimed estadual e não consigo pagar as consultas particulares,é uma penas gostaria muito de continuar com o tratamento."

Motivo da visita: Endocrino

Giovane C. marcou consulta com Dra. Ana Gisela Arruda Santos

O melhor: "tudo, ela é super educada dá total atenção para o paciente"

Poderia melhorar: "pra falar a verdade não vejo nada que possa melhorar pra mim foi tudo perfeito"

Motivo da visita: Doppler de tireóide e obesidade

Ana L. marcou consulta com Dra. Ana Gisela Arruda Santos

Ver as 5 opiniões sobre Dra. Ana Gisela Arruda Santos

Experiência

Formação

  • Formação acadêmica em medicinaUniversidade Federal de Mato Grosso2004
  • Residencia em Clínica MédicaUniversidade Federal de Mato Grosso2006
  • Residência em Endocrinologia e MetaabologiaHospital de Taguatinga -SUS DIstrito Federal2009

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 4451-MT

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Espanhol

Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Dados fornecidos em: setembro 2015
  • Primeira consulta Endocrinologia e Metabologia A partir de R$ 350
  • A vitamina D
  • Emagrecimento definitivo
  • Tratamento com insulina

Respostas de Dra. Ana Gisela Arruda Santos

28 Respostas

3 Especialistas de acordo

23 Pacientes agradecidos

Dra. Ana Gisela Arruda Santos está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Sua filha tem com certeza indicação para bloqueio puberal, a mesma deve acompanhar com o especialista pois em alguns casos, há benefício do uso do GH(hormônio de crescimento) para melhorar o resultado
final em termos de estatura.

Dra. Ana Gisela Arruda Santos

Dra. Ana Gisela Arruda Santos

Endocrinologista, Médica clínica geral

Cuiabá

Olá mãe ! Realmente, a leuprorrelina é uma medicação que apresenta como efeito colateral a retenção de líquidos e um pouco de ganho de peso. O cuidado com a dieta e a prática regular de exercícios auxilia e muito no controle de peso das meninas que estão em tratamento com este tipo de medicação.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
Dra. Ana Gisela Arruda Santos

Dra. Ana Gisela Arruda Santos

Endocrinologista, Médica clínica geral

Cuiabá

A esteatose hepatica é uma doença que apresenta diversas causas que devem sem excluídas tais como
alcoolismo, uso de medicamentos hepatotóxicos,hepatites virais, etc. Também temos visto com frequência cada vez maior a obesidade e a sindrome metabólica serem os principais fatores envolvidos na esteatose. Neste caso se outras causas forem excluídas chamados de esteatose hepática não alcoólica, ou doença gordurosa do figado não-alcoólica. O tratamento desta entidade envolve mudanças alimentares e prática de atividades físicas, e medicações atualmente disponíveis a depender de cada caso. Com certeza você necessita de uma avaliação com um endocrinologista ou gastroenterologista.
abç

Dra. Ana Gisela Arruda Santos

Dra. Ana Gisela Arruda Santos

Endocrinologista, Médica clínica geral

Cuiabá

Ver as 28 perguntas respondidas por Dra. Ana Gisela Arruda Santos

{0}{1}