Clayton dos Santos Silva

Clayton dos Santos Silva

Psicólogo, Psicanalista

Especialista em: Distúrbios Psicossomáticos, Orientação Profissional, Psicologia Hospitalar, Psicoterapia, Freudiana, Psicanálise com Adolescentes, Kleiniana, Conversões Somáticas

Número de Identificação Profissional: 06/103012

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Rua Verissimo Gloria, 165 01251-140 Sumaré São Paulo

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

Ampliar
1
2

Opiniões para Clayton dos Santos Silva

5

Baseado em 1 opinião

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Clayton dos Santos Silva?

Opinar

O melhor: "Gostei da disponibilidade dele e do interesse em me ajudar."

Poderia melhorar: "Não tenho nada a sugerir para melhorar."

Motivo da visita: Depressão

Paciente que marcou consulta com Clayton dos Santos Silva em Rua Verissimo Gloria, 165

Clayton dos Santos Silva respondeu a esta opinião

Agradeço a avaliação positiva. Entendo ser importante para todo psicólogo ser disponível e interessado em ajudar aqueles que procuram ajuda. Muito obrigado.

Experiência

Formação

  • PsicólogoUniversidade de São Paulo2010
  • Aperfeiçoamento em Orientação Profissional e de CarreiraInstituto de Psicologia da Universidade de São Paulo2011
  • Mestre em Psicologia ClinicaInstituto de Psicologia da Universidade de São Paulo2014

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 06/103012

Número de Identificação Profissional: 06/103012

Psicólogo e orientador profissional.

Consultório em São Paulo, próximo ao metrô Sumaré, na linha verde. Atendimento a adolescentes, adultos e idosos.

Psicólogo e orientador profissional pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP). Mestre em Psicologia Clinica pela Universidade de São Paulo (USP). Membro do Laboratório Sujeito e Corpo do IP-USP e Membro do Grupo de Pesquisa CNPq, credenciado pela USP, “Psicossomática, psiconeurologia e promoção de saúde” desde 2009; Membro do Labor - Laboratório de Estudos sobre Trabalho e Orientação Profissional da USP desde 2011. Trabalhou no Hospital Universitário da USP de 2011 a 2015, onde, além de atender aos pacientes e familiares na clinica cirúrgica e na Unidade de Terapia Intensiva – UTI, realizava supervisão clinica de atendimentos psicológicos desenvolvidos por estudantes e psicólogos. 

O método terapêutico com o qual trabalha se fundamenta na Psicossomática, mais especificamente o modelo biopsicossocial, com foco na Psicanálise de Freud e da linha inglesa, com importantes influências da filosofia humanista e das contribuições recentes das terapias cognitivos-comportamentais.


Linhas de trabalho:

  • Tratamento de transtornos e desordens mentais: Ansiedade, Depressão, Fobias, Pânico, Estresse, Luto, Crise Conversiva, etc.
  • Tratamento de pacientes com doenças somáticas: Câncer, Síndrome do Intestino Irritável, Fístulas Intestinais, Alergias, Doenças Idiopáticas, Doenças Reumáticas, Doenças Autoimunes.
  • Orientação Profissional.
  • Orientação de Carreira.
  • Tratamento de pacientes com questões relativas a espiritualidade e religiosidade.

Experiência em

Idiomas

  • Português

Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).

Artigos escritos por Clayton dos Santos Silva

Consulta psicológica do adolescente

A adolescência também é passível de angustias e sofrimento. Contudo, nessa fase da vida é difícil o jovem perceber e aceitar que precisa de ajuda. Além disso, é muito comum que por estar se afastando da visão de mundo dos pais que ele tenham dúvidas da capacidade de um adulto ter interesse e capacidade de ajudá-lo. O profissional que se propõe a atender adolescentes terá que lidar com tal dificuldade ao se mostrar atento a eles, ao seu mundo e as suas preferencias juvenis. De forma que mesmo sendo um adulto, consiga partilhar do mundo adolescente o suficiente para que eles consigam se interessar pelo tratamento, assim como confiar e mostrar a sua maneira o que estão vivendo.

Orientação profissional

Orientação profissional é o tipo de atendimento focado nas escolhas que a pessoa realiza durante a sua carreira. Tradicionalmente é mais comum em jovens vestibulandos, mas também é recomendado para todos aqueles que estão sofrendo devido a escolhas profissionais nas várias fases da vida.
Atualmente, as estratégias mais arrojadas são aquelas que buscam ajudar a pessoa a desenvolver o autoconhecimento, a conhecer as informações profissionais sobre as opções de curso ou mercado de trabalho, e por fim os desejos e/ou projetos de vida que a pessoa tem. Através da maior consciência sobre esses fatores o cliente poderá realizar decisões mais tranquilas e satisfatórias para a sua vida e carreira.

Respostas de Clayton dos Santos Silva

46 Respostas

9 Especialistas de acordo

5 Pacientes agradecidos

Clayton dos Santos Silva está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Podemos lhe ajudar, você não precisa sofrer sozinho. Assim como as outras compulsões, a compulsão por sexo também tem tratamento. Tanto um psiquiatra, quanto um psicólogo podem dar inicio a esse tratamento, já que a melhor terapêutica se compõe da colaboração dessas duas especialidades.
O tratamento psiquiátrico para esses casos normalmente é feito com antidepressivos, já o psicoterápico pode ser feito de diversas formas. As mais recomendadas são aqueles que usam técnicas cognitivas-comportamentais.
Procure algumas dessas ajudas. Cuide-se.

Clayton dos Santos Silva

Clayton dos Santos Silva

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicólogo

São Paulo

É preciso lembrar que esses medicamentos precisam de tempo para começarem a diminuir os sintomas. Estou falando de algumas semanas ou até meses. Além disso, é importante salientar a importância da psicoterapia, já que está provado cientificamente que é através dela que a pessoa poderá vir a compreender melhor o que lhe acontece, a fonte (ou as fontes) desse sofrimento, permitindo que desenvolva formas melhores (ou menos sofridas, no minimo) de se relacionar com que causa tal sofrimento, potencializando a eficácia do tratamento medicamentoso.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
Clayton dos Santos Silva

Clayton dos Santos Silva

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicólogo

São Paulo

Depressão pode estar relacionado a outros tipos de transtornos mentais. No seu caso, depende muito da intensidade desses pensamentos que está relatando. Afirmar algo somente pelo que você contou não é possível. Para poder conseguir ajuda adequadamente você pode procurar tanto um psiquiatra, quanto um psicólogo. Ambos os profissionais recomendarão o outro se houver necessidade. O importante é que se tais pensamentos estão prejudicando a sua qualidade de vida é hora de procurar ajuda profissional. Você não precisa sofrer só.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
Clayton dos Santos Silva

Clayton dos Santos Silva

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicólogo

São Paulo

Ver as 46 perguntas respondidas por Clayton dos Santos Silva

Fotos

{0}{1}