Dra. Danielle Laperche dos Santos

Dra. Danielle Laperche dos Santos

Oncologista

Especialista em: Cancerologista Clinico

Número de Identificação Profissional: 12238-GO

Consultório

Ampliar
1

Opiniões para Dra. Danielle Laperche dos Santos

5

Baseado em 7 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dra. Danielle Laperche dos Santos?

Opinar

O melhor: "Excelente médica, muito atenciosa e clara em suas explicações recomendo a qualquer um. O Brasil precisa de Mais Médicos assim!"

Motivo da visita: Análise de mamografia.

Paciente que marcou consulta com Dra. Danielle Laperche dos Santos em HEMOLABOR, Rua 5-A, No. 130

O melhor: "Médica super atenciosa, com muita clareza nas explicações e orientações, senti muita firmeza e segurança com ela."

Paciente que marcou consulta com Dra. Danielle Laperche dos Santos em HEMOLABOR, Rua 5-A, No. 130

O melhor: "Gostei muito do atendimento, fez toda diferença num momento tão difícil como este. Muito atenciosa, acessível e disposta a tirar todas minhas dúvidas."

Motivo da visita: Câncer de mama

Paciente que marcou consulta com Dra. Danielle Laperche dos Santos em HEMOLABOR, Rua 5-A, No. 130

"Pela primeira vez saí do consultório de um médico com todas minhas dúvidas sanadas com relação à doença do meu pai e sobre seu tratamento. Meu pai está muito satisfeito com todo tratamento. Recomendo!"

Paciente que marcou consulta com Dra. Danielle Laperche dos Santos em HEMOLABOR, Rua 5-A, No. 130

Ver as 7 opiniões sobre Dra. Danielle Laperche dos Santos

Experiência

Formação

  • Graduação em MedicinaUFG2006
  • Título de Especialista em Clínica Médica HC-UFG2008
  • Título de especialista em Cancerologia/Oncologia ClínicaUNICAMP - Universidade Estadual de Campinas2011

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 12238-GO

A Oncologia Clínica é a especialidade responsável pelo tratamento sistêmico do paciente com câncer por meio de quimioterapia, hormonioterapia e terapias imunológicas. Diante de um diagnóstico de câncer o oncologista/cancerologista clínico tem um papel fundamental na orientação de todas opções de tratamento disponíveis (cirurgia, quimioterapia e radioterapia) de acordo com cada tipo de câncer, auxiliando desta forma com encaminhamentos corretos para cada especialidade e definindo a ordem ideal de cada tipo de tratamento, além de oferecer todo suporte clínico necessário ao paciente. 

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Francês

Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).

Respostas de Dra. Danielle Laperche dos Santos

8 Respostas

4 Especialistas de acordo

52 Pacientes agradecidos

Dra. Danielle Laperche dos Santos está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

O estômago é o órgão responsável pela absorção da vitamina B12. Em caso de retirada do mesmo é comum que se desenvolva uma deficiência da mesma no organismo. A falta da vitamina B12 está relacionada a alterações hematológicas, principalmente anemia e alterações neurológicas que podem se tornar graves. Por este motivo a reposição deve ser constante nestes casos e somente por via injetável, uma vez que a absorção pela via digestiva da vitamina B12 não é mais possível. Quanto aos intervalos de administração, o ideal é se fazer dosagens periódicas para se quantificar as reservas desta vitamina no sangue.

Dra. Danielle Laperche dos Santos

Dra. Danielle Laperche dos Santos

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oncologista

Goiânia

Nenhum exame tem acurácia de 100% para detecção de metástases. Isso não muda com o PET-CT. As metástases que podem ser identificadas pelo exame devem ter no mínimo 1,0 cm de diâmetro. Lesões menores que isso podem não captar a glicose e passar desapercebidas. Por este motivo a combinação correta de exames aliado ao seguimento do médico oncologista são indispensáveis para correta interpretação dos resultados.

  • Obrigado 10
  • 1 especialista está de acordo
Dra. Danielle Laperche dos Santos

Dra. Danielle Laperche dos Santos

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oncologista

Goiânia

Sim, hoje nós temos diversas opções terapêuticas para esta situação. O fato de termos acometimento ósseo pela doença não significa necessariamente que existe acometimento da medula óssea que é responsável pela produção de sangue. De acordo com o tipo do câncer de mama (presença de receptores hormonais ou não, hiperexpressão ou não do HER2) podem ser utilizados diversas modalidades de tratamento. As medicações utilizadas podem ser hormonioterapia ou quimioterapia, associados se necessário a alguma terapia anti-HER2, além do uso de adjuvantes como os bifosfonados que auxiliam na prevenção de fraturas ósseas, controle da dor e podem combater a progressão da doença. Em caso de dor, podemos lançar mão de tratamentos baseados em radioterapia. É sim possível obtermos um bom controle da doença nestes casos. Converse com seu oncologista e esclareça suas dúvidas quanto ao tipo de sua doença e quais modalidades de tratamento estão indicadas para o seu caso.

Dra. Danielle Laperche dos Santos

Dra. Danielle Laperche dos Santos

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oncologista

Goiânia

Ver as 8 perguntas respondidas por Dra. Danielle Laperche dos Santos

{0}{1}