Dra. Alessandra Mollo

Dra. Alessandra Mollo

Ginecologista

Experiência em: Patología Cervical, Colposcopia, Cirurgia Ginecológica, Doenças do HPV, Patología Vulvar

Número de Identificação Profissional: 79.501

Consultório

1

Opiniões para Dra. Alessandra Mollo

4,8

Baseado em 20 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dra. Alessandra Mollo?

Opinar

O melhor: "Ótima médica ... muito esclarecedora, recomendo."

Poderia melhorar: "Pontualidade."

Motivo da visita: Hpv

Jânia G. marcou consulta com Dra. Alessandra Mollo em R Loefgren, 1291 - Cj 64

Dra. Alessandra Mollo respondeu a esta opinião

Obrigada! Eu prezo sempre em fazer uma consulta completa e explicar tudo o que está acontecendo. O atendimento pode demorar um pouco mais do que o previsto para que a paciente seja bem orientada e saia sem nenhuma dúvida quanto à doença e quanto às propostas de tratamento.

O melhor: "Foi a primeira médica que me explicou nosso sistema reprodutor, de forma clara e objetiva!!! Me atendeu bem e sem pressa, tirou todas dúvidas e foi muito honesta ao cuidar do meu colo uterino, recomendou tratamento mais barato para o meu caso, sem pensar no benefício próprio!"

Motivo da visita: HPV

Andressa S. marcou consulta com Dra. Alessandra Mollo em R Loefgren, 1291 - Cj 64

O melhor: "A doutora é muito atenciosa e tirou todas as minhas dúvidas."

Motivo da visita: HPV

Paciente que marcou consulta com Dra. Alessandra Mollo em R Loefgren, 1291 - Cj 64

O melhor: "Sensacional!!!!!!
Dra Alessandra é uma excelente profissional super prestativa, gosta do que faz!!!!"

Motivo da visita: Cauterização de verrugas do HPV

Paciente que marcou consulta com Dra. Alessandra Mollo em R Loefgren, 1291 - Cj 64

Ver as 20 opiniões sobre Dra. Alessandra Mollo

Experiência

Formação

  • Graduação em MedicinaFaculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo1993
  • Título de Especialista em Ginecologia e ObstetríciaFEBRASGO1996
  • Título de Qualificação em Patologia do Trato Genital Inferior e ColposcopiaSociedade Brasileira de PTGI - Colposcopia1996
  • MestradoUniversidade Federal de São Paulo2001

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 79.501

Ginecologista com mais de 20 anos de experiência especializada no diagnóstico e tratamento do HPV, especialmente em pacientes imunossuprimidas, como portadoras do HIV, lúpicas e transplantadas.

Experiência em

Idiomas

  • Português

Webs


Serviços

  • Primeira consulta Ginecologia e Obstetrícia
  • Retorno de consultas Ginecologia e Obstetrícia
  • Amputacao Conica De Colo De Utero Com Colpectomia
  • Biopsia Da Vagina
  • Biopsia da vulva
  • Cauterização de verrugas do HPV
  • Cirurgia de Alta Frequência (CAF)
  • Cirurgia do útero
  • Citologia
  • Colposcopia
  • Exame ginecológico
  • Extirpacao De Polipo Uterino
  • Procedimento laser para tratamento de HPV (colo, vagina e vulva)
  • Traquelectomia
  • Vacina para Human Papiloma Virus (HPV)
  • Vulvoscopia

Respostas de Dra. Alessandra Mollo

14 Respostas

4 Especialistas de acordo

15 Pacientes agradecidos

Dra. Alessandra Mollo está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Olá! Existem vários tipos diferentes de HPV que podem acometer os genitais, porém nem todos eles podem ser detectados por outros métodos. O que vale é o que apareceu na histologia. Converse com seu médico sobre as opções de acompanhamento e se há a necessidade de algum tratamento específico.

Dra. Alessandra Mollo

Dra. Alessandra Mollo

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

As verrugas podem causar alguns sintomas como ardência e/ou coceira local, mas nem sempre isso ocorre. Muitas mulheres só percebem mesmo as verrugas ao tato e outras só no exame ginecológico. Desta forma, é importante conversar sobre este assunto com seu ginecologista.

  • Obrigado 4
  • 1 especialista está de acordo
Dra. Alessandra Mollo

Dra. Alessandra Mollo

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Existe a chance de cura, sim, porém a paciente deve ser avaliada periodicamente a fim de avaliar persistência ou recidiva da lesão.

Dra. Alessandra Mollo

Dra. Alessandra Mollo

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Ver as 14 perguntas respondidas por Dra. Alessandra Mollo

{0}{1}