Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Neurologista

Especialista em: Doenças Desmielinizantes, Estudos de Sono, Doenças Degenerativas e Demências, Neuropediatria, Dores de Cabeça

Número de Identificação Profissional: CRM-MG:44451

Consultório

Ampliar
1

Opiniões para Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

5

Baseado em 6 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dr. Albert Louis Rocha Bicalho?

Opinar

O melhor: "Médico, super atencioso e sempre preocupando com bem estar de seus pacientes. super recomendo. atendimento nota 1000."

Poderia melhorar: "nada a declarar"

Motivo da visita: Hipertensão Intracraniana

Lorena G. marcou consulta com Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

O melhor: "Por muito tempo tive dificuldades em concentração e foco. Sempre questionei com os médicos e nunca haviam me diagnosticado. Na primeira consulta o Dr. Albert descobriu que eu tinha TDAH. Hoje melhorei muito nestas questões. Eu indico."

Romney B. marcou consulta com Dr. Albert Louis Rocha Bicalho em Avenida do Contorno 4747 sala: 913 - Edifício Life Center

Dr. Albert Louis Rocha Bicalho respondeu a esta opinião

Muito obrigado por sua opinião. Estamos a disposição para ajuda-lo.

O melhor: "Ele é um excelente médico. Atencioso, prestativo, legal e muito humano. Recomendo a todos. Agradeço a ele pela atenção e a tranquilidade que me passou.
Que Deus continue iluminando o caminho dele.
Paciente: Elidiane"

Motivo da visita: Consulta

Paciente que marcou consulta com Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Dr. Albert Louis Rocha Bicalho respondeu a esta opinião

Muito obrigado Elidiane. Estou sempre às ordens para ajudá-la.

O melhor: "Quero agradecer pelo atendimento impecável que recebi.
Excelente médico.
Super indico!!!"

Motivo da visita: Cefaléia (dor de cabeça)

Paciente que marcou consulta com Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Dr. Albert Louis Rocha Bicalho respondeu a esta opinião

Muito obrigado pela sua avaliação. Saiba que estou ao seu dispor para melhorar os sintomas e a sua patologia. Sempre às ordens. Um grande abraço.

Ver as 6 opiniões sobre Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Experiência

Formação

  • NeurologiaSanta Casa de Belo Horizonte2006
  • Executivo em SaúdeFundação Getulio Vargas2016

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: CRM-MG:44451

Possui graduação em Medicina pela FMIT(2006) e Especialização em Neurologia Clínica pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais e Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte (2009). Cursa MBA em Gestão Executiva de Saúde na FGV (Fundação Getúlio Vargas). Atualmente é Médico Neurologista do Hospital Mater Dei, do Hospital do Barreiro/Sanitas International-Vitallis e no grupo Santa Casa de Belo Horizonte. Atua na área de Medicina, com ênfase em neurologia, doenças cerebrovasculares, neuroftalmologia e medicina psicossomática. É preceptor de residência, pós-graduação e especialização médica na Clínica de Olhos da SCBH, no Centro Metropolitano de Especialidades Médicas/SCBH e no Hospital Sanitas/Vitallis Barreiro. É Coordenador da Equipe de Neurologia do Pronto Atendimento do Hospital São Lucas de Belo Horizonte.

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Espanhol

Webs


Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).

Artigos escritos por Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH)

É um transtorno neurobiológico que surge na infância e que pode acompanhar o indivíduo pela vida toda. De cinco a oito por cento das pessoas possuem os sintomas. A inquietude, dificuldade de concentração, notas baixas na escola e algumas formas de esquecimentos são fatores bastantes presentes. Ela acomete mais de 330 milhões de pessoas do mundo, mas que ainda é pouco conhecida. Um profissional com experiência na área pode ajudá-lo com um tratamento interdisciplinar e medicamentoso.

Esclerose Múltipla

A Esclerose Múltipla é uma doença autoimune que afeta o cérebro, nervos ópticos e a medula espinhal, isso ocorre devido a um "erro" do Sistema Imunológico que confunde as células saudáveis com substâncias estranhas "invasoras". O sistema imune acaba por atacar de forma inadvertida a bainha protetora que recobre os nervos, conhecida como bainha de mielina. Ela desenvolve em pessoas que nascem com uma predisposição genética e devido a mobilização de células geradas por um mecanismo de estresse. As causas são multifatoriais. Seus sintomas podem ser diversos, como formigamentos, alterações visuais e perda de força. A doença possui tratamento e controle.

Veja os 3 artigos escritos por Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Respostas de Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

43 Respostas

19 Especialistas de acordo

10 Pacientes agradecidos

Dr. Albert Louis Rocha Bicalho está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Olá! A perda do prazer pode permanecer apesar do tratamento. Aconselho a procurar o seu médico e psicologo para discutir sobre os seus sintomas e avaliar o seu tratamento. Espero ter ajudado.

Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Belo Horizonte

As crises mioclônicas juvenis realmente podem ser iniciadas por estímulos externos como stress, álcool, luzes intensas e insônia. Pode haver sim associação de crises generalizadas com perda da consciência. O uso da medicação previne novos eventos, fazendo com que você leve uma vida próximo da normalidade. Por isso a importância do acompanhamento Neurológico e Psicológico.

Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Belo Horizonte

Pelos sintomas apresentados e pela explicação médica, o seu pai provavelmente foi acometido por uma doença chamada Neuropatia Óptica Isquêmica. Ela é uma doença Neuroftalmologica que ocorre devido a uma forma de infarto do nervo óptico que pode ser denominado de arterítica e não arterítica. A forma não arterítica é a mais frequente, em geral acometendo pessoas com 50 a 70 anos. A perda da visão é comumente indolor em ambas as formas, e pode dar um edema no nervo. Alguns pacientes notam o sintoma ao acordar. Pode estar também presente cansaço, dor muscular, dor de cabeça ao redor das têmporas, dor mandibular e aumento da sensibilidade sobre a artéria temporal. A maioria das neuropatias ópticas isquêmicas são unilaterais. A oclusão de uma artéria que nutre o nervo é ocluída por uma inflação ou por uma doença vascular de longa data. Existem tratamentos para evitarem a recorrência ou piora. O diagnóstico é dado por avaliação clínica e por exames complementares. Espero ter ajudado

Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Belo Horizonte

Ver as 43 perguntas respondidas por Dr. Albert Louis Rocha Bicalho

Fotos

{0}{1}