Dr. Michel Rubin

Dr. Michel Rubin

Oftalmologista

Especialista em: Cirurgia Refrativa, Glaucoma, Catarata, Adaptação de Lentes de Contato Especiais

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Cevipa Oftalmologia

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

Ampliar
1

Opiniões para Dr. Michel Rubin

4,9

Baseado em 51 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dr. Michel Rubin?

Opinar

O melhor: "atenção do profissional"

Motivo da visita: herpes

Paciente que marcou consulta com Dr. Michel Rubin em Cevipa Oftalmologia

O melhor: "Lugar agradável, ótimo aparato. Medico fez de tudo para proporcionar a melhor consulta possível."

Poderia melhorar: "Nada."

Motivo da visita: mudança de grau

Daniel P. marcou consulta com Dr. Michel Rubin em Cevipa Oftalmologia

Marcou consulta na Doctoralia

O melhor: "Dr. Michel atende seus pacientes com excelência, educação e gentileza e é muito detalhado e confiável em seus diagnósticos."

Poderia melhorar: "É excelente."

Motivo da visita: Avaliação de iridectomia

Anna F. marcou consulta com Dr. Michel Rubin em Cevipa Oftalmologia

Marcou consulta na Doctoralia

O melhor: "medico muito atencioso, tirou todas minhas duvidas."

Poderia melhorar: "estou satisfeita, pena nao encontrar profissionais assim na minha cidade."

Motivo da visita: pterigio

Paciente que marcou consulta com Dr. Michel Rubin em Cevipa Oftalmologia

Ver as 51 opiniões sobre Dr. Michel Rubin

Experiência

Formação

  • Residência Médica - MEC/CBOSanta Casa de São Paulo2008
  • Glaucoma FellowshipSanta Casa de São Paulo2011
  • Glaucoma FellowshipUniversity of California, San Francisco2012
  • Refractive SurgeryUniversity of California, San Francisco2012

Sobre mim

Consultas voltadas você possa de modo interativo ter melhor entendimento quanto ao seu diagnóstico e tratamento, tornando a consulta oftalmológica mais personalizada, moderna, dinâmica, explicativa e acima de tudo humana. Ofereço atendimento também em horário noturno e aos sábados e possibilidade realização da maioria dos exames complementares, logo após sua consulta, dispensando retornos adicionais.

FORMAÇÃO

  • Médico Oftalmologista com área de atuação principal em Glaucoma, Cirurgia Refrativa, Catarata e Ceratocone.
  • Formação em Medicina na PUC-PR, Residência em Oftalmologia na Santa Casa de São Paulo e especialização (fellowship) nessa instituição e na University of California - San Francisco - Estados Unidos.
  • Autor de capítulo de livro e de diversas publicações nacionais e internacionais em revistas científicas especializadas.
  • Atuações e premiações como palestrante em importantes congressos.
  • Diretor Clínico da CEVIPA Oftalmologia ( www.cevipa.com.br ).

Membro ativo de importantes sociedades e conselhos:

  • Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO)
  • Pan American Association of Opthalmology (PAAO)
  • Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG)
  • American Glaucoma Society (AGS)
  • International Society of Refractive Surgery (ISRS)
  • American Society of Cataract and Refractive Surgery (ASCRS)
  • Sociedade Brasileira de Ceratocone.
     

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Espanhol
  • Hebraico

Webs

Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Dados fornecidos em: outubro 2016

Artigos escritos por Dr. Michel Rubin

Glaucoma

Glaucoma é uma doença que afeta aproximadamente 4% da população acima dos 40 anos de idade. Pode levar a perda progressiva do campo visual sem provocar sintomas. Não sendo diagnosticado e tratado, pode levar a cegueira. O diagnóstico precoce, permite através do tratamento, preservar a visão e consequentemente a qualidade de vida.

Na CEVIPA Oftalmologia, valorizamos seu precioso tempo, no caso de suspeita de glaucoma, oferecemos a possibilidade de realização de exames complementares, através de modernos equipamentos e retorno ao seu médico já com o resultado, imediatamente após sua consulta, dispensando retornos adicionais.

Miopia

Há várias opções para o tratamento da miopia: óculos, lentes de contato, cirurgia refrativa e facectomia. A possibilidade e indicação de cada uma delas leva em conta diversos fatores, cada um com suas vantagens e desvantagens.

Oferecemos modernos exames com possibilidade de realização logo após sua consulta, dispensando retornos adicionais e novidades que tornarão sua consulta mais personalizada, moderna, dinâmica, explicativa e, acima de tudo, humana.

Veja os 4 artigos escritos por Dr. Michel Rubin

Respostas de Dr. Michel Rubin

31 Respostas

7 Especialistas de acordo

47 Pacientes agradecidos

Dr. Michel Rubin está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

A cirurgia de ceratocone (seja anel intracorneano ou transplante de córnea) é indicada quando a curvatura da córnea é irregular e não permite uma boa visão com óculos ou mesmo com lentes de contato rígidas.

Muitas vezes, nessa circunstâncias, lentes esclerais podem proporcionar uma boa qualidade visual e postergar ou mesmo suspender a indicação cirúrgica de ceratocone.

Quando há progressão em atividade (ceratocone aumentando) o crosslinking é indicado para estabilização.

Resumindo: nas cirurgias de ceratocone não há garantia de uma visão de 100% (20/20) e na maioria das vezes, para obter-se uma boa qualidade visual, haverá necessidade de uso de lente de contato rígidas ou óculos. A cirurgia refrativa, que é a cirurgia a laser para diminuir ou mesmo eliminar o uso de óculos, poderia até mesmo levar a piora do ceratocone, sendo portanto contra indicada nesses casos.

Dr. Michel Rubin

Dr. Michel Rubin

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Curitiba

Após a cirurgia de pterígio o olho pode ficar vermelho por semanas devido a inflamação que ocorre com a cirurgia e a própria cicatrização.

Com o uso dos colírios prescritos pelo seu médico e o avanço da cicatrização o olho tende a ficar progressivamente mais branco.

Alguns cuidados são importantes para essa fase:

- Não coçar os olhos, pois a "pelinha" que foi colocada no lugar do pterígio ainda não esta totalmente aderida e poderia se soltar, aumentando o risco do pterígio voltar.

- Evitar exposição ao sol, pois sabe-se que o sol prejudica a cicatrização e é um fator de risco para a reicidiva do pterígio. Então óculos escuros caso esteja em área com exposição ao sol é recomendado.

- Manter os retornos para avaliação com o seu médico conforme orientação.

  • Obrigado 4
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Michel Rubin

Dr. Michel Rubin

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Curitiba

A conjuntiva transplantada tende a ficar mais plana progressivamente. É normal o inchaço e vermelhidão inicial dessa conjuntiva. Embora possa notar uma melhora no aspecto a cada dia, o aspecto final, muitas vezes, poderá ocorrer apenas meses após o procedimento.

Ressalto a importância de usar as medicações e manter o seguimento com os retornos pós operatórios conforme orientação de seu oftalmologista.

  • Obrigado 4
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Michel Rubin

Dr. Michel Rubin

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Curitiba

Ver as 31 perguntas respondidas por Dr. Michel Rubin

Fotos

{0}{1}