Dr. Michel Rubin

Dr. Michel Rubin

Oftalmologista

Experiência em: Cirurgia Refrativa, Glaucoma, Catarata, Adaptação de Lentes de Contato Especiais

Marcação de consultas

Endereço do consultório

Cevipa Oftalmologia

Que dia e hora estão bem para você?

Consultório

1

Opiniões para Dr. Michel Rubin

4,9

Baseado em 64 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dr. Michel Rubin?

Opinar

O melhor: "De uma maneira geral de todo o processo de atendimento, desde a atendente passando pelo médico.
Todos muito solícitos.
Dr. Michel muito competente, dedicado e interessado"

Motivo da visita: 1ª consulta para avaliação e óculos, 2ª

Paciente que marcou consulta com Dr. Michel Rubin em Cevipa Oftalmologia

O melhor: "Tudo foi satisfatório. Recomendei a meus colegas advogados que trabalham próximo. E na medida do possível, voltarei para reavaliações do grau necessário."

Motivo da visita: Reavaliação clínica

Paciente que marcou consulta com Dr. Michel Rubin em Cevipa Oftalmologia

O melhor: "Gostei do atendimento do Dr. Michel Rubin que eu apesar de leiga, senti que è um profissional bastante preparado e sempre procurando colocar o paciente a par da sua doença."

Poderia melhorar: "Respeitando se possível o horário das consultas."

Paciente que marcou consulta com Dr. Michel Rubin em Cevipa Oftalmologia

O melhor: "Exames clínicos e testes minuciosos e sempre informados. Relação médico/paciente empática, respeitosa e aberta a escuta e ao diálogo."

Motivo da visita: Glaucoma

José L. marcou consulta com Dr. Michel Rubin em Cevipa Oftalmologia

Ver as 64 opiniões sobre Dr. Michel Rubin

Experiência

Formação

  • Residência Médica - MEC/CBOSanta Casa de São Paulo2008
  • Glaucoma FellowshipSanta Casa de São Paulo2011
  • Glaucoma FellowshipUniversity of California, San Francisco2012
  • Refractive SurgeryUniversity of California, San Francisco2012

Sobre mim

Consultas voltadas você possa de modo interativo ter melhor entendimento quanto ao seu diagnóstico e tratamento, tornando a consulta oftalmológica mais personalizada, moderna, dinâmica, explicativa e acima de tudo humana. Ofereço atendimento também em horário noturno e aos sábados e possibilidade realização da maioria dos exames complementares, logo após sua consulta, dispensando retornos adicionais.

FORMAÇÃO

  • Médico Oftalmologista com área de atuação principal em Glaucoma, Cirurgia Refrativa, Catarata e Ceratocone.
  • Formação em Medicina na PUC-PR, Residência em Oftalmologia na Santa Casa de São Paulo e especialização (fellowship) nessa instituição e na University of California - San Francisco - Estados Unidos.
  • Autor de capítulo de livro e de diversas publicações nacionais e internacionais em revistas científicas especializadas.
  • Atuações e premiações como palestrante em importantes congressos.
  • Diretor Clínico da CEVIPA Oftalmologia ( www.cevipa.com.br ).

Membro ativo de importantes sociedades e conselhos:

  • Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO)
  • Pan American Association of Opthalmology (PAAO)
  • Sociedade Brasileira de Glaucoma (SBG)
  • American Glaucoma Society (AGS)
  • International Society of Refractive Surgery (ISRS)
  • American Society of Cataract and Refractive Surgery (ASCRS)
  • Sociedade Brasileira de Ceratocone.
     

Experiência em

Idiomas

  • Português
  • Inglês
  • Espanhol
  • Hebraico

Webs


Serviços

  • Preço
    Preços aproximados para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Dados fornecidos em: agosto 2017

Artigos escritos por Dr. Michel Rubin

Catarata

Oferecemos a técnica moderna da cirurgia de catarata com anestesia tópica e sedação, pequena incisão de apenas 2 mm. e os mais modernos aparelhos para o planejamento e realização das cirurgias, assim temos resultados mais precisos e seguros.
Possibilidade do tratamento da catarata juntamente com a miopia/hipermetropia/astigmatismo e presbiopia. Mesmo que tenha usado óculos ou lentes de contato na maior parte de sua vida, há a possibilidade de diminuir a dependência ou mesmo ficar independente de seu uso.
Qualidade de visão é qualidade de vida. Cuide-se.

Glaucoma

Glaucoma é uma doença que afeta aproximadamente 4% da população acima dos 40 anos de idade. Pode levar a perda progressiva do campo visual sem provocar sintomas. Não sendo diagnosticado e tratado, pode levar a cegueira. O diagnóstico precoce, permite através do tratamento, preservar a visão e consequentemente a qualidade de vida.

Veja os 4 artigos escritos por Dr. Michel Rubin

Respostas de Dr. Michel Rubin

35 Respostas

12 Especialistas de acordo

55 Pacientes agradecidos

Dr. Michel Rubin está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

A cirurgia de ceratocone (seja anel intracorneano ou transplante de córnea) é indicada quando a curvatura da córnea é irregular e não permite uma boa visão com óculos ou mesmo com lentes de contato rígidas.

Muitas vezes, nessa circunstâncias, lentes esclerais podem proporcionar uma boa qualidade visual e postergar ou mesmo suspender a indicação cirúrgica de ceratocone.

Quando há progressão em atividade (ceratocone aumentando) o crosslinking é indicado para estabilização.

Resumindo: nas cirurgias de ceratocone não há garantia de uma visão de 100% (20/20) e na maioria das vezes, para obter-se uma boa qualidade visual, haverá necessidade de uso de lente de contato rígidas ou óculos. A cirurgia refrativa, que é a cirurgia a laser para diminuir ou mesmo eliminar o uso de óculos, poderia até mesmo levar a piora do ceratocone, sendo portanto contra indicada nesses casos.

Dr. Michel Rubin

Dr. Michel Rubin

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Curitiba

Atividades físicas leves ou moderadas em que não haja risco de contato estão permitidas.
Portanto esta contra indicado nesse período de recuperação qualquer atividade aquática, esportes com bola e esportes de contato.

Dr. Michel Rubin

Dr. Michel Rubin

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Curitiba

Pode haver edema da pálpebra no pós operatório de diversas cirurgias oculares, este inchaço pode causar uma queda da pálpebra deixando-a mais baixa que a do olho contralateral. Geralmente com a melhora do processo inflamatório, costuma retornar a normalidade.

Raramente, quando já há uma fragilidade prévia, o aparelho utilizado para manter os olhos abertos nas cirurgias oculares, chamado blefarostato, pode aumentar essa fragilidade, causando ou piorando uma ptose (queda palpebral), que pode ser corrigida com cirurgia.

Em seu caso em específico, o processo inflamatório causado pela cirurgia é, sem dúvida, a causa mais comum e deve melhorar. Orientaria conversar com seu médico oftalmologista para lhe dar maiores informações.

  • Obrigado 5
  • 1 especialista está de acordo
Dr. Michel Rubin

Dr. Michel Rubin

Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Curitiba

Ver as 35 perguntas respondidas por Dr. Michel Rubin

Fotos

{0}{1}