Dr. Ronaldo Bezerra Silva

Psiquiatra

Número de Identificação Profissional: 11551

Consultório

1

Opiniões para Dr. Ronaldo Bezerra Silva

5

Baseado em 2 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a por Dr. Ronaldo Bezerra Silva?

Opinar

O melhor: "Atendimento, profissionalismo, transmite confiança , sabe escutar, entre outras coisas."

Poderia melhorar: "Está ótimo, já consultei com outros e não troco ele entende os pacientes , isso me basta."

Motivo da visita: Depressão

Paciente que marcou consulta com Dr. Ronaldo Bezerra Silva em Rua Marinho Lobo 80, Ed. Centro Médico Sala 404, Centro

O melhor: "Há muitos anos sofria com depressão, transtornos de ansiedade e toc, fui a varios profissionais, nenhum resultado. Há 2 anos, fui indicada ao dr. Ronaldo, pela dra. Roberta (gastro), e estou feliz, imensamente agradecida, pois com o tratamento, orientações, hoje sou outra pessoa, não tenho depressão."

Motivo da visita: depressão

Paciente que marcou consulta com Dr. Ronaldo Bezerra Silva em Rua Marinho Lobo 80, Ed. Centro Médico Sala 404, Centro

Experiência

Sobre mim

Número de Identificação Profissional: 11551

Idiomas

  • Português

Respostas de Dr. Ronaldo Bezerra Silva

44 Respostas

25 Especialistas de acordo

40 Pacientes agradecidos

Dr. Ronaldo Bezerra Silva está respondendo perguntas que os usuários enviam à Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Olá; Na verdade é o contrário: o lítio PROLONGA os efeitos dos relaxantes musculares. Portanto é só reduzir a dose dos relaxantes mas não mexer por conta própria na dose do lítio. Reza o bom tratamento que nenhum medicamento deve ser alterado sem a prévia autorização do seu médico. Pelo lítio ser excretado por via renal, basicamente ele estará aumentado no sangue se o paciente tiver doenças renais - como p. ex. insuficiência renal (dificuldade na correta filtração do sangue); ou se houver ingesta maior que deveria.
A propósito: o lítio não é uma substância química (mineral) que normalmente se tenha no sangue. O lítio não é detectável no exame de sangue a não ser que o paciente esteja ingerindo-o. Por conta disso não acredite nos falsos enunciados que alguém possa estar depressivo por que falta lítio no sangue deste...
abç

Dr. Ronaldo Bezerra Silva

Psiquiatra

Joinville

Concordo com o colega; só acrescentando à sua pergunta, que o lítio é um medicamento antigo utilizado largamente nos transtornos de humor - principalmente bipolaridade. Infelizmente tem o preconceito de muitos médicos psiquiatras - por ser antigo e do trabalho que é achar a dose ideal de cada paciente que o utiliza. Para isso fazemos um exame de sangue chamado "litemia"; mais frequente no inicio do tratamento, depois semestrais ou anuais, estando o quadro emocional estabilizado. O lítio ainda também é usado para potencializar a ação de certos antidepressivos quando o paciente é meio que resistente ao tratamento. Avaliando também funções renais e tireoideanas, como já referido. Mas é um excelente medicamento sabendo usá-lo.

Dr. Ronaldo Bezerra Silva

Psiquiatra

Joinville

Pergunta sobre Aropax

"Paroxetina engorda?"

Sim! Infelizmente. Na maioria dos pacientes - homens e mulheres - há relato de aumento de peso. Mas este efeito colateral é mais pelo o aumento do apetite (mais coisas doces), e não por "inchar" o corpo como alguns pacientes relatam. É um excelente antidepressivo e ansiolítico; e tb para várias situações de fobias, pânico e somatizações. Vários homens com ejaculação precoce se beneficiam por retardar a ejaculação, além de ajudar no sono (em algumas pessoas). Mas pode afetar também diminuindo o desejo sexual, muito observado nas mulheres, e dificuldades em manter a ereção nos homens. Mas depende de cada pessoa. Pois na mesma dose se perceberá mais ou menos efeitos colaterais dependendo de como se dá o metabolismo no corpo daquela pessoa...entre outros elementos. Há um grupo seleto de medicamentos, com o mesmo efeito da paroxetina (antidepressivo e ansiolítico) que não traz esse efeito colateral. Veja com seu psiquiatra.

Dr. Ronaldo Bezerra Silva

Psiquiatra

Joinville

Ver as 44 perguntas respondidas por Dr. Ronaldo Bezerra Silva

{0}{1}