Atitude Frente à Dor - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Atitude Frente à Dor

Os especialistas falam sobre a Atitude Frente à Dor

A terapia auxilia as pessoas com dores na real identificação de quanto de dor a pessoa possui.Sim, porque normalmente quem sofre de dor crônica acha que ela ou sente dor ou não sente, ou seja, não existe o meio termo. É muito importante para o paciente então saber distinguir que existem as dores de níveis 1,2,3,4,5,6,7,8,9 e 10, sendo que a dor 1 é muito baixa, e a 10 é muito forte. Saber que existem diversos níveis de dor permite que o paciente não deixe de fazer diversas atividades que muitas vezes ele se priva e acabam levando a outros transtornos associados à dor crônica como por exemplo a depressão ou a ansiedade.
Ricardo Daud Amadera
Ricardo Daud Amadera Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicólogo

|

São Paulo

A experiência da dor ou sofrimento pode ser dividida em dois elementos. Em primeiro lugar, existem as sensações desagradáveis reais no corpo, em qualquer momento. Chama-se isso de "sofrimento primário". Em segundo lugar, existem, as milhares de manifestações de resistência a essas sensações, que ocorrem em nível físico, mental e emocional, situação chamada de "sofrimento secundário". Essa distinção é fundamental para viver com sucesso a dor crônica porque mostra como fazer mudanças.
Marcia Epstein
Marcia Epstein Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

São Paulo

De modo geral as dores ortopédicas são provenientes de lesões no esqueleto e na musculatura que sustenta e realiza os movimentos. Mesmo após o tratamento dessas lesões muitos pacientes permanecem com dor, geralmente em decorrência a cicatrizes residuais, consolidações ósseas ou pelo aparecimento de dor crônica. É importante a orientação de um médico especialista para uma orientação adequada sobre a dor, bem como um diagnóstico diferencial. Isso fará com que o paciente tenha um maior engajamento com a sua doença, atitude que comprovadamente melhora os resultados do tratamento para dor nas costas por exemplo.
Dr. Daniel Bedran de Castro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ortopedista - Traumatologista

|

São José do Rio Preto

Ver mais

Tem perguntas sobre Atitude Frente à Dor?

Nossos especialistas responderam à seguinte pergunta sobre Atitude Frente à Dor:

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Jacques Lacan, Psicanalista francês, afirma que não existe nada alem das palavras, ou seja, o que verbalizamos é o que sentimos e queremos dizer, e quando você diz que sente que traiu, de fato você traiu. Explica-se: No período de separação, ficou em seu inconsciente de que não estava separada. Tanto que voltou ao relacionamento primário. Ou seja, inconscientemente, você voltou sem ter ido. Não existe porem, motivo para culpa, pois o que fazemos está feito. Se certo ou errado, não cabe julgamento aqui. Conforme Lacan, nós somos responsáveis pelo que fazemos e pelo que nos acontece, mesmo que seja por acaso. Se em sua reconciliação houve entendimento por parte de seu parceiro, viva feliz e sem remorsos, porque nada vai mudar o que já aconteceu. Coloque uma pedra em cima. Assuma a responsabilidade. Porem, se você voltou ao primeiro relacionamento e os pensamentos ainda estão no outro relacionamento, ai sim, seria importante uma terapia para ressignificar seus sentimentos.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 47
  • 40
  • 33
Felix J Lescinskiene

Psicanalista

São Caetano do Sul