Avaliação Psicológica - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Avaliação Psicológica

Os especialistas falam sobre a Avaliação Psicológica

A avaliação psicológica é um conjunto de técnicas e entrevistas, indispensável para a construção de um diagnóstico, pois vai identificar exatamente o que está acontecendo com o paciente, suas defesas e seus recursos para superar o problema. É a partir da avaliação que será possível definir qual o melhor tratamento para aquele diagnostico. Desta forma, o psicólogo poderá trabalhar com maior segurança e eficácia, oferecendo ao paciente todos os esclarecimentos necessários sobre o que está acontecendo com ele naquele momento.
Dra. Jaqueline Figueiredo Ferreira
Dra. Jaqueline Figueiredo Ferreira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Porto Alegre

A avaliação psicológica quando realizada em atendimentos psicológicos, faz com que o tratamento proposto seja mais eficiente, minimizando casos de atendimentos prolongados desnecessariamente.
Maíra A. Andrade Madeira
Maíra A. Andrade Madeira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Nova Iguaçu

Procedimento onde é realizada inicialmente uma anamnese, para levantamento da história do paciente e, após a entrevista (anamnese), é montado uma bateria de testes, com base no que foi coletado e na queixa do paciente, para avaliação do caso. A conclusão ocorre com devolutiva e entrega do laudo, esclarecendo as duvidas colocadas no atendimento inicial. Existem vários motivos para avaliar psicologicamente um cliente: como dificuldades de aprendizagem, depressão, investigação de abuso, orientação profissional etc. Atualmente, a profissional tem buscado trabalhar com avaliação de casais, como uma forma de contribuir para o direcionamento e acompanhamento do processo em terapia de casal.
Prof. Luciana Melo da Rosa
Prof. Luciana Melo da Rosa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Fortaleza

Avaliação Psicológica é um processo técnico científico de coleta de dados, tem por objetivo o estudo e interpretação de informações a respeito dos fenômenos psicológicos. Utilizo entrevistas e testes psicológicos específicos para a avaliação. Em média a avaliação leva 4 sessões para ser realizada, podendo ser mais ou menos dependendo da queixa.
Rosana Britzki De Sordi
Rosana Britzki De Sordi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

São Bernardo do Campo

Avaliação Psicológica para Laudos periciais, admissão em concursos públicos, avaliação da personalidade, avaliação psicotécnica, atendimento de grupos para avaliação psicológica e/ ou porte de armas.
Leidiane Rosa da Silva
Leidiane Rosa da Silva Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga, Psicopedagoga

|

Goiânia

Ver mais

Tem perguntas sobre Avaliação Psicológica?

Nossos especialistas responderam 38 perguntas sobre Avaliação Psicológica.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

É interessante que você procure ajuda de um profissional de psicologia, para que ele lhe ajude a trabalhar essas questões que lhe angustiam e lhe trazem transtornos e prejuízos em sua vida, buscando melhorar sua auto-estima, sua auto-aceitação e auto-segurança, para que, assim você consiga seguir sua orientação sexual e enfrentar as contrariedades da melhor forma possível.

  • 3
  • 13
  • 9
Geane Cleide Viana Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Manaus

Marcar consulta

Recomendo que você abra aos seus pais o que está lhe acontecendo. Muito provavelmente eles buscarão ajuda profissional (de um médico, por exemplo) e através deste serão orientados a também procurar um psicólogo para lhe atender. Uma outra alternativa é buscar ajuda no seu local de estudo. Os profissionais de tal local também poderiam orientar os seus pais sobre a ajuda que você está precisando atualmente. O importante é não continuar a passar por tal sofrimento só.

  • 131
  • 54
  • 31
Clayton dos Santos Silva Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicólogo

São Paulo

Marcar consulta

Olá! A sua questão é muito difícil de responder, pois não existe um resultado padrão de trauma (por exemplo) que foi desencadeado por um evento específico. Pode ser que esse evento em si não causa absolutamente nenhuma dificuldade social ou no campo da sexualidade em uma pessoa, mas em outra possa despertar dúvidas e inibições pesadas. Então, infelizmente não é possível dar uma resposta sem considerar o caso de forma isolada, saber da história pessoal e os elementos ai existentes. Por um lado a construção da sexualidade imposta pelas mídias, revistas, filmes pornográficos, filmes românticos etc, pode fazer com que uma criança, que desde muito cedo tenha contato com esses materiais, acaba por construir um ideal fantasioso de como sãos as mulheres (muitas editadas em programas específicos para retirar imperfeições) e o sexo (extrapolando até o bom senso), por exemplo. Mas no fim é necessário explorar o caso em si, como único, para se dizer algo de mais concreta.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 60
  • 81
  • 54
Leandro Winter Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicólogo

Curitiba

Marcar consulta

A psicoterapia certamente poderá lhe ajudar. Procure um psicólogo para um atendimento inicial, pois o mesmo poderá realizar uma avaliação mais ampla sobre o caso. Este profissional poderá trabalhar com você as questões que tem te deixado infeliz, com o sentimento de frustração e demais questões que poderão surgir ao longo dos atendimentos. Caso seja necessário, este profissional irá te encaminhar para outros especialistas.

  • 40
  • 30
  • 13
Marina Souza Duarte Alvarenga

Psicóloga

Belo Horizonte

Ver as 38 perguntas sobre Avaliação Psicológica