Bartolinectomia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Bartolinectomia

Informação sobre Bartolinectomia

A glândula de Bartholin é uma glândula pequena localizada de cada lado dos lábios menores da vagina (uma em cada lado), na parte de fora da abertura da vagina. Durante a estimulação sexual, a glândula de Bartholin libera um fluido lubrificante. O cisto de glândula de Bartholin se desenvolve quando a glândula fica obstruída (entupida). A glândula de Bartholin pode ser obstruída por uma variedade de causas, como infecções, inflamações ou irritação crônica. Muitos dos cistos da glândula de Bartholin não causam nenhum sintoma. Eles normalmente são descobertos quando uma mulher nota um pequeno caroço, indolor externo à abertura da vagina, ou quando um médico o observa durante um exame ginecológico de rotina. Porém, se o cisto crescer mais que 1,5 cm. de diâmetro, ele pode causar desconforto ao sentar, ou durante o ato sexual. Se um cisto é infectado, ele se enche de pus, fica firme, inchado, e muito doloroso, tornando difícil para a mulher sentar, caminhar ou ter uma relação sexual. O cisto cheio de pus é chamado abscesso. O médico irá diagnosticar o cisto de Bartholin no exame ginecológico de rotina. Ele pode saber se o cisto é infectado de acordo com sua aparência e seus sintomas. A bartolinectomia é a retirada da glândula de Bartholin. Esta cirurgia se faz com anestesia local. Não é necessário anestesia geral. É um processo simples que se faz no consultório. A recuperação é fácil, pois não há agressão ao tecido vulvar. Durante a recuperação é importante a abstinência sexual, os antibióticos e cuidados de higiene. O benefício desta cirurgia é de se ver livre de irritações e inflamações num local sensível.

Possui uma dúvida concreta sobre Bartolinectomia? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Bartolinectomia

Bartholinectomia é a retirada de uma das glândulas produtoras de secreção vaginal. Realizada via vaginal. As principais complicações, apesar de nada graves, são dor, edema e hematoma local. Geralmente os cistos provenientes desta região da vulva devem ser extirpados totalmente para diminuir chances de recidivas. Ha poucos pontos no local da cirurgia mas os cuidados pela paciente são intensivos para evitarmos as complicações pós-operatórias.
Dr. Marcelo Ponte Dias
Dr. Marcelo Ponte Dias Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Paulo

Tem perguntas sobre Bartolinectomia?

Nossos especialistas responderam 213 perguntas sobre Bartolinectomia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Após uma rotura com drenagem espontânea de um cisto (abscesso) de glândula de Bartholin o ideal será terminar de drenar e esvaziar o conteúdo do cisto com a saída de quase toda pús. Para tal finalidade você poderá procurar um serviço médico onde também deverá ser receitado um antibiótico para tratamento da infecção, da Bartholinite, e medicamento para aliviar a dor.

  • 575
  • 538
  • 313
Dr. Roberto Buenfil de Faria Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Existem cirurgias para resolver o seu problema. A bartolinectomia é uma dessas cirurgias, porém com o incovinente de reduzir a lubrificação vaginal. Existem cirurgias menos invasivas para eliminar "esse caroço".

  • 844
  • 181
  • 6168
Dr. Fabiano Malzac Franco

Ginecologista

Rio de Janeiro

Devido ter poucos dias da cirurgia pode ser ainda normal porém como você tem sintomas urinários associados a dor melhor passar em consulta e conversar com seu médico para afastar uma infecção urinária também.

  • 575
  • 538
  • 313
Dr. Roberto Buenfil de Faria Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Sim, por causa da anestesia utilizada que geralmente é de bloqueio tipo raquianestesia necessitando um jejum de 8 horas antes da cirurgia. Converse com seu médico.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 575
  • 538
  • 313
Dr. Roberto Buenfil de Faria Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 213 perguntas sobre Bartolinectomia