Correcao Endovascular De Aneurisma Da Aorta Abdominal - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Correcao Endovascular De Aneurisma Da Aorta Abdominal

Informação sobre Correcao Endovascular De Aneurisma Da Aorta Abdominal

O que é?

A correção endovascular de aneurisma da aorta abdominal é uma técnica relativamente recente para solucionar um grave problema cardíaco. Aneurisma é uma dilatação anormal, localizada e permanente na parede de qualquer artéria do organismo humano. Tem o formato similar ao de um balão. O aneurisma da aorta abdominal é o que ocorre com mais frequência no corpo humano. A aorta é encarregada de bombear o sangue para todo o corpo a partir do coração. Para caracterizar-se o aneurisma é preciso que a dilatação seja maior que 50% do tamanho normal da artéria. Quanto maior o aneurisma, maior o risco de rompimento. A correção endovascular de aneurisma da aorta abdominal parte de uma incisão no abdome e tem como objetivo colocar uma prótese de material sintético para aliviar a pressão de sangue sobre a parede enfraquecida evitando que se rompa.

Qual é a causa?

Os médicos não conseguem apontar uma causa específica para o surgimento do aneurisma da aorta abdominal. Porém, há um risco maior de a doença surgir em pessoas com idade igual ou superior a 60 anos. Outros fatores de risco são: fumo, pressão alta, colesterol alto, enfisema, fatores genéticos e obesidade. Homens têm mais chance de desenvolver esse tipo de aneurisma que mulheres.

Quais os sintomas?

Os aneurismas se desenvolvem lentamente, durante anos, e na maioria dos casos são assintomáticos. Em caso de uma expansão muito rápida ou rompimento, aparecem sintomas como dor intensa no abdome ou nas costas que pode se irradiar para virilha, nádegas ou pernas; pele fria e úmida; náusea; vômitos; frequência cardíaca acelerada e entrada em estado de choque.

Como fazer o diagnóstico?

Para descobrir a existência do aneurisma da aorta abdominal o médico deve conduzir um exame físico no abdome. Nesse exame, que também inclui a avaliação da pulsação e circulação das pernas, o médico pode encontrar massa abdominal, abdome duro ou rígido ou sensação de pulsação do abdome. Se isso ocorrer, ele deverá recorrer a exames como ultrassom abdominal ou tomografia computadorizada do abdome para confirmar o diagnóstico.

Qual o tratamento?

Se o aneurisma da aorta provocou hemorragia, a cirurgia é a única opção de tratamento. Se o aneurisma for encontrado ainda pequeno e não houver sintomas, é preciso decidir qual o risco maior: o da cirurgia ou o do rompimento do aneurisma. Se a opção for por não operar, deve-se acompanhar o desenvolvimento do aneurisma com exames anuais de ultrassom. São considerados casos cirúrgicos aneurismas com mais de 5,5 centímetros ou, mesmo que não tenham chegado a esse tamanho, que venham crescendo muito rapidamente.

Possui uma dúvida concreta sobre Correcao Endovascular De Aneurisma Da Aorta Abdominal? Pergunte aos nossos especialistas.

Tem perguntas sobre Correcao Endovascular De Aneurisma Da Aorta Abdominal?

Nossos especialistas responderam 3 perguntas sobre Correcao Endovascular De Aneurisma Da Aorta Abdominal.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

A correção endovascular do aneurisma é um procedimento de alta complexidade apesar de ser menos invasivo que uma cirurgia aberta. Também existem problemas e riscos inerentes a esta técnica. Os riscos podem ser classificados por órgãos e sistemas. Exemplos: renais ( insuficiência renal pelo uso do contraste), anestésicos (inerentes á anestesia), hemorrágicas ( perda de sangue nas punções ou em eventuais rupturas ou perfurações arteriais), cardíacas ( variações de pressão arterial e sobrecargas cardíacas), infecciosas (quando ocorre contaminação e infecção da prótese), neurológicas e vários outras complicações que expõem o paciente á riscos dependendo do seu estado geral.

  • 29
  • 21
  • 83
Dr. Marcelo Zanoni

Cirurgião vascular, Especialistas em Administração em Saúde

Florianópolis

É necessário esclarecer se os sintomas podem ter outra causa, se há dissecções em outras artérias, qual é a anatomia da lesão, qual é o estado clínico da pessoa (idade, outras doenças, cirurgias ou intervenções prévias, etc...) e também é muito importante ter mais de uma opinião em casos como este, e sentir confiança no profissional que escolher para lhe cuidar. Aneurisma deste tamanho geralmente tem tratamento conservador, porém a dissecção deve melhor avaliada do que simplesmente ver o seu tamanho.

  • 63
  • 25
  • 80
Dr. Felipe Skupien Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

Ponta Grossa

Marcar consulta

O diâmetro realmente é um dos principais fatores preditores do risco de rompimento de um aneurisma de aorta, mas não é o único. Como regra geral, diâmetro maior que 5,5cm por si só já indica tratamento cirúrgico, mas outros fatores, como as doenças concomitantes e características do aneurisma, devem ser levados em conta. O fundamental neste momento é consulta com um cirurgião vascular/endovascular com experiência no tratamento de aneurismas.

  • 14
  • 7
  • 20
Dr. Sergio Belczak Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 3 perguntas sobre Correcao Endovascular De Aneurisma Da Aorta Abdominal