Densitometria óssea - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Densitometria óssea

Informação sobre Densitometria óssea

Qual é a densitometria óssea?

Um teste de densitometria óssea é um teste especial de raios-X, usado para medir o teor de cálcio do osso, geralmente na região lombar (área lombar) e quadris. É também chamado de digitalização DEXA, scans QDR, ou medição da DMO (densidade mineral óssea).

Qual é a diferença entre uma densitometria óssea e Raio X?

Densitometria óssea mede o teor de cálcio dos ossos, que não pode ser calculado com uma radiografia normal. Apesar de nos raios-X poder parecer que os ossos contêm pouco cálcio, isso  não é confiável, já que algumas pessoas com osteoporose podem ter radiografias completamente normais. A radiografia é mais confiável para detectar fraturas recentes e outras doenças dos ossos.

Onde a densitometria óssea é usada?

A densitometria pode ajudar o médico, que examina tal paciente para a osteoporose, para avaliar o risco que há de sofrer uma fratura óssea nos próximos anos. Em geral, aquelas pessoas cuja densidade mineral óssea é significativamente menor do que o normal para sua faixa etária e sexo são mais propensos a quebrar um osso. Se o paciente recebe tratamento médico para aumentar a  densidade óssea, o teste  pode ser repetido dentro de dois anos para avaliar a progressão.

Como é a densitometria óssea?

O teste demora entre 10 e 30 minutos, dependendo do equipamento utilizado e partes do corpo que são examinados. Se o médico quer ver se há osteoporose,  muitas vezes explora-se a coluna lombar e quadril, e no pulso, já que o seu conteúdo de cálcio é diferente de outras partes do corpo. Você pode comer antes do exame, e não precisa se despir (se as roupas não contenham botões ou zíperes de metal). Com  laptops cada vez mais utilizados, pode-se instalar um em uma consulta no centro de saúde, e assim verificar o BMD (densidade mineral óssea) do osso do calcanhar (calcâneo).

Exemplo de uma densitometria de quadril esquerdo

As áreas azuis do gráfico (à esquerda) representam a massa óssea em mulheres de diferentes idades. Como pode ser visto, a massa óssea é menor nos majores. Os da área azul escuro tem uma maior massa óssea do que a média para sua idade, enquanto que aqueles que estão na área azul estão abaixo. A curva dos homens é semelhante, mas é o melhor classificado no gráfico, e diminui menos com a idade (lembre-se que a menopausa com a sua diminuição do nível de hormônio feminino estrógeno, é uma das causas da osteoporose, daí a importância de consultar um médico nessa fase da vida, para os estudos relevantes)

Possui uma dúvida concreta sobre Densitometria óssea? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Densitometria óssea

O diabo sabe mais por ser velho do que por ser diabo. Há décadas atrás quando iniciei minha prática médica este exame para o diagnóstico de osteoporose não existia. Quando era feito o diagnóstico a doença já estava avançada e os ossos particularmente as vértebras das pacientes já estavam quebrando espontaneamente e comprimindo raízes nervosas causando dores insuportáveis e incapacitantes. Fraturas de punho e colo de fêmur eram extremamente comuns e de difícil tratamento. Aliás não haviam os poderosos remédios que hoje dispomos para impedir o surgimento da osteoporose. Deve ser realizado periodicamente em todas as pacientes menopausadas.
Dr. Irineu Umberto Librenza
Dr. Irineu Umberto Librenza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico clínico geral

|

Paranavaí

Tem perguntas sobre Densitometria óssea?

Nossos especialistas responderam 7 perguntas sobre Densitometria óssea.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Boa tarde! Para este tipo de exame, cria-se um protocolo de acordo com pesquisas realizadas previamente em outras pessoas para ver melhores locais para avaliação óssea. Neste caso da densitometria, o fêmur é um destes locais.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 97
  • 27
  • 70
Dr. Thiago Santos Hirose Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Pediatra

Ribeirão Preto

A Densitometria óssea é um exame que avalia a massa óssea e estima o risco de fratura dos ossos. Várias especialidades podem tratar a Osteoporose a Osteopenia que são diagnosticadas pela Densitometria óssea, em especial, o Reumatologista.

  • 33
  • 4
  • 62
Dr. Thiago Ferreira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Reumatologista

São Paulo

Este exame é solicitado mediante avaliação médica e quando há indícios que indiquem possibilidade de osteoporose. Qualquer médico pode solicitar, embora seja mais comum os reumatologistas, clínicos , endocrinologistas, ginecologistas, ortopedistas.

  • 245
  • 79
  • 168
Otávio Gomes da Paz Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Internista, Reumatologista

Belém

Se a última densitometria estava normal, pode fazer a próxima após 2 anos, caso contrário deve fazer anualmente e seguir com mercadores bioquímicos osteocalcina e CTX a cada 3 meses.

  • 1152
  • 458
  • 1247
Dr. Luiz De Almeida

Endocrinologista

Nova Iguaçu

Ver as 7 perguntas sobre Densitometria óssea