Facectomia Para Implante De Lente Intraocular - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Facectomia Para Implante De Lente Intraocular

Informação sobre Facectomia Para Implante De Lente Intraocular

O que é?

A facectomia para o implante de uma lente intraocular é um procedimento cirúrgico para cura da catarata. A catarata é uma das mais comuns doenças nos olhos. Trata-se da opacidade do cristalino. O cristalino é uma lente que temos dentro do olho. Quando ele fica opaco, a visão é diminuída. É necessário então trocar essa lente natural por uma artificial. Há uma série de lentes intraoculares capazes de substituir o cristalino. Uma das mais populares é a de acrílico dobrável. A cirurgia é realizada sem necessidade de internação e com anestesia local. Há técnicas diferentes para essa cirurgia: - Facectomia intracapsular: a lente é totalmente removida após ser congelada - Facectomia extracapsular: faz-se uma abertura na cápsula anterior da lente natural e extrai-se o núcleo - Facoemulsificação: a lente é removida por vibração e sucção

Qual é a causa?

A catarata pode ser congênita ou adquirida. As cataratas congênitas aparecem nas crianças. Cerca de um quinto delas são desenvolvidas em razão de problemas hereditários. A maioria dos casos, no entanto, é causada infecções, como a rubéola durante a gravidez, ou por desordens metabólicas como o diabetes. A principal razão das cataratas adquiridas é o envelhecimento. Ela é mais comum em pessoas com idade igual ou superior a 60 anos. Entre as razões para o seu aparecimento também estão: trauma, uso de medicamentos com corticoides, inflamações intraoculares, radiações e doenças como o diabetes.

Quais os sintomas?

A catarata causa a diminuição da visão podendo levar até à cegueira quando não tratada corretamente. Pacientes com catarata comumente queixam-se de visão dupla, têm dificuldade para distinguir cores ou mesmo perceber cores diferentes, reclamam que a visão piora com a luminosidade solar e apresentam muita dificuldade para leitura.

Como fazer o diagnóstico?

Uma entrevista sobre o histórico do paciente e um exame físico são suficientes para o diagnóstico da catarata.

Qual o tratamento?

Quando a visão não melhora com o uso de óculos, o tratamento indicado é sempre cirúrgico.

Possui uma dúvida concreta sobre Facectomia Para Implante De Lente Intraocular? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Facectomia Para Implante De Lente Intraocular

A Cirurgia de Facectomia com implante de lente intraocular é muito usada para a correção da CATARATA. Hoje em dia com a evolução das lentes intraoculares já realizamos cirurgia no menor tempo possível, com anestesia local, o que melhora o conforto do paciente no período de pós operatório e aumenta a velocidade de recuperação da função visual. Hoje também já realizamos o implante de lentes com o objetivo FACO REFRATIVO, isto é, dispensar o uso dos óculos. Importante evolução nos últimos 10 a 15 anos.
Dr. Gustavo Martins Baptista de Deus
Dr. Gustavo Martins Baptista de Deus Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

|

Curitiba

Tem perguntas sobre Facectomia Para Implante De Lente Intraocular?

Nossos especialistas responderam 84 perguntas sobre Facectomia Para Implante De Lente Intraocular.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Existem diferentes tipos de opacidade pós-cirurgia de catarara. Alguns tipos podem ser resolvidos com laser, porém se houver opacificação definitiva da lente intra ocular a cirurgia para remoção da lente será necessária. Os riscos da cirurgia são variáveis, sendo os mais graves o descolamento de retina, inflamação intra ocular, impossibilidade de implante de nova lente, infecção e glaucoma. A recomendação é de fazer uma avaliação completa com oftalmologista e discutir de forma detalhada os riscos e benefícios antes de fazer qualquer procedimento.

  • 28
  • 33
  • 54
Dr. Felipe Telöken Diligenti

Oftalmologista

Porto Alegre

Se o paciente não possuir nenhuma alteração além da catarata e a cirurgia ocorrer sem alterações, o paciente provavelmente irá ter visão 100%, isto não significa que será sem óculos.

  • 120
  • 131
  • 179
Dr. Marcio Adriano Gomes Ferreira

Oftalmologista

Palmas

Olá. A cirurgia pode sim ser realizada em ambos os casos. Porém como o olho já possui outras alterações que podem de certa forma fragilizá-lo, é necessário realizar alguns exames pré operatórios específicos para mensurar adequadamente o risco benefício. Na imensa maioria dos casos onde a uveíte e o glaucoma não causaram grandes alterações nos olhos, o resultado da cirurgia de catarata (facectomia) é excelente contribuindo e muito com a melhora da qualidade de vida do paciente. Desejo muito sucesso. Keller Azevedo

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 23
  • 13
  • 17
Dr. Keller Henry Pena de Azevedo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Cada caso é um caso, se for para dar uma resposta curta, seria sim, mas não é a solução mais aconselhável. A cirurgia do cristalino, apesar de ter sido elaborada por causa da catarata, com a evolução das próteses e equipamentos, acabou por ganhar um caráter refrativo. A cirurgia pode ser realizada pensando no resultado refrativo, mas o paciente tem que ter catarata, principalmente se estamos falando de um paciente com menos de 55 anos. Tecnicamente ela é possível de ser realizada, mas estamos falando de uma cirurgia invasiva, com riscos principalmente quando diante de pacientes com grandes ametropias (=alto grau), inclusive a médio e longo prazo. Atualmente temos outras soluções para altas ametropias, cirúrgicas, não cirúrgicas, para correção do grau, e com certeza todas elas estarão na frente antes de pensar na facectomia para fins refrativos. Mas cada paciente deve ser avaliado individualmente para ser tomada a melhor conduta.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 26
  • 17
  • 26
Dr. Daniel Cezar de Andrade Gomes da Silva Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 84 perguntas sobre Facectomia Para Implante De Lente Intraocular