momy2011 - Última resposta: 05/08/2014 14:52

Fui submetida a uma histerctomia puerperal de emergencia devido atonia uterina. Passei 5 dias na UTI de um hospital renomado no Rio de Janeiro e levei quase 2 meses para me recuperar de uma grave anemia. Perdi muito sangue, pois ainda por cima, tive problemas de coagulação. Ainda não sei o que causou a atonia do meu útero. Tive uma gestação maravilhosa, meu bebe nasceu de parto normal com 40 semanas de gestação. Gostaria de saber como pode uma mulher saudável, cuja gestação foi perfeita, ter atonia uterina grave a ponto de ser submetida a uma histerectomia total na primeira gestação?? Por favor, procuro respostas... Obrigada.

Respostas
  • Denunciar didi 08/05/2012 03:14

    Ola, nao sei se te ajuda muito mais por cima como vc descreveu a situação da histerectomia, foi por causa da sua hemorragia que provavelmente não pode ser controlada, o utero é extremamente vascularisado e vc moreria sangrando ia entrar em choque hipovolemico..

    Adicionar comentário
    • Denunciar medica 28/06/2012 18:04

      Hola...estuve lendo su caso...probablemente en el alumbramiento ocurrio algun problema....mal manejo de la placenta...placenta insertada...son cosas q pueden ocurrir..pero..debemos q evitar..Mys sientimientos.

    • Denunciar momy2011 04/03/2013 21:53

      A obstetra precisou usar o fórceps para ajudar na expulsão do bebe. O uso desse instrumento pode ter sido a causa(ou agravado) a atonia uterina?

  • Denunciar quel 25/07/2012 01:29

    sugiro que você solicite seu prontuário no hospital, provavelmente lá existem mais informações e você pode levar a um médico de sua confiança para te ajudar a entender.É um direito seu e o hospital é obrigado a fornecer.

    Adicionar comentário
    • Denunciar momy2011 04/03/2013 21:57

      Fare isso. obrigada.

  • Denunciar IsaaCristhina 23/03/2013 03:43

    Olá, apesar de fazer mto tempo a sua pergunta gostaria de compartilhar a minha infeliz experiencia. Eu tbm tive uma gestação saudável com o bebe, passei mto nervoso mas nada que afetasse a saúde do meu filho. Às 37+4 semanas entrei em TP e internei para parto cesárea, e tbm tive uma atonia uterina seguida de hemorragia aguda, infelizmente seguida por uma histerectomia. Tenho apenas 23 anos, meu primeiro filho e não poderei ter mais. Pelo que li e pesquisei esse problema não tem uma causa especifica. Fazem apenas 3 meses e ainda sinto dor ao me deitar de bruços, e tenho uma cólica terrivel no intestino =/

  • Denunciar Santos 10/06/2013 22:42

    Meninas, passei pela mesma situação há 45 dias. Parto cesárea com 40 semanas, choque hemorrágico seguido de histerectomia. Também foi minha primeira gestação. Conversei muito com meu obstetra,e ele disse que não há causa para a atonia uterina. Todas as manobras foram utilizadas, mas nada pode ser feito, a não ser a retirada do útero para evitar algo pior. Compreendo a dor de vocês, mas vamos valorizar a dádiva que Deus nos deu e criar nossos bebês da melhor forma possível, já que muitas mulheres adorariam estar em nossos lugares. Boa sorte à todas e felicidades aos bebês!!!

  • Denunciar Kassya 28/08/2013 22:09

    Meninas eu também tive atonia uterina seguida de uma histerectomia aos 22 anos (na minha primeira gestação)... Acabei de criar um grupo no face para que nós pudéssemos nos comunicar com outras mulheres que tiveram atonia uterina. Venha fazer parte dele também! Convide mais mulheres que passaram por isso também! O grupo se chama Atonia Uterina.

    Adicionar comentário
    • Denunciar IsaaCristhina 19/09/2013 05:14

      Kassya, não consegui achar o grupo vc cancelou?

    • Denunciar momy2011 24/03/2014 05:27

      O grupo existe sim, acabei de solicitar participação.

    • Denunciar Maia 25/04/2014 04:17

      Olá meninas que bom q vcs se conseguiram se recuperar, eu tive uma cunhada q faleceu em decorrencia de uma cesarea, atonia uterina histerectomia total chegando ao choque hemorragico, deixou tres filhos pequenos...muito triste, eu fico feliz por vcs...

  • Denunciar Paula qQuirino 17/06/2014 03:04

    Ola! Tive uma experiência ainda pior. Tive uma gravidez maravilhosa e um parto tranquilo.Depois q fui pro quarto sangrei mto a noite toda, tive hipotonia uterina q fez com q eu tivesse uma hemorragia tao severa q entrei em choque hipovolemico fui operada as pressas e infelizmente tb fui submetida a histerectomia total, fiz transfusão de sangue e pra piorar tive alergia ao sangue q recebi fui entubada e fiquei na uti por 1 semana. A recuperação foi dificil nao podia nem conversar pois o coração ua a 200 sensação horrível um cansaço inexplicável e fiquei tao palida q parecia uma morta viva. Depois q sai da uti na minha primeira noite em casa veio mais um desespero febre de 40 graus gorri pro hospital e pra piorar tive uma trombose no braco devido ao excesso de medicamentos fiquei mas 5 dias no hospital. Gracas a deus hj estou bem e saudável e mto grata a deus por estar viva. Abs

  • Denunciar Dyna 24/06/2014 02:50

    A atonia uterina deve ser observada sempre antes de piorar a situação, a enfermeira deve sempre estar fazendo o exame físico, observando a distensão uterina... se estiver distensão uterina o utero não está contraindo corretamente... essa é a hora de comunicar ao medico... Atonia uterina é a principal causa de hemorragia pós-parto... o tono muscular deve estar integro... uma massagem abdominal para auxiliar na contração do utero... comunicar rápido ao médico para que avalie e possivelmente entre com Ocitocina endovenosa ou prostaglandina injetada na musculatura uterina para facilitar a contração uterina... pode escapar de uma transfusão de sangue e de uma histerectomia ou morte.

  • Denunciar Isabela 05/08/2014 14:52

    Há 5 anos atrás no meu primeiro parto (cesaria) tive atonia uterina, perdi muito sangue, porém o meu OB conseguiu estancar o sangramento, porém 10 dias depois, em casa levei o maior susto, a hemorragia estava de volta, fui as pressas para o hospital, perdi totalmente os sentidos, entrei em choque, fiz transfusão de sangue e a médica plantonista estava me preparando para a histerectomia, quando meu marido ligou para meu OB o mesmo falou com a médica do hospital e pediu que segurasse mais um pouco a cirurgia, e ministrasse uma dose mais forte de ocitocina, comecei a me recuperar... E graças a Deus e a ele meu médico consegui manter o meu útero e hoje dia 05/08/14 estou a 4 dias de uma nova cesaria do meu segundo bebê, meu milagre... Porém estou com MUITO medo, do que possa acontecer... Sinto muito pelas meninas que perderam o útero... Estou orando para não passar por isso de novo. Um grande beijo