O estado emocional pode subir a glicose?

Pergunta sobre Níveis de glicose no sangue

O estado emocional pode subir a glicose?

Responderam 3 especialistas

  • Olá,

    Sim, o cortisol (o hormônio do estresse) pode sim alterar os níveis de Glicose sanguínea.

    Mas dizer que o estresse CAUSA diabetes é exagerar muito essa situação. Geralmente os paciente diabéticos que passam por MUITO estresse descontrolam sua doença.

    Converse com seu médico para mais informações e maneiras de controlar tanto a Glicose quanto o estresse.

    Abraços

    • 1 especialista está de acordo
    • Dra. Adriana Pessoa
  • Pode e faz mesmo subir desde que você seja diabético ou tenha tendência de se-lo. Aliás o stress piora não só o diabete mas praticamente qualquer doença pré-existente. Por isto repito o que você já sabe: "cuca-fresca" (fácil de falar e difícil de conseguir), dieta saudável e exercícios físicos. Os dados atuais apontam para uma grande importância quanto aos exercícios físicos para o controle do stress( e do diabete,é claro,). Parece que o melhor exercício é o realizado pela manhã, o ideal é que seja aeróbico ( aquele que te deixa com um pouco de falta de ar) e que seja feito dentro da água(hidroginástica,natação,hidrobike e similares.) Isto é o ideal mas qualquer exercício é melhor que nenhum.

  • Além do cortisol (hormônio do estresse), a adrenalina, outro hormônio liberado em situações de perigo, também altera a glicemia.
    A adrenalina causa degradação do glicogênio (estoque de açúcar no fígado). O glucagon (outro hormônio produzido pelo pâncreas) também é ativado inibindo a ação da insulina, a qual diminuiria a glicemia.

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia:

Tem perguntas sobre Níveis de glicose no sangue?

  • Pergunte gratuitamente a milhares de especialistas registrados em Doctoralia.
  • Os profissionais especialistas em Níveis de glicose no sangue receberão sua pergunta e responderão.

A sua pergunta se publicará de forma anônima.

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.