Orientação Vocacional - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Orientação Vocacional

Os especialistas falam sobre a Orientação Vocacional

O processo de orientação profissional é decisivo para uma escolha segura e consciente não só de uma carreira mas também de quem você quer ser e pode contribuir para a construção do seu projeto de vida. É baseado no autoconhecimento, na identificação dos talentos, potenciais e aptidões. Assim, você será capaz de elaborar o seu perfil profissional, com informações sobre as profissões e sobre o mercado de trabalho. A partir deste processo, você vai se sentir mais apto a realizar uma escolha baseada em dados de realidade, definindo seu projeto de vida. É um processo indicado para qualquer faixa etária, para quem busca progredir pessoalmente ou na carreira.
Dra. Jaqueline Figueiredo Ferreira
Dra. Jaqueline Figueiredo Ferreira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Porto Alegre

O principal objetivo do processo de Orientação Vocacional é auxiliar o participante no processo de escolha profissional e oferecer um espaço seguro que promova autoconhecimento, busca de informações e recursos para uma decisão consciente. O processo pode ser individual ou em grupo e conta com dinâmicas, questionários e aplicação de testes vocacionais. A orientação geralmente dura em torno de dez sessões e é formulado de acordo com as condições de cada paciente.
Carolina Alves de Sa Freire
Carolina Alves de Sa Freire Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

São José dos Campos

A Orientação Vocacional pode proporcionar ao jovem uma forma de resolver o "dilema" diante desse momento de decisão. O processo de avaliação é feito através de entrevista, questionários de interesse, testes projetivos, testes de personalidade e teste intelectual. O papel do psicólogo (orientador vocacional) é: - ajudar o jovem a pensar sobre sua própria realidade; - analisar os possível aparecimentos de conflito diante da tomada de decisões em relação ao seu presente e ao seu futuro profissional. O adolescente pode apresentar dificuldades, tais como: mudanças de comportamentos, atitudes agressivas, impulsivas ou de irritabilidade, aumentando a ansiedade.
Dra. Sirlei D. Ribeiro Giannini
Dra. Sirlei D. Ribeiro Giannini Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

|

Uberlândia

Um conjunto de práticas destinadas ao esclarecimento das diversas profissões. Bem como rotina, local de trabalho e perfil emocional. Trata-se de um trabalho preventivo e analítico: desenvolver elementos necessários para possibilitar a melhor situação de escolha para cada sujeito. Convém destacar que a procura vocacional é uma tarefa pessoal onde cada indivíduo se reconhece como protagonista, mesmo contando com os recursos necessários para discernir o que procura.
Dra. Betânia Tassis
Dra. Betânia Tassis Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

|

Rio de Janeiro

Realizo "Orientação de Carreira", pois é quase impossível se realizar uma vocacional, pois o termo é muito amplo. Mas a Orientação de Carreira consiste na possibilidade de fazer uma reflexão aprofundada sobre as principais características do sujeito e como utilizá-las de forma produtiva. São utilizados testes que auxiliam na velocidade e coleta de informações do processo.
Carina Lucion
Carina Lucion Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

|

Palmeira Das Missões

Ver mais

Tem perguntas sobre Orientação Vocacional?

Nossos especialistas responderam 3 perguntas sobre Orientação Vocacional.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

O mais indicado neste caso é procurar ajuda de um Psicólogo que trabalhe com orientação vocacional. Normalmente, ocorrem entre oito e dez encontros com atividades, discussões e testes para orientar de forma mais assertiva. Boa sorte. Abraços

  • 3
  • 7
  • 3
Vanessa Torres

Psicóloga

São Paulo

você pode conversar com sua filha sobre como anda a escola, quais as percepções dela, o que ela tem achado. O ano escolar, mudanças de classe, de rotina, dependendo da idade, podem influenciar no rendimento. Além disso, você pode conversar com os professores dela, verificar com ela como andam as tarefas, sentar com ela pra fazer as tarefas e ver na escola como anda o comportamento dela. Cabe verificar se tiveram mudanças na vida de sua filha que podem influenciar isso, como mudança de escola, de bairro, de classe, a perda de algum familiar, nascimento de um bebê... essas são algumas variáveis que podem influenciar no rendimento escolar dela. Você também pode verificar se ela está com algum problema visual. Caso seja influencia de algum fator emocional, você pode buscar algum psicólogo ou pediatra para maiores orientações.

  • 57
  • 179
  • 58
Camilla Monti Oliveira

Psicóloga

Ribeirão Preto

A Orientação Vocacional é realizada através de entrevistas, questionários e testes psicológicos. Sua finalidade é avaliar, analisar, esclarecer e informar suas áreas de interesse. O psicólogo leva o jovem a pensar sobre sua escolha profissional relacionando-se com sua história pessoal e como fruto do seu processo de desenvolvimento. São realizados no mínimo 8 encontros.

  • 6
  • 13
  • 11
Michelly Oliveira da Fonseca

Psicóloga

Goiânia

Ver as 3 perguntas sobre Orientação Vocacional