Puncao Lombar - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Puncao Lombar

Os especialistas falam sobre a Puncao Lombar

Procedimento pelo qual retiramos uma pequena quantidade de líquido que banha o cérebro para análise laboratorial. Consiste numa punção com agulha apropriada ao nível da região lombar. O exame é de rápida execução, cerca de 15 minutos. A análise deste material é importante para diagnóstico de meningite virais e bacterianas, serve para medir a pressão no interior do cérebro e é considerado parte do tratamento em situações que a pressão cerebral está elevada. É importante lembrar que este procedimento se refere a retirada do líquido e que o liquor deverá ser encaminhado para laboratório de preferência do paciente.
Dr. Patrick Teixeira Cateringer
Dr. Patrick Teixeira Cateringer Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

Barreiras

A punção lombar consiste na coleta do líquido cefalorraquidiano (LCR, líquor) na medula espinhal, através da utilização de uma agulha, para exame citológico e também para injeção de quimioterapia com a finalidade de impedir o aparecimento (profilaxia) de células tumorais no sistema nervoso central ou para destruí-las quando existir doença (carcinomatose meníngea) nesse local. Sua principal utilização é no diagnóstico de infecções meníngeas, bem como de outras condições neurológicas.
Dr. Gilmar de Oliveira Dornelas Junior
Dr. Gilmar de Oliveira Dornelas Junior Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

|

Campo Grande

Tem perguntas sobre Puncao Lombar?

Nossos especialistas responderam 3 perguntas sobre Puncao Lombar.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

A análise do líquor, coletado através da punção lombar, não define o diagnóstico de Esclerose Múltipla ou Neuromielite óptica. Este exame serve como um dado a mais para diferenciar as duas doenças. Fornece uma convicção maior ao médico neurologista. Existem critérios para realizar o diagnóstico dessas doenças. Normalmente é levado em conta a história clínica, o exame neurológico, exames laboratoriais e exames de imagem. O líquor ajuda, porém não define o diagnóstico.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 71
  • 31
  • 48
Dr. Lucas Silvestre Mendes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Fortaleza

A punção lombar, quando bem indicada e realizada por profissional qualificado, apresenta baixo risco de complicação. Dói um pouco, porém é suportável. Quando realizada por profissional experiente, pode inclusive ser realizada sem anestesia. Após o procedimento, o paciente deve permanecer em repouso durante o restante do dia, de preferência em decúbito zero grau (deitado sem travesseiro), e procurar se hidratar bastante. A principal complicação se chama cefaléia pós-punção lombar. Pode ocorrer independentemente do médico. Se houver dor de cabeça nos dias seguintes ao procedimento, o paciente deve procurar o hospital novamente, para receber o devido diagnóstico e tratamento. Todos esses detalhes costumam ser explicados pelo médico que realiza o procedimento.

  • 71
  • 31
  • 48
Dr. Lucas Silvestre Mendes Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Fortaleza

estímulo entre 3khz e 300 ghz - usada para tratamento estético - de flacidez - e destruição seletiva de estruturas profundas como no DREZ

  • 255
  • 29
  • 218
Dr. Julio Gallani da Cunha

Neurocirurgião, Neurologista

Santos

Ver as 3 perguntas sobre Puncao Lombar