Traquelectomia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Traquelectomia

Informação sobre Traquelectomia

A traquelectomia é a extirpação cirúrgica do colo uterino com preservação do útero. A traquelectomia é uma cirurgia conservadora da função reprodutora. A traquelectomia está indicada para o tratamento de lesões intraepitaliais em colo uterino e para câncer invasivo. Pode ser realizada com anestasia geral endovenosa, local ou peridural, com duração de aproximadamente 20 minutos. Às vezes existe a necessidade de dilatar o colo uterino para poder realizar o procedimento com mais segurança. Na traquelectomia pode ser possível o emprego de pontos intra vaginais no colo uterino, a fim de conter eventuais sangramentos que se façan presentes no momento da cirurgia. Pode tornar-se necessário a colocação de compressas de gazes para contenção de possíveis sangramentos resultantes do ato cirúrgico. Após a traquelectomia a paciente pode apresentar cólicas abdominais que melhoram com medicação. A alta geralmente ocorre duas a três horas depois da traquelectomia. As complicações que pode haver são infecção uterina, lesão do trato urinário, fechamento de canal endocervical, lesão intestinal, hemorragias, etc.

Possui uma dúvida concreta sobre Traquelectomia? Pergunte aos nossos especialistas.

Tem perguntas sobre Traquelectomia?

Nossos especialistas responderam 220 perguntas sobre Traquelectomia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Isso depende muito da sua idade, do seu desejo ou não de engravidar, é preciso analisar todos os aspectos e exames e juntamente com você tomar a melhor decisão. Att

  • 71
  • 66
  • 126
Cristina Moreira Leite Carneiro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Não , a traquelectomia é indicada para remoção de lesões do colo uterino , pré-cancerígenas acentuadas. A avaliação da extensão da lesão, quando a mesma existe; é feita atraves do exame de colposcopia, mas não para avaliar a extensão da infecção.Nem sempre uma pessoa que foi infectada pelo virus hpv, tem lesão induzida pelo hpv, Att,

  • 91
  • 30
  • 199
Dra. Cátia Barcelos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Niterói

Seu caso tem que ser avaliado em partes. Em primeiro lugar, se o adenocarcinoma está curado realmente, se foi completamente retirado e se você já está liberada pelo oncologista ( caso esteja em acompanhamento com algum). Após certificar-se de foi completamente tratada, você pode engravidar. Contudo há chance do colo ter ficado incompetente . Isto significa que ele pode não permanecer fechado durante toda a gravidez. É possivel que você precise fazer uma cerclagem para manter a continência do colo até o final da gestação. Há risco de parto prematuro e deve ser acompanhado com um pré-natal bem detalhado e um profissional especialista em gestação de alto risco. Lembrando que a traquelectomia é o tratamento correto para as pacientes com condições clínicas e que ainda desejam gestar. Boa sorte!

  • 10
  • 9
  • 10
Dra. Laura Almeida de Oliveira Garambone Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista, Mastologista

Rio de Janeiro

Após a realização da traquelectomia ou qualquer procedimento para avaliação do colo do utero, em lesões suspeitas, deve-se manter o controle periódico com a colpocitologia oncótica (papa nicolau) e a colposcopia, e se necessário na avaliação colposcópica o médico especialista deverá realizar a biópsia em qualquer lesão suspeita ao exame! Retorne ao seu médico e esclareça suas duvidas!

  • 101
  • 126
  • 75
Alyk Vargas Alcobia Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 220 perguntas sobre Traquelectomia