Rua 6-A, Número 221 (Setor Aeroporto) 74075220 Goiânia, Goiás GO | ver mapa

Especialidades e Profissionais

Equipe Médica

Opiniões para Clínica Otorrino São Braz

5

Baseado em 3 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a em Clínica Otorrino São Braz?

Opinar

O melhor: "Excelente profissional,muito atencioso estuda a fundo o problema do paciente.No meu caso mesmo era bastante complicado ja fiz 3 cirurgias e depois de um tempo meu nariz entope total de um lado, o Dr. me incentivou a fazer novamente vendo a dificuldade de respirar.Gracas a Deus e ele hj to muito bem."

Motivo da visita: fratura nariz antiga

Paciente que marcou consulta com Dr. Márcio Niemeyer em Clínica Otorrino São Braz

O melhor: "atendimento excelente, bastante profissional e compromissado com a ética médica."

Motivo da visita: Otorrinolaringopatias

Paciente que marcou consulta com Dr. Márcio Niemeyer em Clínica Otorrino São Braz

"Melhor otorrino de Goiás. Muito competente."

Sheila C. marcou consulta com Paulo Cesar Fenelon em Clínica Otorrino São Braz

Serviços

  • Otorrinolaringologia
    Preço
    Preços aproximados informados pelo profissional para pacientes particulares (sem plano de saúde).
    Ultima atualização: 01/03/2018

Respostas dos especialistas

1 Especialistas participando

39 Respostas

17 Especialistas de acordo

44 Pacientes agradecidos

Especialistas de Clínica Otorrino São Braz estão respondendo perguntas que os usuários enviam a Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Prezado(a) leitor(a):
Esta resposta depende da atividade que for desempenhar. Por exemplo, se for um trabalho com exposição à níveis intensos de exposição ao som, há um risco de progressão da perda, mesmo se houver proteção, afinal não sabemos qual foi a causa da sua. Então, muitas empresas, por uma questão jurídica, optam em não admitir pacientes com perdas auditivas maiores, pois, se houver progressão, mesmo que seja por outra causa, a empresa pode ser imputada juridicamente por danos. Por outro lado, se for desempenhar funções sem exposição ao som, por exemplo, trabalho interno, em escritório, não há inaptidão. Se houver alguma dificuldade de comunicação, é só colocar aparelho auditivo e partir para o trabalho. Se houver uma progressão da perda auditiva, não há relação de causa e efeito entre a perda e o trabalho neste caso.

Dr. Márcio Niemeyer
  • 39
  • 17
  • 44

Dr. Márcio Niemeyer

Otorrino

{0}{1}