Av. Raja Gabaglia, 1002 (Gutierrez) 30350-540 Belo Horizonte, Minas Gerais MG | ver mapa

Especialidades e Profissionais

Equipe Médica

Opiniões para Hospital Madre Teresa

5

Baseado em 93 opiniões

Pontualidade

Atenção

Instalações

Você foi atendido/a em Hospital Madre Teresa?

Opinar

O melhor: "Dr. Felipe Bicalho é um excelente profissional. Fiz com ele uma cirurgia para a retirada de um Neurinoma e fui super bem assistida. Todo o processo foi analisado para que tudo ocorresse da melhor maneira possível. Não houve nenhuma sequela, o que comprova o sucesso e o trabalho de qualidade. Obg!"

Motivo da visita: Neurinoma

Paciente que marcou consulta com Dr. Felipe Bicalho Maluf em Hospital Madre Teresa

O melhor: "Pontualidade. Atenção. Profissionalismo impecável."

Motivo da visita: Cálculos na vesícula biliar

Maria A. marcou consulta com Dr. Rodrigo Fabiano Guedes Leite em Hospital Madre Teresa

Marcou consulta na Doctoralia

O melhor: "Excelente profissional, muito educado e super atencioso. Uma graça de pessoa. Um ser humano liminado por Deus."

Paciente que marcou consulta com Dr. Felipe Bicalho Maluf em Hospital Madre Teresa

O melhor: "Profissional ímpar, cortês e preciso em seus diagnósticos, transparece domínio na profissão, ótimo profissional, cuidou de mim e da minha mãe de forma pericial e zelosa."

Motivo da visita: Tendinite

Raphael D. marcou consulta com Dr. Lucas Braga Jacques Gonçalves em Hospital Madre Teresa

Ver as 93 opiniões sobre Hospital Madre Teresa

Serviços

  • Cardiologia
  • Primeira consulta Cardiologia
  • Retorno de consultas Cardiologia
  • Consulta domiciliar Cardiologia

Respostas dos especialistas

5 Especialistas participando

26 Respostas

9 Especialistas de acordo

55 Pacientes agradecidos

Especialistas de Hospital Madre Teresa estão respondendo perguntas que os usuários enviam a Doctoralia.
Descubra mais

As perguntas se enviam das páginas sobre doenças, exames médicos ou medicamentos.

Todos os especialistas da Doctoralia podem responder as perguntas que enviam os usuários.

Não é possível fazer uma pergunta a um médico em concreto.

Não há evidências científicas de que medicamentos tópicos (cremes) são eficazes no tratamento das varizes dos membros inferiores. O tratamento de varizes baseia-se na prática de exercícios físicos regulares e controle do peso, uso de meia elástica e medicamentos orais para controle dos sintomas, e cirurgia e escleroterapia dependendo de cada caso. Consulte um angiologista para uma avaliação individualizada antes de iniciar qualquer tratamento.

Dra. Carla Souza Friche
  • 4
  • 2
  • 6

Dra. Carla Souza Friche

Angiologista, Cirurgião vascular

Atualmente, você tem obesidade grau I associada a comorbidades importantes, como hipertensão arterial sistêmica e diabetes mellitus tipo 2. Vários trabalhos, pesquisas e sociedades científicas nacionais e internacionais endossam a indicação da cirurgia bariátrica/cirurgia metabólica nesses casos (IMC 30 a 34,9) devido aos benefícios observados na melhora precoce do diabetes tipo 2. Entretanto, até o momento, o CFM (Conselho Federal de Medicina) e ANS (Agencia Nacional sd Saúde) não incluiram essa indicação cirúrgica. Por enquanto, aceita-se como indicação paciente com IMC > 35 com comorbidades. Sugiro que converse com seu endocrinologista,

Dr. Rodrigo Fabiano Guedes Leite
  • 5
  • 2
  • 2

Dr. Rodrigo Fabiano Guedes Leite Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Dificil responder sem avaliação clínica direta. Neste caso primeiramente é importante entender o que realmente aconteceu. Existe possibilidade de ter tido uma entorse do joelho e dai: lesão ligamentar (cruzados, ligamentos laterais), lesao tipo luxação do joelho ou mesmo ainda uma luxação da patela (o que pode ter sido o caso).

Entendo o que aconteceu aí sim podemos orientar o que melhor fazer. Existem varias etapas no tratamento. A primeira etapa numa entorse na maioria das vezes é a imobilizacao, a proteção com o uso das muletas e o tratamento medicamentoso. Devido o quadro inflamatorio apos a lesão e o proprio mecanismo de defesa do corpo a musculatura (principalmente da coxa) entra em espasmo, ficando hipotrofiada. Dai pode vir a incapacidade de estica la totalmente. Todavia outros motivos podem ser os causadores. Sabendo o que relamente aconteceu uma reabilitacao precoce poderia evitar ou minimizar tal ocorrido.

O ideal é que seja avaliada o quanto antes por profissional médico.

  • Obrigado 3
  • 1 especialista está de acordo
  • 5
  • 1
  • 12

Dr. Eduardo Frois Temponi

Ortopedista - Traumatologista

Ver as respostas de especialistas de Hospital Madre Teresa.

{0}{1}