Especialistas em Esquizofrenia e transtornos com características psicóticas

O que é?

A esquizofrenia é uma desordem cerebral crônica e incapacitante. O termo foi criado em 1911 pelo psiquiatra suíço Eugem Bleuler e tem o significado de mente dividida. A condição é apresentada por 1% da população e atinge homens e mulheres na mesma proporção. Ela aparece no final da adolescência ou no início da idade adulta, sempre antes dos 40 anos.

Qual é a causa?

A ciência ainda não conhece o causador da esquizofrenia. Estudos apontam apenas que uma combinação de fatores é necessária para seu desencadeamento. A genética é um deles. Filhos de indivíduos esquizofrênicos apresentam 10% a mais de chances de desenvolvimento da doença que a população em geral. Fatores biológicos como, por exemplo, problemas na gravidez ou complicações no parto que afetem o desenvolvimento do sistema nervoso, podem ajudar no desenvolvimento de seu quadro. Estudos feitos com a utilização de aparelhos de ressonância magnética e tomografia computadorizada mostram pequenas alterações cerebrais com diminuição, ainda que pequena, de algumas áreas do cérebro. O ambiente também é listado como possível colaborador para deflagrar a doença. O estresse, o uso de drogas, a alimentação e outros fatores sociais colaborariam para o desenvolvimento da esquizofrenia.

Quais os sintomas?

Muitos são os sintomas vinculados à esquizofrenia. Os principais são:

- delírios: o doente crê em ideias falsas, ilógicas ou até mesmo irracionais com a mais absoluta convicção. Acredita estar sendo perseguido ou observado o tempo todo. Suspeita de vizinhos ou mesmo de pessoas desconhecidas que encontra na rua.

- alucinações: o portador de esquizofrenia tem percepções que, na realidade, não existem. As alucinações auditivas são as mais comuns. Ele ouve vozes que fazem comentários sobre suas atividades. Muitas vezes, as vozes dão ordens de como ele deve agir em determinadas circunstâncias. Alucinações visuais, táteis e olfativas também já foram registradas.

- pensamento desorganizado: O doente fala de maneira ilógica e desconexa. Demonstra incapacidade de organizar seus pensamentos. Algumas vezes, o esquizofrênico acredita que seus pensamentos podem ser lidos e suas ideias roubadas. Ou mesmo ideias de outras pessoas podem ser inseridas em sua mente.

- alterações da afetividade: o portador de esquizofrenia tem dificuldade em expressar seus sentimentos. Por vezes, é incapaz de demonstrar qualquer sentimento. Em outras vezes, apresenta comportamento inadequado em relação ao contexto que se encontra.

- comportamento agressivo: os pacientes podem agir de forma impulsiva ficando extremamente agitados. Nessas situações, apresentam riscos de suicídio ou de agredir outras pessoas.

- falta de disposição: em outros momentos, o paciente fica apático. Não fala, se isola, não realiza das tarefas do dia a dia.

Como fazer o diagnóstico?

Não há qualquer exame laboratorial capaz de confirmar o diagnóstico de esquizofrenia. Ele só pode ser feito durante as manifestações da doença

Qual o tratamento?

Como não há cura, os tratamentos visam apenas controlar a doença. Boa parte dos pacientes precisa utilizar medicamentos antipsicóticos ou neurolépticos por toda a vida para evitar crises. A psicoterapia também é utilizada.
Encontre um especialista em Esquizofrenia E Transtornos Com Características Psicóticas na sua cidade:

  • Daniel Jácomo Mauad

    Daniel Jácomo Mauad

    Psiquiatra
    • Rua padre zeferino, 1011 SOMENTE PACIENTES PARTICULARES, Uberaba

      Clínica Jácomo Mauad

    É até difícil entender e explicar o milagre que O Dr Daniel operou em meu irmão. Foram mais de 30 anos de verdadeiro sofrimento. E em apenas uma consu...
    Disponível em: seg 24 jun
    Marcar uma consulta
  • David Sosa Dias

    David Sosa Dias

    Psiquiatra
    • Rua Vicente de Sousa 32, Rio de Janeiro

      Consultório particular

    Muito claro, objetivo, com um raciocínio concatenado e de acordo com os problemas de minha mãe. Muito obrigado, até a próxima, em breve, espero.
    Disponível em: ter 25 jun
    Marcar uma consulta
  • Carolina Bayma Barbosa Soares

    Carolina Bayma Barbosa Soares

    Psiquiatra
    • Rua C 242 n 57 Jd America, Goiânia

      Reintegrar Espaço de Saúde

    Foi ótima a consulta .Pontual e atenciosa .Tem argumentos para o paciente se soltar e desabafar.Tenta solucionar o problema.
    Disponível em: qua 26 jun
    Marcar uma consulta
  • Paula Fabrício

    Paula Fabrício

    Psiquiatra
    • Rua Bambina, 124 sala 107, Rio de Janeiro

      Consultório particular

    Ouve um problema com motorista e cheguei atrasada o que prejudicou a consulta. A dra. foi bastante solicita e parece que vou poder fazer o tratamento...
    Disponível em: ter 2 jul
    Marcar uma consulta
  • Fernando Brum Batista

    Fernando Brum Batista

    Psiquiatra
    • R. Almirante Barroso, 1293 - Sala 1102, Foz do Iguaçu

      Clínica Lumio - Foz do Iguaçu

      R. FARROUPILHA, 49 - Sala 07, São Miguel Do Iguaçu

      Clinica Lumio - São Miguel do Iguaçu

      Rua Ceará 1078, Medianeira

      Clínica Integra - Medianeira

    Pontos positivos Profissional dedicado e muito humano! Psiquiatra diferenciado, parece enxergar a nossa alma. Recomendo. Pontos de melhoria Ter maior...
    Disponível em: sáb 22 jun
    Marcar uma consulta
  • Renata Sanchez Dib

    Renata Sanchez Dib

    Psiquiatra
    • Av. 9 de Julho, 3575 Sala 913 Anhangabaú, Jundiaí

      Dra. Renata Sanchez Dib

    Dra. totalmente atenciosa, demonstrando total preocupação comigo. 3ª vez que passo com ela e não tenho nada a reclamar. Visa não exagerar nas medicaçõ...
    Disponível em: seg 24 jun
    Marcar uma consulta