Acromegalia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Acromegalia

Informação sobre Acromegalia

É uma síndrome causada pela secreção aumentada do hormônio do crescimento (GH - hormônio produzido normalmente pela hipófise, glândula localizada no cérebro), durante a fase adulta. Por esse desequilíbrio hormonal ocorrer na fase adulta, em que os ossos e outros tecidos corporais já cessaram o crescimento longitudinalmente (pararam de crescer em seu comprimento), eles passam a crescer inadequadamente, resultando em diversas deformidades como: alargamento da testa, queixo mais proeminente, espessamento da pele, pés e mãos aumentados entre outras. Também podem ocorrer complicações no sistema cardiovascular (insuficiência cardíaca. hipertensão arterial), diabetes e problemas visuais.
A acromegalia frequentemente acontece como resultado de tumores benignos na hipófise que levam a uma aumento da produção do hormônio do crescimento, podendo também ser decorrentes de outros tipos de tumores.

Possui uma dúvida concreta sobre Acromegalia? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Acromegalia

A Acromegalia é uma doença que se caracteriza pelo excesso de produção do hormônio do cresciemento (GH). Na imensa maioria das vezes isto ocorre pela presença de um adenoma na hipófise (um tumor benigno que cresce na glândula hipófise, que fica dentro da nossa cabeça, bem perto do cérebro). Essa doença causa crescimento excessivo (gigantismo) se começar antes de 18 anos e em pessoas adultas leva ao aumento de extremidades, da língua, dores articulares, sindrome de tunel do carpo, diabetes, entre outras alterações. Na suspeita dessa doença, o paciente deve procurar um endocrinologista que tenha experiência em tratamento de doenças da hipófise.
Dra. Paula Bruna Araujo
Dra. Paula Bruna Araujo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Médica clínica geral

|

Rio de Janeiro

Tem perguntas sobre Acromegalia?

Nossos especialistas responderam 8 perguntas sobre Acromegalia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Pela sua mensagem você faz acompanhamento regular em um serviço de endocrinologia. Converse com a equipe que acompanha o seu caso e tire as dúvidas do seu tratamento. Eles serão as pessoas mais indicadas para isso.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 170
  • 98
  • 266
Dr. Ivan Correa da Cruz Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Endocrinologista, Médico clínico geral

Rio de Janeiro

O paciente deve estar sendo medicado para que seja regulado ou bloqueada a produção do hormônio do crescimento, já a fisioterapia o ajudará a tratar e/ou prevenir o aparecimento dos sintomas o auxiliando no ganho de força, na recuperação dos movimentos e na prevenção de outros sintomas causados pela doença.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 49
  • 25
  • 19
Maria Elizângela Bezerra da Silva

Fisioterapeuta

Recife

Acromegalia é uma doença que resulta da produção excessiva do hormônio do crescimento GH. Afeta igualmente homens e mulheres, sendo mais comum em pessoas entre 30 e 50 anos. Na maioria dos casos a doença é resultado de um tumor benigno na hipófise, glândula responsável pela produção de hormônios, como o do crescimento. A atrofia muscular não tem uma ligação exclusiva com a Acromegalia, porém não se descarta a possibilidade. Existem três formas de tratamento: Cirúrgico, medicamentoso e radioterápico que, se realizados precoce e adequadamente, reduzem significativamente os riscos.

  • 7
  • 2
  • 0
Dr. Johnny Alberth Breves Fontes

Fisioterapeuta

Nova Iguaçu

A Acromegalia , em mais de 90% dos casos, dá-se devido a um tumor hipofisário produtor de GH. Esse tumor pode ser esporádico ( causas desconhecidas ) ou ser componente de uma síndrome ( neoplasia endocrina multipla, Complexo de Carney ). Nessa ultima, o componente genético é bem mais influente, com maior penetrância, sendo portanto , mais prevalente entre os membros da família. O fator genético é o principal fator envolvido na gênese. Não há fatores ambientais ( uso de medicamentos, infecções) nas causas de Acromegalia.

  • 7
  • 2
  • 7
Dr. Gil Lucena de Paula Afonso

Endocrinologista

Rio Branco

Ver as 8 perguntas sobre Acromegalia