Adenomiose - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Adenomiose

Os especialistas falam sobre a Adenomiose

Adenomiose é uma alteração do tecido muscular uterino próximo ao endométrio (região da menstruação), onde há proliferação deste tecido menstrual na interior do músculo, gerando inflamação local durante as menstruações e fibrose, pela cicatrização local, após este período. Normalmente é um achado ultrassonográfico em pacientes assintomáticas, mas está associado também a quadros de infertilidade.
Diogo Crevatin Sheldon
Diogo Crevatin Sheldon Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Paulo

Tratamento usualmente medicamentoso com objetivo de controle dos sintomas. Casos específicos possuem indicação de cirurgia, sendo a histerectomia usualmente a escolha, por via laparoscópica ou vaginal.
Dr. Daniel Pereira Mandarino
Dr. Daniel Pereira Mandarino Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

Curitiba

Adenomiose é uma condição na qual o endométrio, tecido que reveste a camada interna do útero e sangra no período menstrual, se infiltra na camada muscular do útero. É uma doença benigna, que no entanto pode causar sintomas como cólicas intensas no período menstrual e dificuldade em engravidar. Com tratamento adequado suas consequências podem ser revertidas, aumentando a qualidade de vida da mulher e auxiliando no processo de engravidar.
Dra. Tayane Maruca Magalhães
Dra. Tayane Maruca Magalhães Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

|

São Paulo

Ver mais

Tem perguntas sobre Adenomiose?

Nossos especialistas responderam 14 perguntas sobre Adenomiose.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Sim, paciente portadoras de adenomiose podem engravidar. No entanto sabemos que pode haver uma maior dificuldade e também precisamos nos atentar aos riscos durante essa gestação. Algumas medidas podem ser tomadas para amenizar os sintomas após interrupção do uso do anticoncepcional e para melhorar sua chance de engravidar Procure seu ginecologista de confiança para um acompanhamento e aconselhamento

  • Obrigado 3
  • 1 especialista está de acordo
  • 14
  • 18
  • 28
Dra. Liliane Miyuki Sato Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

São Paulo

Marcar consulta

Olá, o tratamento da adenomiose isoladamente, sem endometriose para mulheres que querem engravidar ainda é obscuro. Muitas mulheres teem focos de endometriose associado e nesses casos a cirurgia com remoção dos focos de endometriose podem sim ser uma opção de tratamento. Procure seu médico e tire todas as suas dúvidas antes de decidir pelo tratamento cirúrgico.

  • 47
  • 10
  • 26
Dra. Ines Katerina D. Cavallo Cruzeiro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Belo Horizonte

Marcar consulta

Olá. A adenomiose é uma patologia benigna do útero com risco de malignidade inexistente. Cursa com irregularidade menstrual, cólicas menstruais, dor pélvica, dor na relação sexual e infertilidade. Ter adenomiose não significa ter que fazer uma cirurgia. As medicações anticoncepcionais e hormonais podem ser usadas para controlar sintomas como sangramento uterino anormal e cólicas menstruais, mas não farão a adenomiose desaparecer. As medicações anticoncepcionais não necessariamente precisam ser um comprimido ou injeção. Você pode fazer uma inserção de um DIU hormonal com pequena quantidade hormonal, o que reduziria efeitos colaterais. Na falha do tratamento medicamentoso, a cirurgia deverá ser considerada com a retirada do útero. A depender do caso, ablação endometrial pode ser uma alternativa. A embolização de artérias uterinas pode ser uma alternativa ao tratamento cirúrgico. Converse com o seu médico. Esclareça suas dúvidas. Discuta o seu tratamento.

  • 7955
  • 2991
  • 7855
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Marcar consulta

Olá. A adenomiose é uma doença benigna do útero. Era antes conhecida como endometriose do útero. Apresenta-se clinicamente como mulheres como aumento do volume menstrual, dor pélvica, dor na relação sexual, cólicas menstruais e infertilidade. Aproximadamente 20% das mulheres com adenomiose apresentam endometriose pélvica associada. A adenomiose pode ser classificada em difusa quando acomete difusamente todo o músculo do útero; ou focal ou nodular quando acomete apenas partes do músculo do útero. Ter adenomiose não significa ter que fazer cirurgia e retirar o útero. As medicações anticoncepcionais e hormonais podem ser usadas para o controle de sintomas como irregularidade menstrual e cólicas menstruais, mas não farão a adenomiose desaparecer. Na falha do tratamento medicamentoso, a cirurgia pode ser considerada. A embolização de artérias uterinas pode ser uma alternativa a cirurgia também para adenomiose. Converse com o seu médico. Esclareça suas dúvidas.

  • 7955
  • 2991
  • 7855
Dr. Heitor Leandro Paiva Rodrigues Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Ginecologista

Ribeirão Preto

Marcar consulta

Ver as 14 perguntas sobre Adenomiose