Alcoolismo - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Alcoolismo

Informação sobre Alcoolismo

O que é?

O alcoolismo é uma doença crônica. Trata-se do consumo compulsivo de álcool. Ele gera dependência. Esse desejo incontrolável leva à ingestão de quantidades da droga capazes de prejudicar o organismo do alcoólatra.

Qual é a causa?

Os fatores ambientais são apontados como os principais responsáveis por levar o indivíduo ao consumo descontrolado de álcool. Todavia, a genética também teria sua contribuição no desenvolvimento da doença. O alcoolismo tende a se desenvolver com mais frequência em famílias onde há o histórico do consumo excessivo de álcool. Inclusive alguns estudos já demonstraram que filhos adotados por pais que não bebem têm mais tendência a se tornarem alcoólatras no caso de seus pais biológicos terem sofrido dessa doença.

Quais os sintomas?

O álcool absorvido pelo corpo é removido essencialmente pelo fígado (até 98%). Rins, pulmões e pele completam a tarefa. A capacidade de absorção da droga varia de pessoa para pessoa de acordo com seu peso e a velocidade de metabolização. Quando consumido acima desses limites, o álcool acumula-se no organismo causando problemas como obesidade, deficiência de proteína e vitaminas do complexo B. Há ainda a possibilidade de que os alcoólatras desenvolvam o que foi chamado de síndrome de blackout. O consumo excessivo da droga interfere no mecanismo cerebral causando esquecimento das atividades recentes. Em longo prazo o álcool prejudica praticamente todos os órgãos do corpo. O fígado é o mais atingido.

Como fazer o diagnóstico?

A entrevista do médico com o doente ou mesmo com familiares que possam relatar seu comportamento é suficiente para que se faça o diagnóstico.

Qual o tratamento?

Não há qualquer medicamento que evite o consumo de álcool. Todo e qualquer tratamento para o alcoolismo necessita da participação do doente. Esse costuma ser o maior obstáculo para o sucesso, uma vez que a droga é aceita socialmente e dificilmente os alcoólatras admitem serem portadores da doença. Logo, o primeiro passo de qualquer tratamento passa pela admissão dessa condição. A sequência é o processo de desintoxicação, que pode ser feito em instituições especializadas e com acompanhamento médico. Porém, o mais importante é o acompanhamento em longo prazo. Nesse aspecto, entidades como os Alcoólatras Anônimos oferecem suporte.

Possui uma dúvida concreta sobre Alcoolismo? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Alcoolismo

A dependência de álcool é uma doença, muitas vezes o paciente demora a perceber os prejuízos e aceitar que está doente, e isso gera um atraso no início do tratamento. As características do quadro e sintomas do paciente que faz uso prejudicial de álcool é variável, e por isso avalio caso a caso, e assim decidimos pelo melhor tratamento.
Dra. Renata Carvalho de Souza
Dra. Renata Carvalho de Souza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

São Paulo

Graças a pesquisa de um cientista finlandês chamado John David Sinclair, hoje temos a possibilidade de curar cerca de 80% dos casos de alcoolismo, utilizando o método desenvolvido por ele chamado Método Sinclair ou de Extinção Farmacológica. Além do alto índice de resolução, este método de tratamento é mais simples, mais barato e mais seguro, pois ele não acarreta sintomas da síndrome de abstinência. O método é baseado em conceitos de farmacologia e psicologia comportamental e foi testado em estudos clínicos de ótimo padrão. É possível que este método também seja eficaz para tratar outros vícios.
Dr. Ivan Barenboim
Dr. Ivan Barenboim Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

São Paulo

O alcoolismo é uma doença e, portanto, deve ser encarada de maneira global. O tratamento medicamentoso e psicoterapêutico,a participação familiar e orientação para condutas no dia-dia fazem parte da terapêutica, bem como a procura de inserção e retomada das conquistas laborais, sociais e de relacionamento.
Maria Alice Ferragut

Psiquiatra, Radioterapeuta

|

Vinhedo

O alcoolismo é a dependência química mais prevalente na população brasileira, sendo mais comum em homens. Traz graves repercussões clínicas e psiquiátricas, podendo levar à psicose, demência, insuficiência cardíaca e até ao óbito. Além de ser comum a presença de depressão ou transtornos ansiosos em quem faz uso abusivo de álcool, que devem ser reconhecidos e tratados pelo Psiquiatra. O tratamento atual do alcoolismo, de forma adequada com Psiquiatra, evita danos irreversíveis aos diversos órgãos e permite uma vida longe do álcool, mantendo a abstinência com qualidade de vida, restabelecendo contatos sociais, familiares e produtividade no trabalho.
Dr. Demétrius de Luna Lopes Benevides
Dr. Demétrius de Luna Lopes Benevides Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

São João del Rei

Alcoolismo e festas… Tem como escapar dele? Sim! Tem que ter!!! Quanto a isso, costumo ser muito clara com meus pacientes. Há duas situações: 1- Ou você está fortalecido e seguro e pode estar num ambiente regado a vinho, cerveja, champanhe, e outras bebidas alcoólicas, e tem pleno controle e consciência de sua condição e é capaz de resistir; 2- Ou, se não está plenamente seguro, o melhor é evitar o ambiente. Portanto, para vencer o alcoolismo, não recair, às vezes é necessário sacrificar a vida social em detrimento da sua saúde mental. Melhor se abster do que “ ganhar” de presente, todos os prejuízos e consequências que o alcoolismo traz, os quais quem luta contra ele conhece tão bem!
Dra. Katia Kaori Yoza
Dra. Katia Kaori Yoza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

|

Guarulhos

Ver mais

Tem perguntas sobre Alcoolismo?

Nossos especialistas responderam 42 perguntas sobre Alcoolismo.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

O Profissional qualificado para indicação de medicação é sempre um médico e neste caso, é sim o psiquiatra a especialidade adequada dentro da medicina. Porém o acompanhamento com um psicólogo/psicanalista pode ser importante neste processo. Só com uso da medicação, estará passando de uma droga para outra. Quem sabe ele possa se questionar sobre isso, pois, compreender e significar o papel que o vicio tem na vida do seu marido pode ajuda-lo nesta decisão. Abraço!

  • 31
  • 35
  • 9
Mayara Souza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicanalista, Psicóloga

Curitiba

Marcar consulta

Olá! Percebo que está numa situação muito delicada e isto está afetando sua rotina e de seus familiares. Conforme você fala, seu marido tem uma questão séria de dependência. O que o leva a isso está dentro dele: sentimentos, vivências e relacionamentos que ele passou e o levaram a encontrar na bebida algo que alivia. Sendo assim, é só partindo dele que seria possível um tratamento eficaz. Além disso, para que um medicamento seja ministrado é imprescindível que ele passe por um médico. Apesar dele ter as questões dele, que ele pode estar lidando ou se esquivando com o uso do álcool, ele está afetando outras pessoas. Como é para você pensar no seu limite, de até onde consegue aguentar, se submeter a essa situação e ver sua família nela? Seria interessante buscar o seu fortalecimento interno para conseguir encontrar a melhor forma de lidar com as questões que descreveu na pergunta. Nem tudo podemos fazer pelo outro, mas por nós sim! Não deixe de buscar ajuda!

  • 33
  • 51
  • 26
Alana Zanlorenzi

Psicóloga

Campo Largo

O diagnóstico de dependência química exige um pouco mais de informações além das que você forneceu, mas nos seu relato existem algumas características de alcoolismo sim. Também é possivel perceber que existe um sofrimento emocional que faz com que você faça uso de álcool para suportar. Recomendo que procure com brevidade um psiquiatra para que possa receber a ajuda que precisa. Se tiver novamente desejos suicidas, converse com um familiar ou outra pessoa de confiança e procure uma emergência imediatamente. Também é possível ligar para o Centro de Valorização da Vida, número 118. Procure ajuda. Espero ter ajudado. Um abraço.

  • 163
  • 82
  • 85
Arthur Dondonis Daudt Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psiquiatra

Porto Alegre

Marcar consulta

Olá! Pode haver outra doença associada além do alcoolismo, mas pessoas que são dependentes de alguma substancia, tanto por álcool ou por outra droga, geralmente tem o comportamento de mentir para si mesmo e para a família. Mas aconselho a procurar uma ajuda, tanto para você como para o seu marido, pois as tentavas de suicídios são preocupantes. Fico a disposição!

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 35
  • 17
  • 14
Dra. Fernanda Reinheimer Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Psicóloga

Novo Hamburgo

Marcar consulta

Ver as 42 perguntas sobre Alcoolismo