Alopecia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Alopecia

Informação sobre Alopecia

O que é?

Alopecia é a redução parcial de cabelos em uma parte do corpo. Popularmente é conhecida como pelada. Quando essa queda acontece com todos os pelos da região, é chamada de alopecia total. Quando evolui e engloba todos os cabelos do corpo passa a ser chamada de alopecia universal. A alopecia pode ser classificada em areata, androgenética, difusa, seborreica e cicatrizal. No primeiro caso, costuma formar círculos no couro cabeludo, mas eles também podem ocorrer em outras partes do corpo. Acontece tanto em homens quanto em mulheres e surge em qualquer idade. Atinge uma em cada mil pessoas. Em alguns casos a alopecia areata pode levar ao desaparecimento de todo o couro cabeludo, porém há uma recuperação parcial algum tempo depois. A alopecia androgenética ocorre em sua maioria das vezes nos homens durante o período da adolescência ou juventude. Afetam os pelos em algumas regiões do couro cabeludo de forma gradual até que eles desaparecem completamente. A alopecia difusa (eflúvio telegênico crônico) é uma perda aguda de cabelo. Não deixa a pessoa completamente sem pelos, mas o cabelo fica liso e escasso. Já a alopecia seborreica tem como origem o mau funcionamento da glândula sebácea. A alopecia cicatrizal é irreversível em sua grande maioria. Há uma má formação ou mesmo a total ruptura da estrutura folicular.

Qual é a causa?

Alguns fatores são apontados como responsáveis pelo desenvolvimento da alopecia. São eles: - estresse (especialmente na alopecia areata)- fatores hereditários - hipotireoidismo ou hipertireoidismo (mau funcionamento da glândula tireoide) - uso de medicamentos (anticoagulantes, anticonceptivos, tratamentos de quimioterapia e psiquiátricos podem levar à queda de cabelos) - má nutrição (deficiência de ferro e zinco)- ansiedade - consumo excessivo de alimentos gordurosos e muito condimentados - uso de produtos capilares inadequados- infecções- tumores- dermatoses

Quais os sintomas?

Normalmente não há sintomas. Eventualmente as pessoas sentem coceira ou queimação na região antes de o cabelo começar a cair.

Como fazer o diagnóstico?

O exame físico e uma entrevista com o paciente são suficientes para diagnosticar a alopecia e também encontrar os possíveis fatores motivadores da doença.

Qual o tratamento?

Não há muitas opções de tratamento para a alopecia. No caso da alopecia androgênica, é possível utilizar um medicamento chamado finasterida para evitar a perda total dos capelos. Nos demais casos é possível recorrer a implantes para cobrir a área atingida. A alopecia não provoca qualquer problema grave de saúde. Os implantes têm finalidade meramente estética.

Possui uma dúvida concreta sobre Alopecia? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Alopecia

Alopecia é a queda de cabelos. Várias são as causas. Uma consulta detalhada poderá auxiliar no encontro da causa da alopecia e com isso proporcionar um melhor tratamento. Alguns exames também ajudarão na busca dos fatores agravantes: exames de sangue e do próprio couro cabeludo, como a tricoscopia, realizada com aparelho dermatoscópio manual e ou digital, que aumenta a visualização do couro cabeludo em até 120 vezes. O tricograma digital também ajuda no diagnóstico correto da alopecia. ele pode mostrar a densidade de fios, a contagem dos fios que estão caindo mais entre outros aspectos. O tratamento correto será baseado nos resultados destes exames. São vários os tratamentos.
Dra. Luciana Molina
Dra. Luciana Molina Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dermatologista

|

São Paulo

Alopécia significa calvície. Ela pode ser cicatricial ou não. Existem várias causas para queda de cabelo, como genética, doenças sistêmicas, deficiência nutricional, doenças auto-imunes. O tratamento difere de acordo com a causa. Assim, se está com os cabelos caindo, procure um dermatologista e não perca tempo, quanto mais cedo iniciado o tratamento, melhor o resultado.
Dra. Laís de Abreu Mutti
Dra. Laís de Abreu Mutti Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dermatologista

|

São Paulo

Essa doença que mexe tanto com nossa auto estima merece todo o zelo em seu manejo e tratamento. Existem diversos exames de sangue necessários para o diagnóstico inicial e posterior suplementação, e com a tricoscopia computadorizada digital podemos proporcionar maior segurança na condução de cada caso dos nossos pacientes.
Dr. Danilo Talarico
Dr. Danilo Talarico Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dermatologista, Especialista em Medicina Estética

|

Campinas

A alopecia pode ter diversas causas. A mais frequente talvez seja a forma androgenética (calvície) que pode atingir tanto homens quanto mulheres. Apesar se se tornar mais frequente com o aumento da idade, pode acontecer precocemente, desde a adolescência. O reconhecimento precoce dessa patologia é fundamental no resultado final do tratamento. A tricoscopia é um método de muita utilidade no diagnóstico desta e de outras alopecias. Mais informações no nosso site.
Carolina Lins Lacerda de Melo
Carolina Lins Lacerda de Melo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dermatologista

|

Recife

Os cabelos exercem um fascínio tanto em mulheres quanto em homens. Cabelos fartos e saudáveis são objetivos de grande parte das pessoas. A rarefação capilar carrega um peso emocional considerável, em especial no sexo feminino. Cabelos finos, ralos, com o couro cabeludo aparecendo são os sinais de uma patologia dermatológica tão temida e, infelizmente, frequente - a Alopécia Androgenética ou Calvície. Os tratamentos estão avançando rapidamente ao longo dos anos. Hoje temos disponíveis, além do tratamento tópico e oral, a aplicação de ativos diretamente no couro cabeludo. Com essa nova abordagem, conseguimos potencializar o resultado do tratamento.
Dra. Daniela Rezende Neves
Dra. Daniela Rezende Neves Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dermatologista

|

Belo Horizonte

Ver mais

Tem perguntas sobre Alopecia?

Nossos especialistas responderam 94 perguntas sobre Alopecia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

É um desafio terapêutico vale a pena conversar com seu dermatologista quanta as possibilidades terapêuticas.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 8
  • 2
  • 5
Dr. Lucio Sérgio Camargo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dermatologista

Foz do Iguaçu

Sim, o tratamento com o uso intra-dérmico de corticóides de depósito é uma das formas mais eficientes de se tratar a alopecia areata. As injeções devem der mensais, sendo a dose calculada e aplicada pelo médico dermatologista.

  • Obrigado 46
  • 1 especialista está de acordo
  • 47
  • 67
  • 504
Dra. Mariana Modesto Dantas de Andrade Lima Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dermatologista

Recife

Alopecia de tração é provocada por tranças, penteados, rabos de cabelo, touca, escovas . Qualquer causa que puxe os cabelos com frequência.

  • 54
  • 2
  • 17
Dra. Flavia Amorim Meira Cavaliere Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dermatologista

Rio de Janeiro

Oi, tudo bem? Existem algumas causas para esse tipo de lesão que vc apresenta, então a melhor coisa é procurar um dermatologista, para te dar um diagnóstico e tratamento corretos!

  • 109
  • 14
  • 42
Dra. Angélica Prado Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Dermatologista, Especialista em Medicina Estética

Belo Horizonte

Marcar consulta

Ver as 94 perguntas sobre Alopecia