Ambliopia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Ambliopia

Informação sobre Ambliopia

Ambliopia é uma baixa visual unilateral ou bilateral (raramente) causada por privação visual ou então interação binocular anormal.Os olhos e as vias visuais são anatomicamente perfeitos.

É o que chamamos de "olho preguiçoso". É um olho saudável que por algum motivo não foi estimulado e por isso não apresenta uma visão satisfatória. É muito frequente em estrabismos, onde temos um olho que entorta e este por não ser estimulado apresenta baixa visual. Pode ocorrer também em casos de graus elevados no óculos sem correção na infância e doenças que causem opacidade de meios(catarata, cicatriz na córnea etc).

O tratamento para ambliopia deve ser feito idealmente até os 7 anos de idade, o quanto antes melhor.Existem opções terapêuticas para quem ultrapasse este prazo, porém a recuperação visual é parcial.

Possui uma dúvida concreta sobre Ambliopia? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Ambliopia

A ambliopia ou “olho preguiçoso” é a redução da visão que, em geral, não pode ser corrigida somente com uso dos óculos. Ela não deve ser confundida com o olho que desvia, que é chamado de estrabismo. Ambliopia trata-se de uma falha no desenvolvimento da acuidade visual por falta de estímulo adequado durante o período crítico do desenvolvimento visual (antes dos 8 anos de idade). Se essa falha não for corrigida durante a infância, a criança pode ter diminuição visual, perda da função de sensibilidade ao contraste, dificuldade de localização e distorções espaciais permanentes.
Dra. Dayane Issaho
Dra. Dayane Issaho Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

|

Curitiba

Na ambliopia, também conhecida como "olho preguiçoso", ocorre a diminuição da visão em um dos olhos na infância. Pode ter várias causas como estrabismo, erros refrativos e privação visual. O tratamento pode ser realizado com a prescrição de óculos, uso de tampão, colírios, dentre outros. A ambliopia deve ser tratada, já que a visão se desenvolve até determinado período da infância, podendo causar perda permanente da visão se não tratada precocemente. Atualmente vem sendo realizados muitos estudos nessa área, com enfoque no tratamento binocular da ambliopia, ou seja, com os dois olhos sendo utilizados, com auxílio de "tablets" e aplicativos de jogos/filmes.
Dra. Bruna Lana Ducca

Oftalmologista

|

São Paulo

Para a Ambliopia realizamos o acompanhamento a cada 30,60 e 90 dias ,crianças de 03 a 08 anos,utilização de óculos se necessário,oclusão em casa realizada pelos pais ou responsáveis.Este método de tratamento é eficaz em 90 % dos casos,quando bem seguido e realizado.Oferecemos um acompanhamento seguro e eficaz pela nossa larga experiência.
Dra. Bethânia Lobato
Dra. Bethânia Lobato Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

|

Curitiba

Ver mais

Tem perguntas sobre Ambliopia?

Nossos especialistas responderam 61 perguntas sobre Ambliopia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Infelizmente não. A ambliopia deve ser tratada ainda na infância, durante o período de maturação do sistema nervoso. Após os 8, 9 anos, dificilmente regride.

  • 66
  • 50
  • 185
Dra. Luciana Sendra Radler de Aquino Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Olá! A visão na criança se desenvolve até os 7 a 8 anos de idade. É verdade que, se a ambliopia for tratada antes dessa época, os resultados são melhores; mas ha alguns fatores que favorecem os resultados do tratamento com o tampão, como o tipo da ambliopia ( os casos de miopia são mais favoráveis) e se o paciente já usou tampão no passado (se não usou, há mais chances de melhorar). O tratamento mais eficaz para a ambliopia continua sendo a oclusão ( além do uso constante dos óculos). Há outras modalidades de tratamento, como colírio de Atropina, e a estimulação binocular, mas elas não são a escolha inicial.

  • 20
  • 20
  • 18
Dra. Bruna Lana Ducca

Oftalmologista

São Paulo

Olá! A ambliopia tem sim um componente genético. Crianças que têm alguém na família com ambliopia têm maiores chances de ter também, em comparação às crianças que não têm ninguém na família com esse problema. Somente através de um exame oftalmológico completo e adequado para a faixa etária é possível fazer o diagnóstico correto. Com relação à sua filha de 7 anos, apesar de estar em uma idade chamada de limítrofe para o tratamento, dependendo da causa e da gravidade da ambliopia, ainda é possível tentar a cura ou pelo menos melhora da ambliopia.

  • 26
  • 25
  • 45
Dra. Alyne Gabrielly Borges Corrêa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Oftalmologista

São Paulo

Marcar consulta

Olá! Questão bem interessante! A ambliopia é um retardo no desenvolvimento da via visual, normalmente devido a uma diferença de visão entre os olhos. No seu caso, 20/50 é diferente de 0,5 (20/40), mas nenhum deles configura deficiência visual. A deficiência visual permanente é aquela que o paciente apresenta acuidade visual pior ou igual a 20/200 no melhor olho, com a melhor correção. Existe um viés que é o caso de paciente com visão monocular! Muitas vezes os concursos abrem vagas especiais para essas pessoas. Elas apresentam visão normal em um olho e visão pior ou igual a 20/200 no outro olho.

  • 9
  • 6
  • 5
Dr. Luis Felipe da Silva A Carneiro

Oftalmologista

Belo Horizonte

Ver as 61 perguntas sobre Ambliopia