Anemia - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Anemia

Informação sobre Anemia

Quando há uma diminuição de eritrócitos sanguíneos, representada na análise como uma diminuição da hemoglobina, falamos da anemia. O paciente apresenta fadiga, palidez da pele e das mucosas e taquicardia (aumento da frequência cardíaca). O tratamento deve ser direcionado para o tipo de anemia diagnosticada e pode até mesmo exigir transfusões de sangue. Em caso de uma anemia grave, a ausência de células portadoras de oxigênio podem levar a episódios de isquemia do tecido.

Possui uma dúvida concreta sobre Anemia? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Anemia

O principal tópico sobre anemia é que ela não é uma doença mas sim o sinal de uma doença. O ponto básico é: o que está causando esta anemia? Assim como uma febre pode ter como causa algo tão simples como um resfriado comum que vai curar sozinho ou uma meningite iniciando e que vai matar o paciente em 36 horas assim é a anemia: pode ser algo simples e fácil de resolver ou pode ser algo complexo e as vezes grave. Deve ser sempre investigada por um médico. Não fique tomando vitaminas nem ferro que a tua amiga ou o teu vizinho ou o balconista da farmácia sugeriu. Vá a um médico. Tem que achar a causa.
Dr. Irineu Umberto Librenza
Dr. Irineu Umberto Librenza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico clínico geral

|

Paranavaí

Anemia não é uma doença, mas sim uma manifestação de doença. O que define o estado anêmico é a queda dos níveis de hemoglobina abaixo dos valores normais. O exame indicado para o diagnóstico da anemia é o hemograma; nele, há também os índices hematimétricos (VCM, HCM, CHCM, RDW), que dão pistas sobre o tipo e a causa da anemia. Com base no hemograma, o Hematologista pode solicitar exames complementares para confirmar a causa da anemia, e assim escolher o tratamento adequado. As causas e os mecanismos são muito variados e complexos, e o Hematologista é o profissional mais indicado. Os sintomas mais comuns são a palidez, o cansaço, a sonolência.
Dr. Alexandre Mello de Azevedo

Hematologista

|

São Paulo

A SÍNDROME ANÊMICA é um conjunto de sinais e sintomas caracterizados pela baixa nos níveis de hemoglobina e hematócrito, que podem ter INÚMERAS CAUSAS. Tal síndrome deve ser encarada da mesma forma que a febre, ou SÍNDROME FEBRIL (que pode ter sua origem desde uma simples amigdalite até um quadro neoplásico).TODA ANEMIA DEVE SER INVESTIGADA antes de se instituir o tratamento, pois sua origem pode vir de transtornos variados: hipotireoidismo, doenças renais, doenças auto-imunes, hepáticas, intestinais, deficiências nutricionais, distúrbios do esôfago e estômago, neoplasias, intoxicações, etc.Tratar a anemia sem firmar o diagnóstico pode atrapalhar na sua correta investigação.
Dra. Gina Goulart
Dra. Gina Goulart Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Hematologista, Homeopata

|

Brasília

Investigação e tratamento de anemias e outras alterações do sangue.
Dr. Saulo Vianna Amador dos Santos
Dr. Saulo Vianna Amador dos Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico clínico geral

|

Belo Horizonte

Anemia é muito frequente na população brasileira. Entre as causas, a deficiência de ferro é a mais comum. Ela cursa com alteração do padrão de sono, da memória e da aprendizagem. Os sintomas são palidez, dor de cabeça, tontura, desânimo, cansaço fácil, sopro cardíaco, palpitações, falta de ar, perda de apetite, tristeza, falta de sono e de concentração, perverções alimentares (comer gelo, terra, sabão), entre outros. Mas lembre-se, nenhum desses sintomas é específico da anemia. Muitas vezes, algumas adequações nos hábitos alimentares são responsáveis pela melhora do quadro. Eventualmente, precisamos utilizar medicamentos.
Dra. Paula Ji Won Woo Guglielmetti
Dra. Paula Ji Won Woo Guglielmetti Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Pediatra

|

São Paulo

Ver mais

Tem perguntas sobre Anemia?

Nossos especialistas responderam 172 perguntas sobre Anemia.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Não, não é leucemia. A causa mais comum é deficiência de ferro ou por pouca ingestão deste metal ou porque o seu filho tem parasitas intestinais a sugar-lhe o sangue. Pode também estar ocorrendo um sangramento gástrico por uma úlcera estomacal oculta, por exemplo.Ou uma leve colite que sangra sem que se perceba. Também pode ter ele nascido com uma deficiência na fabricação do sangue do grupo das Talassemias ou Anemias Falciformes e suas inúmeras variantes. O tratamento depende da causa. Tem que investigar. Vá a um médico mas não aceite que ele simplesmente prescreva ferro. é imprescindível a determinação da origem da anemia.

  • Obrigado 299
  • 7 especialistas de acordo
  • 397
  • 117
  • 4743
Dr. Irineu Umberto Librenza Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Médico clínico geral

Paranavaí

Não, a beterraba, ao contrário do que a crença popular diz, não é um alimento rico em ferro.

  • 65
  • 73
  • 142
Dra. Carolina Oliboni

Nutricionista

São Paulo

Precisaria saber o que vc que dizer com esse 6 e a idade do seu irmão. Se for o valor de hemoglobina de 6, em qualquer idade, indica anemia severa. Se for criança procure o mais rápido possível um pediatra para saber o por que dessa anemia e iniciar o tratamento. Alguns pacientes com esse grau de anemia, se tiver repercussão, pode até necessitar de transfusão de sangue. Se for adulto, busque o mais rápido um hematologista. Não espere.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 46
  • 10
  • 8
Dra. Angela Esposito Ferronato Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Pediatra

São Paulo

Marcar consulta

É como um círculo vicioso. A anemia pode ser consequência ao quadro consumptivo de origem infecciosa que consome células sanguíneas para defesa e reduz a produção (na medula óssea) de células de linhagem vermelha e privilegia a produção de células brancas destinadas a defesa celular. Assim quanto mais ativa a infecção , mais anemia, maior consumo, menor defesa. Mais anemia, menor oxigenação celular, menor nutrição, menor defesa. Existe um limite para isso tudo, que é frequentemente avaliado pelo médico assistente e quando o quadro clínico e os exames laboratoriais indicam este quadro deve ser tratado a tempo e revertido. Em geral sempre ocorre consumo em quadro infecciosos e haverá anemia, que pode ser tratada com reposição de ferro e acido fólico ou em casos extremos com transfusão de células sanguíneas doadas ou ferro biodisponível intravenoso.

  • 31
  • 13
  • 38
Dr. Alexandre Meluzzi Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurocirurgião

São Paulo

Ver as 172 perguntas sobre Anemia