Aneurisma da Aorta Abdominal - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Aneurisma da Aorta Abdominal

Informação sobre Aneurisma da Aorta Abdominal

O que é?

Aneurisma é uma dilatação permanente de um vaso sanguíneo. Isso ocorre quando ele perde sua elasticidade. O grande perigo é o rompimento. Quando essa condição se localiza na aorta abdominal infrarrenal, é chamada de aneurisma da aorta abdominal. Considera-se aneurisma quando a dilatação é igual ou maior que quatro centímetros.

Qual é a causa?

Não é conhecida a causa da dilatação da aorta abdominal. Todavia, são apontados alguns fatores que aumentam o risco de a pessoa desenvolver essa doença: hábito de fumar, pressão alta, colesterol alto, enfisema e obesidade. A doença é mais comum em homens com idade igual ou maior que 60 anos. Embora não exista comprovação, há a possibilidade de fatores hereditários também influírem no desenvolvimento da doença.

Quais os sintomas?

Na maioria das vezes o aneurisma da aorta abdominal não apresenta qualquer sintoma. Por vezes o paciente pode dizer que sente um desconforto no estômago. A dor só aparece mesmo quando o aneurisma se rompeu ou tenha iniciado o processo de ruptura. Nesse caso, a dor pode se irradiar para virilha, nádegas e pernas. Pele fria e úmida, náusea, vômitos, alteração da frequência cardíaca também fazem parte dos sintomas que conduzem o paciente para o estado de choque.

Como fazer o diagnóstico?

O aneurisma da aorta abdominal pode ser detectado através de um exame clínico comum. O médico consegue perceber sua presença apalpando a região. Para confirmar o diagnóstico, é possível a utilização de exame de raios-x. Também são utilizados exames de imagem como ecografia abdominal, arteriografia (ou aortografia) e ressonância magnética.

Qual o tratamento?

Quando o aneurisma da aorta se rompeu ou está em processo de ruptura, a cirurgia aberta é a única opção. No caso de aneurisma ser descoberto em seu início, médico e paciente podem optar por um tratamento conservador. Isso significa consultas e exames periódicos para verificar o ritmo de crescimento do aneurisma. Recomenda-se a cirurgia quando o aneurisma atinge um tamanho igual ou superior a 5,5 centímetros. Quando a cirurgia é feita precocemente, ela tem maior possibilidade de sucesso que as operações de emergência realizadas quando o aneurisma se rompe.

Possui uma dúvida concreta sobre Aneurisma da Aorta Abdominal? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Aneurisma da Aorta Abdominal

Aneurisma é a dilatação anormal de um vaso sanguíneo, que surge quando há alguma região enfraquecida na parede do vaso, podendo ser congênito, ou seja, o indivíduo nasce com o problema, ou pode se desenvolver tardiamente, caso o vaso seja lesionado. Existem vários tipo de aneurisma, aqui tratamos do aneurisma da aorta abdominal. A aorta é a maior artéria do corpo humano, e é responsável por levar sangue do coração para todos os órgãos, passando pelo tórax e abdômen.
Dr. Clayton de Paula
Dr. Clayton de Paula Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

|

Osasco

A aorta é uma das principais artérias do organismo, responsável por levar sangue a todos os órgãos e tecidos. O aneurisma de aorta é uma dilatação anormal deste vaso, localizado mais frequentemente no segmento de aorta abaixo das artérias renais. Na maioria das vezes o aneurisma cresce silenciosamente, sem causar sintomas. O grande risco é que quanto maior o aneurisma, maior a chance de rotura do mesmo, causando hemorragia grave. No momento, há duas técnicas de tratamento, a cirurgia aberta e a cirurgia endovascular. A cirurgia endovascular é uma técnica mais moderna e menos invasiva, sendo realizada por cateterismo das artérias femorais, sem necessidade de grandes incisões.
Dr. Rafael Noronha Cavalcante

Cirurgião vascular

|

São Paulo

É a dilatação anormal da parede da aorta, maior artéria do corpo e responsável por transportar sangue rico em oxigênio para todo o organismo. Quando intactos são normalmente assintomáticos. Sua expansão rápida e rotura podem levar a dor intensa no abdomen e/ou nas costas. Diagnóstico: Realizado pelo exame clínico e exames de imagem como ultrassonografia e a tomografia abdominal. Fatores de Risco: Herança génetica, tabagismo, dislipidemia e hipertensão são fatores ligados ao Aneurisma da Aorta. Tratamento: Quando o aneurisma atinge determinado tamanho deve-se tratar para evitar a rotura. Pode ser realizada a cirurgia aberta (convencional) ou a cirurgia endovascular.
Dr. Rafael Apoloni
Dr. Rafael Apoloni Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

|

São Paulo

É uma dilatação irreversível e focal da aorta, com diâmetro maior ou igual a 3,0 cm. Doença degenerativa, que caracterizada pela perda da integridade estrutural da parede aórtica. Geralmente é silencioso, sendo detectado por acaso em exames de imagem para outras indicações. Possui vários fatores de risco como o tabagismo, sexo masculino, idade maior que 65 anos, antecedentes familiares e níveis elevados de colesterol. O risco de rompimento aumenta com o tamanho e com a velocidade de crescimento. Existem duas formas de tratamento: o cirúrgico aberto e o endovascular que experimentou formidável evolução técnica, com redução significativa da mortalidade hospitalar.
Dr. Cláudio Santoro
Dr. Cláudio Santoro Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

|

Rio de Janeiro

Ver mais

Tem perguntas sobre Aneurisma da Aorta Abdominal?

Nossos especialistas responderam 39 perguntas sobre Aneurisma da Aorta Abdominal.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Levando em consideração apenas o diâmetro o risco de ruptura é baixo. Porém outros fatores devem ser avaliados.

  • 75
  • 71
  • 308
Dr. Gabriel Bertino

Angiologista, Cirurgião vascular

Rio de Janeiro

O melhor exame para rastreamento é o ultrassom simples. Após detectada a existência de um aneurisma, o ecodoppler é um excelente exame para acompanhamento. A angiotomografia com contraste é sem sombras de dúvidas o melhor exame para avaliar toda anatomia do paciente e programar uma cirurgia, mas tem a desvantagem de necessitar de contraste e RaioX (sim, muito RaioX). Uma alternativa é a Ressonância Magnética (acima de 3 teslas), que pode ser feita com e sem o contraste (gadolineo). Existe uma técnica, chamada time-of-flight que simula o contraste mesmo sem usá-lo. A angiografia, por final, só serve no intraoperatório, ou no pré operatório de quando há rim em ferradura ou doença arterial oclusiva.

  • 183
  • 104
  • 216
Prof. Alexandre Campos Moraes Amato Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

São Paulo

Marcar consulta

O ideal é realizar além de um exame físico com o cirurgião vascular, um exame de imagem para controle do tratamento do aneurisma. Essa rotina faz parte do acompanhamento pós-operatório destes pacientes.

  • 15
  • 8
  • 21
Dr. Sergio Belczak Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

São Paulo

Marcar consulta

Pode sim, mas pessoas magras podem também sentir o batimento normal da aorta, especialmente quando deitadas. Para tirar qualquer dúvida, procure um cirurgião vascular para uma investigação competa. Um bom exame físico por parte de um médico especialista já responde essa sua dúvida.

  • 81
  • 86
  • 55
Dr. Marcelo Lacativa Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

Rio de Janeiro

Ver as 39 perguntas sobre Aneurisma da Aorta Abdominal