Aneurisma - Informação, especialistas, perguntas frequentes.

Tudo sobre Aneurisma

Informação sobre Aneurisma

O que é?

Aneurisma é uma dilatação permanente de um vaso sanguíneo. Isso ocorre quando o vaso sanguíneo perde sua elasticidade. O grande perigo é o rompimento. A gravidade do quadro de aneurisma vai depender do local de sua localização. Os aneurismas mais comuns ocorrem na aorta (maior artéria do corpo), na base do cérebro ou atrás do joelho. Quando esses vasos rompem causam hemorragia interna com risco de morte ao paciente. Também podem gerar quadros bastante sérios como trombose (oclusão) e embolização (desprendimento de coágulos).

Qual é a causa?

A idade é o fator preponderante para a formação do aneurisma. Eles atingem aproximadamente 2% das pessoas com mais de 50 anos e 5% de pacientes com idade igual ou superior a 70 anos. Algumas pessoas já nascem com o aneurisma, mas são casos raros. Hipertensos e fumantes têm maior propensão à doença.

Quais os sintomas?

A maior parte dos aneurismas não apresenta sintomas até que se rompam. No entanto, quando há a manifestação de sintomas, os mais comuns são: dor de cabeça, vômito, convulsões, desmaios e alterações na vista.

Como fazer o diagnóstico

Apesar de serem assintomáticos em sua grande maioria, os aneurismas podem ser encontrados em exames clínicos. Mas isso depende de sua localização. Podem ser percebidos pelo médico quanto estão muito perto da pele (na artéria carótida, por exemplo) ou mesmo um pouco mais profundos em pacientes magros. Entretanto, apenas apalpar o local não oferece a certeza de diagnóstico. Há a necessidade de recorrer a exames de imagem como: raios-X, ultrassonografia, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Qual o tratamento?

Quando percebido no começo, o aneurisma pode ser tratado de forma convencional. O médico precisa fazer um acompanhamento periódico para perceber o ritmo do aumento do tamanho do aneurisma. A mudança de hábitos alimentares e comportamentais do paciente pode ajudar. Porém, os aneurismas raramente regridem ou param de crescer. O tratamento cirúrgico é a outra opção para quando o aneurisma já atingiu um tamanho capaz de oferecer risco de morte.

Possui uma dúvida concreta sobre Aneurisma? Pergunte aos nossos especialistas.

Os especialistas falam sobre a Aneurisma

O aneurisma é uma dilatação de um vaso sanguíneo. O tamanho maior do que o normal pode levar o vaso a romper, com grande perda de sangue ou a entupir, fazendo faltar sangue mais a frente. Existem tratamentos modernos que realizamos como cirurgias feitas apenas por pequenos buraquinhos nas virilhas, mas nem sempre é necessário operar. Um olhar crítico entre os riscos e benefícios da cirurgia aplicados a cada caso é nosso compromisso.
Dr. Fabio Rodrigues Ferreira do Espirito Santo
Dr. Fabio Rodrigues Ferreira do Espirito Santo Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

|

São Paulo

Um aneurisma é uma dilatação de uma artéria maior que 50% do seu diâmetro normal. Qualquer artéria pode ser acometida. O tratamento vai depender de qual artéria é comprometida e do tamanho do aneurisma, uma vez que a principal complicação é a ruptura do mesmo. As possibilidades de tratamento podem ser: acompanhamento clinico, tratamento cirúrgico convencional ou endovascular. É importante a avaliação de um especialista.
Dr. Fernando Trés Silveira
Dr. Fernando Trés Silveira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

|

Serra

Aneurismas arteriais são dilatações de uma determinada artéria. Consideramos aneurisma quando a dilatação do vaso é 1,5 vezes maior que o diâmetro normal da artéria. A grande maioria dos pacientes é assintomática e tem o aneurisma descoberto de forma incidental em um exame realizado para outra finalidade. Em alguns casos, o paciente pode sentir uma massa pulsátil nos casos do aneurisma da aorta abdominal em fase avançada. Uma vez tendo indicação cirúrgica, o tratamento é feito através da cirurgia aberta ou através da cirurgia endovascular.
Dra. Nayara Cioffi Batagini

Angiologista, Cirurgiã vascular

|

São Paulo

Consiste na dilatação localizada de uma artéria. O seu aumento progressivo pode levar à ruptura com consequente hemorragia, ou à formação de trombos no seu interior. Estes, por sua vez, podem embolizar ou interromper totalmente o fluxo sanguíneo, causando isquemia e posterior necrose do membro ou órgão por ela irrigado. A artéria mais comumente afetada por aneurismas é a aorta, e sua ruptura pode causar morte súbita por intensa hemorragia. Mais da metade dos pacientes com aneurisma roto falece, mesmo com o tratamento. Portanto, identificar os aneurismas da aorta e tratá-los precocemente é de suma importância.
Dr. Breno França Vieira
Dr. Breno França Vieira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

|

Niterói

Aneurismas arteriais são dilatações de uma determinada artéria. Consideramos aneurisma quando a dilatação do vaso é 1,5 vezes maior que o diâmetro normal da artéria. Qualquer artéria do corpo pode sofrer esta dilatação. O aneurisma mais comum é o da aorta abdominal, ou seja, o que acomete a porção da aorta abaixo do nível dos rins. Outras artérias que podem ser acometidas são: aorta torácica, artérias ilíacas, artérias poplíteas, artérias viscerais (tronco celíaco, mesentérica, renais). Em nossa clínica realizamos o tratamento dos aneurismas com todas as técnicas mais atuais para o melhor tratamento (cirurgia aberta ou técnica endovascular - percutânea e sem cortes)
Dr. Bruno Donegá Constantin
Dr. Bruno Donegá Constantin Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

|

São Paulo

Ver mais

Tem perguntas sobre Aneurisma?

Nossos especialistas responderam 50 perguntas sobre Aneurisma.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional da saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Estas são as mais populares:

Avaliação de risco... antes do aneurisma crescer, o risco da cirurgia é maior do que o risco do aneurisma romper. Quando o aneurisma é grande, o risco de romper é maior que o a cirurgia. Só é indicado cirurgia quando o risco da cirurgia em si for menor que o risco de não fazer nada.

  • Obrigado 0
  • 1 especialista está de acordo
  • 183
  • 106
  • 243
Prof. Alexandre Campos Moraes Amato Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião vascular

São Paulo

Marcar consulta

Boa noite, geralmente os execicios de hipertrofia levam ao aumento da resistência vascular e aumento da frequência cardíaca segundo estudos médicos, com isso elevando a pressão arterial mesmo que transitoriamente. O aneurisma de ilíaca na maior parte dos casos é assintomático mesmo. Somente quando exerce compressão em outras estruturas, ou quando acontece sua ruptura que ocorrem sintomas. Geralmente indicamos cirurgia após 3,0 cm de diâmetro no seu maior eixo, que não é o seu caso. Porém devido a essas alterações citadas anteriormente eu não indicaria exercícios de hipertrofia para você, apesar de ser um tema controverso. Na minha opinião os melhores exercícios no seu caso seriam as atividades aeróbicas e vigilância do aneurisma. Espero ter ajudado! Grande abraço.

  • 4
  • 7
  • 28
Dr. Tiago Coutas Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

Petrópolis

Olá internauta. A dor de cabeça pode apresentar diversas características diferentes, a descrição de dor pulsátil é uma delas. O ideal para avaliação da causa desta dor de cabeça que iniciou recentemente é realizar uma investigação neurológica, pautada em exame de imagem. Doença aneurismática cerebral é sempre uma patologia a ser descartada em pacientes com dor de inicio recente. Procure Neurologista e faça sua avaliação. Um abraço

  • 16
  • 15
  • 18
Dr. Marcelo Zalli Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Neurologista

Itajaí

Marcar consulta

Olá. Aneurismas da artéria carótida usualmente requerem intervenção cirúrgica, mas depende de algumas particularidades como se está no seguimento de dentro do crânio ou fora dele. Sugiro que procure um cirurgião vascular para maiores esclarecimentos. À disposição.

  • 13
  • 2
  • 6
Dr. Eduardo Antonio Carpentieri Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Angiologista, Cirurgião vascular

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 50 perguntas sobre Aneurisma