Perguntas sobre Apendicite

Tem perguntas sobre Apendicite?

Nossos especialistas responderam 252 perguntas sobre Apendicite.

Pergunte a milhares de especialistas de forma anônima e gratuita

  • A sua pergunta se publicará de forma anônima.
  • Faça uma pergunta concreta, mantenha o foco em uma pergunta médica.
  • Seja breve e conciso.
  • Este serviço não substitui uma consulta com um profissional de saúde. Se tiver algum problema ou urgência, vá ao médico ou ao pronto-socorro.
  • Não estará permitido obter segundas opiniões ou consultas sobre um caso em concreto.

Perguntas sobre Apendicite

252Perguntas

472Respostas

124Especialistas de acordo

1307Pacientes agradecidos

Boa tarde. Na verdade o local de retirada do apêndice depende da técnica cirúrgica. Se for por técnica convencional/aberta será pela incisão, em geral no lado direito do abdomen. Se for por cirurgia minimamente invasiva/laparoscópica será pela incisão umbilical. Sem contar a possibilidade de tratamento clínico/conservador, quando não se faz a cirurgia e o apêncice não é retirado.

  • 33
  • 17
  • 24
Dr. Andre Lima da Cunha Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião pediátrico

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 4 respostas

Olá! Sim. Sobretudo quando o paciente é magro, o poder o ultrassom em diagnosticar uma apendicite é grande. Em pacientes acima do peso ou naqueles onde o ultrassom não foi suficiente, a tomografia de abdome com contraste torna-se o principal exame. Espero ter ajudado!

  • 136
  • 39
  • 719
Dr. Douglas Bastos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 4 respostas

Não volta, não, exceto se deixaram um cotinho residual de apêndice que se chama apendicite de coto. Só que é comum mais recente após a cirurgia e não vários anos depois. Entretanto, é raro. Só que nem tudo que é dor do lado que havia o apêndice quer dizer que seja apendicite. É por isso que o ideal é consultar um cirurgião de aparelho digestivo experiente, porque isso faz a diferença. Tem doenças que ocorrem mais frequentemente após cirurgia como bridas e superproliferação bacteriana que precisam ser investigadas com cautela. Assim, alguns exames precisam ser feitos, dependendo dos sintomas e da apresentação da doença individualizada para cada paciente.

  • 562
  • 106
  • 1519
Dra. Clarissa Alster Vicente Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgiã do aparelho digestivo, Cirurgiã geral

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Olá! Não há uma alimentação recomendada para prevenção da apendicite, uma vez que a origem do quadro inflamatório não se relaciona ao tipo de alimento ingerido. Entretanto, alimentos de fácil digestão, que favoreçam um ritmo intestinal regular, são recomendados sempre! Espero ter respondido sua dúvida!

  • 136
  • 39
  • 719
Dr. Douglas Bastos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Pelo que você está descrevendo, pode ser que exista uma hérnia na incisão da cirurgia prévia de apendicite! Sugiro que procure um cirurgião geral para ser examinado! Abraços.

  • 55
  • 23
  • 126
Dr. Thiago Bellinha Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Você deve ser acompanhado por um cirurgião geral ou cirurgião do aparelho digestivo, de preferência da equipe que te operou. Espero ter ajudado!

  • 136
  • 39
  • 719
Dr. Douglas Bastos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Rio de Janeiro

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Deve ser investigado o motivo da permanência dessa infecção, devendo ser considerada a possibilidade de uma fístula do intestino para a pele. Sugiro que retorne ao cirurgião que te operou, se não puder, procura algum outro cirurgião geral e/ou do Aparelho Digestivo.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
  • 40
  • 5
  • 27
Ivan Matavelli Santos Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Vitória

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Se a via de acesso for videocirurgia, com 15 dias já está liberado pra ter relação. Mas nas cirurgias convencionais, de corte, é prudente esperar pelo menos 30 dias pra correta cicatrizaçao dos tecidos musculares. Abraço.

  • Obrigado 1
  • 1 especialista está de acordo
  • 60
  • 10
  • 44
Dr. Fabio Faleiro Vieira Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Goiânia

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Pode ser que seja granuloma piogênico. Sugir ir consultar com cirurgião do aparelho digestivo experiente. Basicamente o organismo desenvolve uma reação e rejeita o fio. Isso é muito comum com fios inabsorvíveis (ex. prolene) mas pode ocorrer com qualquer fio. O diagnóstico definitivo é clínico, não há exames confirmatórios. E o tratamento envolve retirar o fio que o corpo está rejeitando. E é isso.

  • Obrigado 2
  • 1 especialista está de acordo
  • 562
  • 106
  • 1519
Dra. Clarissa Alster Vicente Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgiã do aparelho digestivo, Cirurgiã geral

São Paulo

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Pelo que você descreve, existe uma chance de ser uma hérnia incisional. Apenas com uma consulta médica é possível confirmar esse diagnóstico. Confirmando-se a hérnia, o tratemento é cirúrgico.

  • 120
  • 41
  • 135
Dr. Marcelo de Abreu Pinto Profissional Premium: Tem um perfil mais completo.

Cirurgião do aparelho digestivo, Cirurgião geral

Porto Alegre

Marcar consulta

Ver as 3 respostas

Perguntas relacionadas

Outras perguntas respondidas por especialistas da Doctoralia: